segunda-feira, 11 de junho de 2018

Esquerdalho traidor da pátria volta a atacar impunemente um monumento português!


«O Monumento ao Esforço Colonizador no Porto foi vandalizado!
Executado e projectado por Sousa Caldas e Alferes Alberto Ponce de Castro em 1934. Foi construído expressamente para a Exposição Colonial, inaugurada em Junho de 1934 no Palácio de Cristal. Compõe-se de um obelisco encimado com as armas nacionais; na base, seis esculturas estilizadas simbolizam as figuras a quem se deve o esforço colonizador: a mulher, o militar, o missionário, o comerciante, o agricultor e o médico.
A coberto da noite, como é habitual, vandalizaram o monumento. Tem sido recorrente esta prática por parte de gente ligada a partidos de extrema-esquerda, acicatada por declarações de alguns dirigentes.

 
Por tudo isto, o PNR vem em defesa da verdade histórica e lembrar que esse património colectivo não pode ser manipulado pela extrema-Esquerda “revisionista”, saudosista da 1ª República, nem apagada a grandeza do nosso passado em nome de interesses ideológicos sectários.
A câmara do Porto já devia ter mandado limpar a estátua, mas com medo de ofender quem a vandalizou ou pela incúria do costume ainda não o fez. Que este alerta sirva para os acordar ou caso contrário os nacionalistas vão marcar um dia para se proceder à limpeza da estátua.»

Eu bem avisei, aquando do ataque à estátua do padre António Vieira, que aquilo era apenas o início. Como vimos em Charlottesville, a destruição de monumentos é uma estratégia do esquerdalho que tem como grande objectivo reescrever a história do Ocidente a favor da narrativa marxista. Nesse sentido, os ataques ao nosso património só podiam piorar e, de facto, à estátua do padre António Vieira em Lisboa seguiu-se a estátua do Marechal Gomes da Costa em Braga e agora o Monumento ao Esforço Colonizador no Porto.

Marquem bem o que vos digo: isto só vai piorar! Do Padrão dos Descobrimentos às estátuas do D. Afonso Henriques, todos os monumentos portugueses podem ser considerados racistas, colonialistas, imperialistas, "islamófobos" e sabe-se lá que mais!!!

____________
Ver também:

Só lhes falta o sumiço de Portugal (Algol Mínima)
Porque devemos defender a estátua do Padre António Vieira?
Portugueses Primeiro e Associação Escudo Identitário protegem estárua do Padre António Vieira
Portugueses Primeiro: Concentração em Defesa da Estátua do Marechal Gomes da Costa
Portugueses Primeiro: Auto-defesa contra os Racistas anti-Portugueses!

7 comentários:

Anónimo disse...

que idiotas estas modinhas dos esquerdalhos á falta de melhor para fazer agora deu-lhes para julgar e diabolizar os feitos historicos dos portugueses que viveram há centenas de anos e o pior é que se calhar todos estes vandalos são brancos! Gentalha de merda

Ass:FdT

Afonso de Portugal disse...

Não tenha a menor dúvida, caro FdT! Há sempre um ou outro Mamadou Ba infiltrado mas, na maioria dos casos, estes anormais são brancos autofóbicos que sonham com a utopia marxista! Claro que depois há sempre uns tristes que nos garantem que são todos judeus, mas nós sabemos que não é bem assim...

João José Horta Nobre disse...

Os filhos da puta que fizeram isso só merecem é levar verdascada no coiro até rebentarem!

Aposto que isso foi obra de merda humana ligada ao bloco de esterco ou a algum grupo anarquista. Quiçá, a "mãozinha invisível" de um grupo a que pertence um certo mamadou poderá muito estar envolvida...

Não acredito que tenha sido gente do PCP. Esses, apesar de serem comunistas, são mais tradicionalistas e ordeiros. Não os estou a ver a vandalizarem monumentos públicos pela calada da noite com latas de tinta em spray.

João José Horta Nobre disse...

«Claro que depois há sempre uns tristes que nos garantem que são todos judeus, mas nós sabemos que não é bem assim...»

Os nazionaliztaz, lol, who else?... Para esses adiantados mentais até o Tommy Robinson agora é oposição controlada:

http://irishsavant.blogspot.com/2018/06/tommy-robinson-and-controlled-opposition.html

Enfim... ainda ontem apareceu-me um no meu blog a garantir-me também que o Alex Jones é igualmente oposição controlada. O Putin também é oposição controlada. É tudo oposição controlada! Resta saber é como é que eles ainda conseguem escrever o que escrevem em blogs, se os judeus já controlam o Mundo todo e reduziram já tudo a um Matrix em que toda a gente faz integralmente parte do "sistema" e a oposição é toda controlada.

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«Aposto que isso foi obra de merda humana ligada ao bloco de esterco ou a algum grupo anarquista. Quiçá, a "mãozinha invisível" de um grupo a que pertence um certo mamadou poderá muito estar envolvida...»

Sim, sim, é bastante provável...


«Não acredito que tenha sido gente do PCP. Esses, apesar de serem comunistas, são mais tradicionalistas e ordeiros.»

Sim, este modus operandi é mais típico da gente "progressista" e "modernaça", dos trotskistas e marxistas culturais, da esquerda caviar em geral. Meninos mimados que nunca trabalharam na vida e não sabem o que custa fazer uma obra decente, pelo que não respeitam os nossos monumentos, que são o resultado do trabalho alheio.


«Os nazionaliztaz, lol, who else?... Para esses adiantados mentais até o Tommy Robinson agora é oposição controlada»

São uns tristes! Ou concordamos com eles a 100% ou somos oposição controlada! Deppis admiram-se por não terem praticamente seguidores...


«(...) ainda ontem apareceu-me um no meu blog a garantir-me também que o Alex Jones é igualmente oposição controlada. O Putin também é oposição controlada. É tudo oposição controlada!»

Aquilo é uma autêntica religião, caro JJHN, eles funcionam com base em premissas (na verdade, dogmas) adquiridas imutáveis… e quem se desviar um milímetro daquilo é automaticamente declarado como um inimigo, independentemente dos seus outros méritos. O caso do Tommy Robinson é paradigmático: o fulano cresceu em Luton, uma cidade que foi gradualmente islamizada, pelo que é perfeitamente natural que a sua prioridade seja o combate ao Islão. Mas como ele se aliou a judeus -o que era natural nas suas circunstâncias, uma vez que partilhavam um inimigo comum- já não serve aos nazis, mesmo tendo sido agredido e preso várias vezes e tendo acordado milhões de europeus para o fenómeno da islamização!

Com o Alex Jones passa-se exactamente a mesma coisa... o tipo denuncia as elites democratas, a banca, Hollywood... mas não ataca os judeus directamente, logo, já não serve! Putin? A mesma coisa: o russo até faz umas coisas giras em termos de geostratégia, mas depois não denuncia os judeus (segundo os nazis) e prende nacional-socialistas (como se fosse possível não ter de prender atrasados mentais quem andam na rua a agredir outras pessoas). Não vamos mais longe: o vídeo do Prof. Jordan Peterson que eu publiquei na posta a seguir a esta não tem uma única frase errada, uma única observação reprovável. Mas os nazionaliztaz dizem que o Prof. Peterson é um agente da NOM porque não é abertamente racista, não critica os judeus e não defende a primazia do colectivo sobre o individual.

Ou seja, em vez de pesarem os prós e os contra de cada pessoa e avaliarem se a acção dessa pessoa como um todo é maligna ou benigna, os nazionaliztaz avaliam apenas se a pessoa se desvia ou não dos cânones do nacional-socialismo, uma ideologia que está a cumprir 90 anos e que não foi concebida para lidar com o a realidade do mundo de hoje! Isto é demasiado atraso mental para ser verdade! E depois não percebem como é que nunca vão a lado nenhum, só eles é que sabem, só eles que conhecem a verdade (apesar da sua argumentação ser geralmente do mais imbecil que existe, e.g “os arianos são puros mas deixaram-se manipular pelos judeus” ou “a culpa de tudo isto é da democracia”), alienam toda a gente minimamente razoável, autoconfinam-se a um gueto ideológico autista e anacrónico onde só os meninos perdidos quererão entrar!

Ludovici disse...

"Com o Alex Jones passa-se exactamente a mesma coisa... o tipo denuncia as elites democratas, a banca, Hollywood... mas não ataca os judeus directamente, logo, já não serve!"

Caro Afonso, o Alex Jones é, sem a menor margem para dúvida, oposição controlada, como se pode ver neste video:

https://www.youtube.com/watch?v=d2mynlMv88E

De igual modo, o Paul Joseph Watson é oposição controlada, conforme se pode verificar aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=eqRQsJXBPjY

A verdade é que tanto o Alex Jones como o PJW começaram as suas carreiras a desmascar e a trazer à luz a influência israelita nos governos do EUA, no governo britânico, na União Europeia, etc. O PJW chegou ao ponto de afirmar que Israel está por trás do 11 de Setembro, à semelhança do USS Liberty ou do Lavon Affair.

Não sei qual foi o preço deles, mas vão ter que se justificar perante Deus.

Por outro lado, o pecado capital dos seguidores do Hitler e dos NS norte-americanos (Pierce, Rockwell, Anglin...) é a obsessão com a essência racial, sendo que Israel passa a ser percepcionada por estes (e também pelos próprios sionistas) como a institucionalização do ethos judaico, quando a verdade é que, em primeiro lugar, cada vez menos Judeus se identificam com a causa de Israel (principalmente à esquerda) e, em segundo lugar, os intelectuais ferozmente críticos de Israel de maior relevância são todos judeus: Finkelstein, Sand, Chomsky, etc.

Um bem haja.

Afonso de Portugal disse...

Obrigado pelos links, caro Ludovici. Vou ver os vídeos e pronunciar-me sobre eles mais tarde.

Saudações!