sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Continua a jihad sobre rodas: "maluquinho" atropela três chinocas perto de Toulouse (França)


«Três estudantes universitários chineses foram atropelados numa passadeira em Blagnac, perto de Toulouse, em França.

As autoridades francesas informaram que as vítimas foram atropeladas deliberadamente por um Renault Clio conduzido por um homem de 28 anos. Duas das vítimas ficaram e estado grave.»


____________
Ver também:

Os 'franciús' estão num grande dilema: devem ou não aceitar que um bebé se chame 'Jihad'?
Muçulmanos festejam época natalícia com os Europeus!
Mais um atentado terrorista ISLÂMICO no coração da Europa: alemães mortos por serem cristãos!
Donald Trump diz a verdade sobre o atentado de Berlim

20 comentários:

Anónimo disse...

Enfim -.- mas a malta ainda gosta de ir para França e sobretudo Inglaterra estudar que "tem prestigio" e oportunidades...e agora também tem a oportunidade de se falecer em ataques vibrantes. Já nos States no mês passados as vitimas foram na sua maioria estudantes argentinos.

Deixo-lhe aqui 2 links vibrantes sobre o "Páíx du Futuru"

https://www.jn.pt/mundo/interior/matou-ex-namorada-na-rua-e-foi-espancado-ate-a-morte-por-populares-8904953.html

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/11/06/interna_cidadesdf,638869/homem-entra-armado-em-escola-e-mata-estudante-em-alexania.shtml

E 1 vídeo muito sintomático do estado de coisas no "Páíx du Pássádu":

https://www.jn.pt/justica/interior/policia-filmado-a-ser-agredido-em-lisboa-8908167.html

P.s: Desta vez o Afro-Publico não ocupou METADE da sua edição online a falar sobre estas agressões na Capital como fez com o caso do Urban Beach ;)

ASS:FdT

Rick disse...

Se o bebé Jihad já mata que se farta, imagine quando ele for adulto :)
Com tanta gente inteligente no nosso continente, até custa acreditar como é que toda a clique político-partidária e a intelijumêntsia se venderam tão rapidamente aos petrodólares sem que haja a mínima percepção por parte das populações.
A Europa a ocidente é dirigida pelo crime organizado. Governos que trabalham contra a nação, que exaltam os valores de algumas subculturas invasores enquanto tentam destruir a matriz da cultura ancestral dos seus povos.
Bem sei que o espartilho merdiático anestesia as populações. Contudo, como é que não há resistência dentro de sociedades tão evoluídas e que são a nata intelectual do planeta?
Porque já estavam em acentuado declínio moral?
Pois é! Afinal o muro de Berlim funcionava em sentido inverso do que lhe era atribuído. Ahaha.
Reconstruam rapidamente o muro!

Afonso de Portugal disse...

FdT disse...
«Deixo-lhe aqui 2 links vibrantes sobre o "Páíx du Futuru"»

Que vibrante, caro FdT! Mal posso esperar até Portugal também ficar assim e podermos usfruir de toda esta diversidade! :P


«Desta vez o Afro-Publico não ocupou METADE da sua edição online a falar sobre estas agressões na Capital como fez com o caso do Urban Beach ;)»

Deve ter sido apenas coincidência, caro FdT... de certeza que esse jornal isento, pluralista e moderado tinha notícias mais importantes para dar! Não podemos pensar que os nossos média dão prioridade a certas notícias em detrimento de outras! Isso seria pouco ético, para além de uma violação flagrante do seu código deontológico... ;)

Obrigado pelos links! :)


Rick disse...
«Se o bebé Jihad já mata que se farta, imagine quando ele for adulto :)»

Ahahahahah é verdade, caro Rick! Temos aqui um grande potencial para enriquecimento da França! Não admira que os franceses estejam tão optimistas quanto ao seu futuro, a ponto de votarem no Hollande II... eeeer... perdão, no gerontófilo Nelinho Macron!


«A Europa a ocidente é dirigida pelo crime organizado. Governos que trabalham contra a nação, que exaltam os valores de algumas subculturas invasores enquanto tentam destruir a matriz da cultura ancestral dos seus povos.»

Brilhantemente sintetizado, caro Rick! É isso mesmo, é tão simples quanto isso! E o mais surreal é que os europeus não têm feito praticamente nada para contrariar essas máfias... pelo contrário, só têm contribuído para as fortalecer e para consolidar cada vez mais o seu poder sobre todos nós!


«Contudo, como é que não há resistência dentro de sociedades tão evoluídas e que são a nata intelectual do planeta?»

Essa é uma pergunta que eu me tenho colocado recorrentemente, mas ainda não encontrei uma resposta satisfatória e definitiva.


«Porque já estavam em acentuado declínio moral?»
Sim, acredito que isso explique parte do fenómeno. Mas não é só isso, julgo que um dos grandes problemas é a nossa relativa prosperidade material. A esmagadora maioria das pessoas da Europa não sabe o que é passar fome, não sabe o que não ter roupa decente para vestir, não ter um carro para andar, uma casa para morar. Pessoas que têm tudo isto tendem a não se revoltar...


«Pois é! Afinal o muro de Berlim funcionava em sentido inverso do que lhe era atribuído. Ahaha.
Reconstruam rapidamente o muro!
»

LOL! A avaliar pelo que se passou aqui no rectângulo depois de Abril, não há muro que nos valha. As pessoas em geral ficam deslumbradas com a perspectiva da "igualdade", i.e. do confiscod e rendimentos a uns para dar aos outros. Enquanto não aprenderem que esta forma de proceder leva os estados invariavelmente à miséria, não creio que possamos erradicar esta forma de ver o mundo...

Anónimo disse...

Hoje trago-lhe aqui uma "noticia" fabricada pelo cartel dos merdia Ocidentais, que visa atacar e difamar a única Nação Europeia de media/grande dimensão que está a tentar resistir (apesar de tudo...) ao rolo compressor da destruição dos povos e nações.

Ora como é obvio o Afro-Publico e outros pasquins que tais receberam a noticia por correio vinda de 1 The Guardian ou CNN desta vida e fizeram o respetivo copy-past:

https://www.publico.pt/2017/11/12/mundo/noticia/dezenas-de-milhares-de-nacionalistas-marcham-em-varsovia-1792259

Esta gente é tão básica que nem tenta maquilhar 1 bocadinho o copy-past, provavelmente consideram que nem vale a pena o esforço.

Mas se o caro Blogueiro pensa que o Afro-Publico é mau, informo-o que o "Noticias (falsas) ao minuto" decidiu ser mais papista que o papa e presenteou-nos com esta grandessíssima merda:

https://www.noticiasaominuto.com/mundo/898468/polonia-cerca-de-60-mil-supremacistas-apelam-a-holocausto-islamico

"60 MIL SUPREMACISTAS APELAM AO HOLOCAUSTO ISLAMICO"

Estes senhores conseguiram transformar uma marcha de orgulho patriota numa marcha de apelo ao "holocausto islamico"!!

Patriotas de bandeira na mão no dia da independência = holocausto islâmico

É que nem a Al-Jazera chegou ao ponto de escrever uma trafulhice destas! Esta malta abusa do poder que tem e rasga todo e qualquer código deontologico, é incrivel.

Ass: FdT

Afonso de Portugal disse...

Bem, aparentemente, o Notícias (falsas) ao Minutos copiou o artigo da CNN, que é provavelmente a estação de televisão mais fake de todo o Ocidente, por isso a coisa "até se compreende"... seja como for, esse título é uma das maiores nojices me(r)diáticas que vi em tempos recentes e os grandes filhos da puta que escreveram isto mereciam um "enriquecimento" sumário às mãos dos seus queridos terroristas islâmicos.

Mas os comentários ao artigo no Al-Afro-Público conseguem ser ainda piores do que o artigo em si. Este país é só cucos, como dizem os norte-americanos! >:(

Afonso de Portugal disse...

Ah, já me esquecia, obrigado pelos links! Eu tenho tido pouco tempo para actualizar o TU, mas prometo aproveitá-los mais tarde...

Anónimo disse...

"Mas os comentários ao artigo no Al-Afro-Público conseguem ser ainda piores do que o artigo em si."

Nem li porque não vale a pena. Deve ser deprimente. Para os sócios do Afro-Publico se calhar os polacos que se têm ao longo da história resumido a lutar pela própria sobrevivência, sempre engalfanhados em lutas com os povos vizinhos para serem 1 povo independente e terem uma pátria, é que são "1 perigo para a Europa" e para os portugueses.
Já os tipos que até falam em independencia para os Suburbios de Lisboa e desmantalamento da policia (e que até pedem isto em artigos de opinião do supra citado jornal) são nossos irmãos que concerteza querem o nosso bem. E os tipos que matam civis da forma mais covarde possível e que até pedem para se colocar veneno na comida dos Europeus, para os sócios desse pasquim também são nossos "irmãos".

A "inteligência" desta gente deve estar toda concentrada no intestino grosso. Foda-se, eles que peçam de uma vez por todas para se banir a memoria de D. Afonso Henriques que era 1 grande intolerante nazi que também fez 1 "holocausto islamico" pá! ou então façam 1 revisionismo histórico e escrevam nos livros de historia que Portugal nasceu após 1 piquenique multi-cultural seguido de uma orgia, ou então que o 1ºrei era negro, islamico e transgenero.

Olhe para desanuviar, deixo-lhe aqui esta:

https://sputniknews.com/europe/201711121059028744-syrian-arrested-germany-pony-rape/

Ass: FdT

Afonso de Portugal disse...

«Para os sócios do Afro-Publico se calhar os polacos (...) é que são "1 perigo para a Europa" e para os portugueses.»

LOL! Mas é que não tenha a menor dúvida disso, caro FdT! Aliás, eu já vi VÁRIOS comentadores desse "jornal" defenderem essa posição, dizerem que os polacos são os novos nazis, fascistas, etc.


«Já os tipos que até falam em independencia para os Suburbios de Lisboa e desmantalamento da policia (e que até pedem isto em artigos de opinião do supra citado jornal) são nossos irmãos que concerteza querem o nosso bem.»

Claro, porque nós somos culpados de todos os males do mundo e, portanto, quem quiser acabar connosco só pode ter a razão do seu lado! Por falar nisso, o caro FdT já leu a nova pérola da Câncio? Os homens têm que ter medo, pá! ;)

https://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/fernanda-cancio/interior/qualquer-dia-e-proibido-um-homem-dizer-ola-a-uma-mulher-8912169.html


«E os tipos que matam civis da forma mais covarde possível e que até pedem para se colocar veneno na comida dos Europeus, para os sócios desse pasquim também são nossos "irmãos".»

Naturalmente... os muslos votam maioritariamente na esquerda, por isso só podem ser seus irmãos! Isso de envenenarem um europeuzito de vez em quando é assim a modos que chato, mas pronto, temos que nos focar no que realmente interessa, que é o bem da esquerd... eeer... perdão, no bem geral das populações, pá!


«Foda-se, eles que peçam de uma vez por todas para se banir a memoria de D. Afonso Henriques que era 1 grande intolerante nazi que também fez 1 "holocausto islamico" pá!»

Eu já não tenho a menor dúvida de que esse dia vai mesmo acabar por chegar, caro FdT! Aquilo que se viu com a estátua do Padre António Vieira foi apenas o princípio. Eles agora acalmaram, mas o esquerdalho volta sempre mais tarde para atacar com força redobrada! E o nosso primeiro rei é uma das figuras que eles mais odeiam, precisamente porque, com ele, Portugal nasce e cresce contra o Islão!


«ou então façam 1 revisionismo histórico e escrevam nos livros de historia que Portugal nasceu após 1 piquenique multi-cultural seguido de uma orgia, ou então que o 1ºrei era negro, islamico e transgenero. »

Por incrível que pareça, o comuna trotskysta Fumando Brocas... eeer... Fernando Rosas tem uma mini-série sobre o colonialismo português aos sábados, na RTP 2, onde já está a fazer um pouco isso! Para já, o programa resume-se quase exclusivamente a dizer mal dos portugueses... mas lá chegará a hora de introduzir a (in)justiça social na coisa! ;)

Anónimo disse...

"LOL! Mas é que não tenha a menor dúvida disso, caro FdT! Aliás, eu já vi VÁRIOS comentadores desse "jornal" defenderem essa posição, dizerem que os polacos são os novos nazis, fascistas, etc."

Mas é que não tenho mesmo duvida nenhuma caro blogueiro! ainda hoje este "indivíduo" fez questão de me dar razão:

https://www.publico.pt/2017/11/13/mundo/opiniao/o-problema-polaco-1792291

As agendas dos merdia são realmente sinistras! agora querem proibir os polacos de festejar o seu dia da Independência e depois os Nazis são os outros LOL

Já agora só a titulo de curiosidade aqui fica 1 vídeo do mártir britânico Tommy Robinson acerca da tal marcha nacionalista em Varsovia:

https://www.youtube.com/watch?v=Ti_7dBBKfqU

Ass: FdT

Afonso de Portugal disse...

Ah, sim, o careca Diogo Queiroz de Andrade... um caramelo que nem sequer cara de português tem, e que nos presenteia regularmente com pérolas como essa! Está no meu top 3 de 'articulistas' mais nojentos de Pretogal, logo a seguir à Câncio e ao Ferreira Fernandes, ambos do DN.

Quanto ao vídeo do Sr. Robinson, vem mais uma vez ao encontro daquilo que eu, o caro FdT e tantos outros temos dito ao longo dos anos, o Ocidente tem dois grandes defeitos: (1) não sabe o que é o comunismo na prática e (2) sofreu um processo de engenharia social muito eficaz e profundo, que amordaçou a opinião pública, atomizou os cidadãos e efeminizou os homens. E o artigo da Câncio que linkei acima diz-nos que o processo ainda não está terminado!

Obrigado por mais estes links! :)

Anónimo disse...

Já agora em relação ao artigo da Câncio, deixe-me em 1ºlugar dizer que sempre achei que os homens portugueses exageram na validação que dão ás mulheres e para alem disso é de facto uma verdade que há malta que exagera e que anda sempre em desespero a perseguir mulheres (ás vezes de forma maníaca) nomeadamente mulheres comprometidas.

Posto isto também é obviamente natural e saudável que os homens tentem seduzir mulheres e se sintam atraídos pelo sexo oposto, anormal é o contrário. Em relação a isto que a Cancio escreveu:

"É isso mesmo que se quer: que os homens reprimam os seus comportamentos naturalizados e pensem sobre o que é ou não adequado dizer ou fazer a uma mulher. Que se assustem com as possíveis consequências; que tenham medo de causar medo."

Isto é a mentalidade da extrema-esquerda (e não só) no seu melhor: medo. O nativo Europeu tem que ter medo de falar, de agir de respirar etc só o alogeno é que não.

Ass: FdT

Anónimo disse...

Boas Afonso, sou aquele jovem que lhe falou no Google+.
Vim aqui confessar que o meu pai escreve para esse maldito jornal. Acho que ele nunca escreveu nada de propaganda mas não deixa de ser embaraçoso para mim. Eu já tentei revelar aos meus pais algumas mentiras merdiáticas e garanto-lhe que eles os dois são um caso perdido. Só mesmo algo violento é que os ia acordar. Ah, e também já li a sua resposta no Google+ e apesar dos problemas que identificou, continuo a acreditar na minha ideia. Até estou a preparar um plano e tenho que reenviar a mensagem ao PNR porque estranhamente ainda não me responderam. Fazer isto é difícil no estado em que estou... mas não precisa de ficar muito preocupado comigo, isto é só uma questão de tempo até eu recuperar.

Ass.Rui

Anónimo disse...

Boas Afonso, sou aquele jovem que lhe falou no Google+.
Vim aqui confessar que o meu pai escreve para esse maldito jornal. Acho que ele nunca escreveu nada de propaganda mas não deixa de ser embaraçoso para mim. Eu já tentei revelar aos meus pais algumas mentiras merdiáticas e garanto-lhe que eles os dois são um caso perdido. Só mesmo algo violento é que os ia acordar. Ah, e também já li a sua resposta no Google+ e apesar dos problemas que identificou, continuo a acreditar na minha ideia. Até estou a preparar um plano e tenho que reenviar a mensagem ao PNR porque estranhamente ainda não me responderam. Fazer isto é difícil no estado em que estou... mas não precisa de ficar preocupado comigo, isto é só uma questão de tempo até eu me recuperar.

Ass.Rui


Anónimo disse...

"Eu já não tenho a menor dúvida de que esse dia vai mesmo acabar por chegar, caro FdT! Aquilo que se viu com a estátua do Padre António Vieira foi apenas o princípio. Eles agora acalmaram, mas o esquerdalho volta sempre mais tarde para atacar com força redobrada! E o nosso primeiro rei é uma das figuras que eles mais odeiam, precisamente porque, com ele, Portugal nasce e cresce contra o Islão!"

Não se admirem mesmo, a história de Portugal será reescrita e será uma fábula de multiculturalidade e é assim que se formatam as mentes das futuras gerações. Mente-se e deturpa-se, ou exagera-se com agenda. Já dizia Orwell, "quem controla o passado, controla e define o futuro". O melhor mesmo a fazer é questionar tudo,tudo mesmo, sbretudo vindo dos srs 'jrnalistas'

ass Paulo

Afonso de Portugal disse...

FdT disse...
«Já agora em relação ao artigo da Câncio, deixe-me em 1ºlugar dizer que sempre achei que os homens portugueses exageram na validação que dão ás mulheres e para alem disso é de facto uma verdade que há malta que exagera e que anda sempre em desespero a perseguir mulheres (ás vezes de forma maníaca) nomeadamente mulheres comprometidas.»

Concordo inteiramente com o seu diagnóstico, caro FdT, é por isso que esta cantilena da Câncio me mete nojo! As mulheres portuguesas não têm razão de queixa!


«Isto é a mentalidade da extrema-esquerda (e não só) no seu melhor: medo. O nativo Europeu tem que ter medo de falar, de agir de respirar etc só o alogeno é que não.»

Exactamente e é isso que revolta. A desgraçada da Câncio advoga abertamente a instauração de uma sociedade baseada no medo e ainda tem a lata de falar em liberdade! Filha da puta! GRANDE filha da puta!!! Mas não surpreende... estamos a falar de uma criatura tão inquisitorial que chegou ao ponto de processar o Correio da Manhã para tentar evitar que esse jornal continuasse a falar sobre ela!...



Rui disse...
«Boas Afonso, sou aquele jovem que lhe falou no Google+. »

Por acaso já tinha pensado em si várias vezes, caro Rui! É um prazer tê-lo finalmente neste espaço! :)


«Vim aqui confessar que o meu pai escreve para esse maldito jornal. Acho que ele nunca escreveu nada de propaganda mas não deixa de ser embaraçoso para mim. »

Meu caro, bem-vindo ao clube: eu fui criado por um casal de marxistas. Nenhum deles escreve para um jornal mas eu sei bem o que é ser educado à base de dogmas e falácias completamente desfasadas da realidade... e depois ter bater repetidamente com a cabeça em cheio na realidade por causa das mentiras que se aprendeu!!! Não tenha vergonha do seu pai, caro Rui, a culpa aqui é toda dele.


«Eu já tentei revelar aos meus pais algumas mentiras merdiáticas e garanto-lhe que eles os dois são um caso perdido. Só mesmo algo violento é que os ia acordar. »

Pela minha experiência, tentar acordar as classes média e alta da geração anterior é uma perda de tempo. Hoje em dia já só tento "evangelizar" os mais jovens e as pessoas das classes menos instruídas. As pessoas que começaram a trabalhar nos anos 70 não compreendem a nossa forma de ver o mundo porque, no tempo deles, bastava tirar um curso superior para se navegar calmamente o resto da vida...


«Até estou a preparar um plano e tenho que reenviar a mensagem ao PNR porque estranhamente ainda não me responderam.»

Caro, espero que não me leve a mal, mas eu aqui recomendo-lhe vivamente que refreie o seu entusiasmo. Eu conheço pessoalmente alguns dirigentes do PNR e se há algo que lhe garanto que eles não gostam -a meu ver, compreensivelmente- é de lidar com pessoas que apenas se apresentam na internet. Se o caro Rui está mesmo com vontade de levar esse plano adiante, sugiro-lhe que se junte a ao núcleo distrital do PNR na sua área de residência e tente conquistar a confiança dos seus dirigentes presencialmente.

Tente ver a coisa pelo lado deles: ao longo dos anos, vão aparecendo inúmeras pessoas aparentemente cheias de vontade, que dizem que fazem e que aparecem... mas depois não fazem e desaparecem! Eles estão fartos dessa atitude e já não estão dispostos a apostar em pessoas que nunca ou raramente dão a cara e que não participam nos eventos do partido regularmente.

Afonso de Portugal disse...

«Fazer isto é difícil no estado em que estou...»

O que é mais uma razão para eu lhe pedir que não se esforce muito. Por mais que eu esteja grato pelo seu interesse -acredite que estou mesmo!- a sua saúde é mais importante! E eu receio que o Rui se esforce em vão, pelos motivos que expus acima.


«mas não precisa de ficar muito preocupado comigo, isto é só uma questão de tempo até eu recuperar.»

Sim, mas é preciso não ter demasiada pressa! Nestas coisas, temos que viver um dia de cada vez, sob pena de termos recaídas mais tarde... sendo alguém que também já esteve lá em baixo, posso garantir-lhe que, apesar de tudo aquilo que se sofre, há certas lições que se retiram que podem constituir-se como mais valias no futuro!

Mas é absolutamente crucial, na fase em que o Rui está, não encetar nenhuma actividade que o possa afectar negativamente, para além daquelas que foram inevitáveis, é claro. Olhe, não sei se o seu inglês é bom… se for, recomendo-lhe vivamente esta playlist do Dr. Jordan Peterson:
https://www.youtube.com/watch?v=kYYJlNbV1OM&list=PL22J3VaeABQApSdW8X71Ihe34eKN6XhCi
É um conjunto de aulas que ele deu na Univ. de Toronto sobre o modelo de personalidade dos Cinco Grandes. Foi, de longe, a melhor coisa que já vi/ouvi no YouTube e tem-me ajudado muito, mesmo agora que “já não preciso”! 



Paulo disse..

«Não se admirem mesmo, a história de Portugal será reescrita e será uma fábula de multiculturalidade e é assim que se formatam as mentes das futuras gerações. Mente-se e deturpa-se, ou exagera-se com agenda. Já dizia Orwell, "quem controla o passado, controla e define o futuro". O melhor mesmo a fazer é questionar tudo,tudo mesmo, sbretudo vindo dos srs 'jrnalistas'»

Sem dúvida, caro Paulo! Para além disso, é preciso instituirmos e estendermos essa cultura de desconfiança saudável a toda a sociedade. Hoje li em qualquer lado que a (des)União Europeia está a trabalhar activamente para apertar ainda mais a malha às redes sociais. Temos de lutar activamente contra isto! Se não pudermos continuar a falar livremente aqui, no YouTube ou no Facebook, temos de migrar para outro lado!

O que não podemos aceitar é um regresso ao passado, ao tempo em que só os grandes mé(r)dia ditavam aquilo que podíamos ler, ver e ouvir. Agora que já conhecemos os dois lados da história, não podemos voltar para trás!

Bilder disse...

entretanto o que se segue(no caso do reino unido) http://infielatento.blogspot.pt/2017/10/inglaterra-nao-ira-prender-jihadistas.html

Bilder disse...

entretanto o que se segue(no caso do reino unido) http://infielatento.blogspot.pt/2017/10/inglaterra-nao-ira-prender-jihadistas.html ----Bilder

Anónimo disse...

Boas Afonso
Peço desculpa por ter enviado aquele comentário duas vezes, não tinha reparado que agora faz moderação de comentários. Apague um deles se quiser.

"Tente ver a coisa pelo lado deles: ao longo dos anos, vão aparecendo inúmeras pessoas aparentemente cheias de vontade, que dizem que fazem e que aparecem... mas depois não fazem e desaparecem!"

Coitados… mesmo assim acho que merecia uma resposta. Mas compreendo a situação e portanto vou falar com eles pessoalmente e vou tentar fazê-lo sem os meus pais suspeitarem... mas primeiro tenho que recuperar é claro, neste momento eu podia falar com eles por email mas não em pessoa. Não sou impulsivo ou inconsequente, sei quais são as minhas limitações neste momento e se não vale a pena escrever-lhes então vou ficar quieto.
E sim, entendo bem inglês e agradeço os vídeos que me mostrou!

Ass.Rui

Afonso de Portugal disse...

«Coitados… mesmo assim acho que merecia uma resposta.»

Sem dúvida e, nesse capítulo, acho que eles estiveram mal.


«mas primeiro tenho que recuperar é claro, neste momento eu podia falar com eles por email mas não em pessoa»

Nesse caso, mais uma razão para o caro Rui esperar mais um pouco. Ser nacionalista não é nada fácil, caro Rui, mesmo nada fácil. Para além do estigma social, que é enorme, ainda há um fenómeno para o qual a maioria de nós não está preparado: há grandes divergêncais entre os nacionalistas. Cada um puxa para seu lado, tem uma visão diferente de como se deve agir. É preciso ter muita paciência para gerir as diferentes vontade e isso é algo que uma pessoa com o seu problema não tem, por motivos óbvios.

Como eu lhe disse antes, o mais importante é que o Rui se recupere. Eu sei por experiência própria que essas coisas demoram algum tempo. Uma coisa que ajuda muitíssimo a recuperar é fazer actividade física. Se o Rui tiver essa possibilidade, não deve desperdiçá-la!


«E sim, entendo bem inglês e agradeço os vídeos que me mostrou!»

O Prof. Peterson é mesmo muito bom... é preciso algum tempo para ver tudo, mas o resultado final é surpreendente! Comigo foi, pelo menos...