domingo, 18 de fevereiro de 2018

Paul Joseph Watson sobre o filme "Pantera Negra" (com legendas)


     A tradução e legendagem deste vídeo está longe de ser perfeita, havendo até alguns erros ortográficos nas legendas. Ainda assim, decidi partilhá-lo convosco, porque já percebi que o número de visualizações dos vídeos que eu divulgo aqui no TU tende a aumentar quando o vídeo é legendado... e eu não posso legendá-los a todos, pelo que tenho de aproveitar o trabalho dos outros tradutores, mesmo quando esse trabalho não é perfeito.

Em relação ao assunto do vídeo em si, o esquerdalho tem celebrado entusiasticamente o lançamento do filme "Pantera Negra" como o primeiro filme protagonizado por um super-herói africano. O grande PJW mostra-nos que isso não é verdade, já houve outros filmes com negros como protagonistas e até como super-heróis protagonistas. Mas as pertinentes observações do Sr. Watson nãos se ficam por aí. Sobre Wakanda, por exemplo, que é o país fictício onde vive o Pantera Negra, o Sr. Watson nota que há vários elementos de carácter nacionalista que estão a ser celebrados pelos "críticos" do filme mas que, se fossem usados num filme sobre brancos, seriam seguramente considerados "racismo"...

4 comentários:

Pedro disse...

De acordo com os criadores do universo da Marvel, Wakanda é rica e avançada por causa do minério fictício chamado vibranium. Acham que o desenvolvimento de um país vem de recursos naturais e não tem nada a ver com a inteligência e disciplina de um povo.

Se o Haiti, Guiné Equatorial e a Somália tivessem vibranium iam ser ricos e desenvolvidos, lol. A África é o continente mais rico em recursos naturais e é um continente de merda.

A esquerdalha afirma que a África é pobre por causa da colonização europeia. Libéria (IDH 0,427) e Etiópia (IDH 0,448) nunca foram colonizados e são uns piores países da África, são verdadeiras Wakandas.

Afonso de Portugal disse...

«Se o Haiti, Guiné Equatorial e a Somália tivessem vibranium iam ser ricos e desenvolvidos, lol. A África é o continente mais rico em recursos naturais e é um continente de merda.»

Basta ver Angola, com todo aquele petróleo e o povo continua refém de uma corja de malfeitores, verdeiros mafiosos que controlam todos a riqueza do país.


«A esquerdalha afirma que a África é pobre por causa da colonização europeia. Libéria (IDH 0,427) e Etiópia (IDH 0,448) nunca foram colonizados e são uns piores países da África, são verdadeiras Wakandas.»

Ahahahahah A esquerdalha acha mesmo que pode convencer as pessoas de que África só é pobre porque foi colonizada pelos horríveis homens brancos europeus. Infelizmente para ela, o cidadão médio está cada vez mais informado a respeito da realidade e sabe perfeitamente o que se passa não apenas em África, mas em todos os lugares onde os "jovens" são maioritários. Como diz o povo: você pode tirar o selvagem da selva, mas não pode tirar a selva do selvagem.

Anónimo disse...

Existem etnias que têm que ser levadas ao colo no circo me(r)diatico.

Ass:FdT

Afonso de Portugal disse...

Sim, levadas ao colo e até incentivadas no seu nacionalismo radical...