sábado, 21 de outubro de 2017

A irmã do Ronaldo vai casar com um árabe egípcio?


Não, o TU não passou a ser uma revista cor-de-rosa. Esta posta é só para mostrar que nem as figuras do nosso jet set escapam à islamização. Agora resta saber se isto vai acabar como o caso da Janet Jackson ou como o caso da Laura Nunes...

«Katia Aveiro está noiva. A irmã de Cristiano Ronaldo, de 40 anos, mantém uma relação com o egípcio Ahmed Abou Hashima, de 42, há cerca de quatro meses. Foi surpreendida com um pedido de casamento.»

 A esquerda, o Ronaldo de peruca. À direita, o Ronaldo sem peruca e com o seu noivo egípcio! Allahu akbar!


Um pedido de casamento ao fim de apenas quatro meses?! Ó-ó, isto só pode correr bem!...

8 comentários:

Anónimo disse...

O que esperar dessa famelga? basta olhar para os filhos do renalde para se perceber, que ali só pára vento

ass. Paulo

um Grego disse...

Que lastima, e uma menina bela:(

Afonso de Portugal disse...

Paulo disse...
«basta olhar para os filhos do renalde para se perceber, que ali só pára vento»

É mesmo! O mais surreal é que, com todo o dinheiro que ele tem, podia ter escolhido criteriosamente... o rapaz gasta milhões em carros de luxo, mas em relação à descendência, ficou-se pelo pacote básico!


um Grego disse...
«Que lastima, e uma menina bela:(»

Temos de perceber urgentemente o que é que as nossas mulheres europeias vêem nos muçulmanos, caro Grego! Há demasiados casos destes no Ocidente para continuarmos a fingir que não se passa nada!

Anónimo disse...

Indo contra a corrente: nao se perdeu nada! :) se ja fisicamente para mim não é bonita, intelectualmente entao...

Ass:FdT

Afonso de Portugal disse...

O problema, caro FdT, é que esta história de as nossas mulheres passarem para as mãos dos alógenos é bastante mais complicada do que isso. É verdade que, se todas as nossas mulheres feias e burras passarem para as mãos dos alógenos, ficaremos apenas com as bonitas e as inteligentes...

...mas há aqui um grande problema: as mulheres bonitas e inteligentes são a minoria. O que significa que aconteceriam duas coisas: (1) não haveria mulheres suficientes para todos os homens ocidentais; e (2) a maioria dos alógenos reproduzir-se-ia com mulheres ocidentais.

Às vezes, ouço nacionalistas a dizer coisas do género: "ai, eu não vejo problema nenhum em aquela branca ter casado com um preto, porque ela é uma vaca burra, feia e gorda!". Essas pessoas esquecem-se que, apesar de ela ser uma vaca burra, feia e gorda, há-de haver algures um homem branco burro, feio e feminino que já não vai conseguir casar e ter filhos com ela. Quem vai ter filhos mestiços com ela é o "jovem" que ela escolheu.

Isto é como o jogo das cadeirinhas que nós jogávamos na creche quando éramos miúdos: quando não há cadeiras suficientes, há sempre alguém que fica de fora...

Anónimo disse...

Sim eu entendo em parte esse raciocinio..mas tambem nao desejo a nenhum homem branco ter que viver e ter filhos com uma mulher gorda e feia só porque ela é branca...

Enfim eu até entendo o que o caro está dizer mas pessoalmente quando vejo uma branca gorda e/ou feia junto a 1 negro não me incomoda muito (a não ser as vistas) o que entristece é ver uma mulher branca bonita e bem feita a destruir uma genetica unica no mundo e quase em vias de extinçao, isso é que é triste para quem tiver bom gosto e aprecie a verdadeira diversidade e beleza no mundo.

Agora o problema é mesmo este: os alogenos cada vez menos ficam satisfeitos em ficar com uma branca que nao seja jeitosa, e ficam é muitos brancos obrigados a ficar precisamente com as brancas que ninguem quer, a não ser claro, para ganhar 1 passaporte europeu.

Ass:FdT

Anónimo disse...

Ja agora só por curiosidade e num registo "off topic" o caro Blogueiro tem alguma opinião em especial acerca do flagelo que anda a atingir Portugal há já varios anos mas com especial gravidade no presente ano civil, leia-se, os devastadores incendios florestais...o que leva 1 país alegadamente desenvolvido e em estado de "paz" a arder que nem 1 fosforo, crime organizado? Negligencia da populacao? Negligencia e ingerencia governamental? Condições atmosfericas e de relevo exepcionais?

Como cidadão esta situaçao deixa me muito apreeensivo...ja somos 1 país "iminvadido" e envelhecido e ainda vemos o nosso povo a morrer desta forma...ja para nao dizer que retira a vontade a pessoas como eu em 1 dia ir viver para o interior do nosso país.

Ass:FdT

Afonso de Portugal disse...

«quando vejo uma branca gorda e/ou feia junto a 1 negro não me incomoda muito (a não ser as vistas) o que entristece é ver uma mulher branca bonita e bem feita a destruir uma genetica unica no mundo e quase em vias de extinçao»

Bem, os filhos das pessoas feias tendem a ser feios também... mas os filhos das pessoas gordas não saem sempre gordos! A questão é que, de facto, alguém tem de pegar nessas mulheres, porque a alternativa é que elas se tornem incubadoras de alógenos e que os brancos feios ou demasiado femininos fiquem a xuxar no dedo. Eu prefiro mil vezes pessoas brancas feias do que alógenos, mesmo que os alógenos sejam bonitos!


«Agora o problema é mesmo este: os alogenos cada vez menos ficam satisfeitos em ficar com uma branca que nao seja jeitosa»

Claro, porque eles já perceberam que os brancos, regra geral, foram completamente castrados psicologicamente. Se eu e o caro FdT fôssemos viver para um país onde os nativos fossem quase todos amaricados, dificilmente nos contentaríamos em ficar com as mulheres de baixo estatuto na hierarquia sexual. Seria uma questão de princípio: os nativos desse país não seriam merecedores das suas mulheres!


«e ficam é muitos brancos obrigados a ficar precisamente com as brancas que ninguem quer, a não ser claro, para ganhar 1 passaporte europeu.»

Por isso mesmo é que eu não aprovo nenhuma união ou casamento mestiço. Os mais desgraçados, sobretudo imigrantes de primeira geração, começam sempre pelas encalhadas. Mas os seus filhos já só se contentam com as mais belas. Essa é outra razão para não tolerar que um alógeno fique com uma feiosa gorda: hoje ele fica com baleia bexigosa, mas amanhã o seu filho poderá ficar com a rainha do baile de finalistas!


«o que leva 1 país alegadamente desenvolvido e em estado de "paz" a arder que nem 1 fosforo, crime organizado? Negligencia da populacao? Negligencia e ingerencia governamental? Condições atmosfericas e de relevo exepcionais?»

Eu ainda não me pronunciei sobre isso aqui no TU porque, muito sinceramente, ainda não cheguei a uma conclusão definitiva. Por um lado, parece-me evidente que os fogos são sobretudo de origem criminosa. Um número tão alto de ignições em tantos lugares ao mesmo tempo não se explica de outra forma. Mas ainda não consegui perceber ao certo quem está a beneficiar com eles. O segredo nestas coisas é seguir o dinheiro, mas eu ainda não tive tempo para fazer uma investigação séria acerca disso.