quarta-feira, 14 de março de 2018

Aqui em Portugal: imigrante paquistanês estrangulou a namorada cabo-verdiana!


Portugal já tem tanta "diversidade" que há cada vez mais "enriquecimentos" entre alógenos 😯:
«Uma mulher de 23 anos foi morta pelo namorado na casa onde ambos residiam, na Encosta da Luz, Pontinha, Odivelas. A vítima terá sido estrangulada até à morte com uma corda no pescoço. O homicida, um imigrante paquistanês de 28 anos, entregou-se na PSP de Odivelas após consumar o crime.

O crime ocorreu pelas 18h50 de sábado, no interior de uma habitação do bairro da Encosta da Luz. Desconhecem-se ainda os contornos do homicídio. Apenas se sabe que Silvina Magali Santos, a vítima, cabo-verdiana de 23 anos, terá sido estrangulada até à morte pelo namorado, com recurso a uma corda.»

A vítima enriquecida, Silvina Magali dos Santos.

«Quando teve a certeza de que tinha morto matado a companheira, o imigrante paquistanês saiu de casa e conduziu até à esquadra da PSP de Odivelas. Ao graduado de serviço confessou a prática do homicídio. Regressou a casa, algemado e acompanhado por elementos policiais, conduzindo-os ao corpo de Silvina Santos.
De imediato foi interdito o acesso ao prédio onde ocorreu o crime, tendo o mesmo sido vistoriado por inspectores da Secção de Homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa, que iniciaram a investigação.
O homicida é um imigrante paquistanês de 28 anos, comerciante no concelho de Odivelas. A PSP desconhece, ainda, se o homem terá mais família em Portugal. Muitos dos habitantes do bairro da Encosta da Luz disseram que o crime de sábado "passou despercebido". "Vimos PSP, mas é normal", disse um morador. O bairro da Encosta da Luz é de génese ilegal, constituído por muitas casas ocupadas ilegalmente. Nos últimos 20 anos, outras casas foram construídas já com os necessários alvarás municipais»

A notícia foi actualizada hoje:
«O imigrante paquistanês de 28 anos que, ao final da tarde de sábado, estrangulou até à morte a namorada, a cabo-verdiana Silvina Magali dos Santos, jovem de 23 anos, na casa de ambos na Encosta da Luz, em Odivelas, ficou em prisão preventiva. A medida de coação foi aplicada por um juiz do Tribunal de Loures.»

Sem comentários: