sábado, 5 de agosto de 2017

Ainda a Lauren Southern em Paris... (com legendas)


    Já vos trouxe aqui dois vídeos do périplo da Lauren Southern por Paris, nos quais ela nos mostrou o quão vibrante a "cidade do amor" se tornou nos últimos tempos. Hoje trago-vos aqui um terceiro vídeo dessa aventura e, ao contrário dos outros dois, este foi legendado pelos Tradutores de Direita. 

Desta feita, a Lauren encontra-se nas proximidades da estação ferroviária de Porte de la Chapelle, um lugar especialmente vibrante, porque é para aí que confluem todos os dias centenas de "refugiados", vindos de vários países africanos e até europeus, sendo posteriormente redistribuídos por toda a França. 

Conforme a Lauren observa, estes "refugiados" são quase todos homens africanos, em idade militar... e, segundo um segurança local, chega pelo menos uma nova centena deles todos os dias!

7 comentários:

Anónimo disse...

Foda-se que vergonha...como é que uma linda mulher branca pode viver em Paris? Sujeita a ser violada por uns 100.

E claro que estas coisas nao passam nos mídia "confiaveis".

Ass:FdT

Afonso de Portugal disse...

Ah! Para esses mé(r)dia isto até é desejável! O caro FdT deve lembrar-se daquele cartaz feminista onde se podia ler "trocam-se violadores por racistas"! Pois bem, o desejo dessas moças está a cumprir-se! ;)

CENSURADO AGAIN disse...

incrivel como todo mundo fala mal do oeste mas so sabem viver infiltrados tirando da boca do oeste

CENSURADO AGAIN disse...

duvido que exista capital evolutivo suficiente para algo só se ve degenerados por todos os lados seja devolutivos e-ou ideologicos

Afonso de Portugal disse...

Censurado Novamente disse...
«incrivel como todo mundo fala mal do oeste mas so sabem viver infiltrados tirando da boca do oeste»

A culpa é do próprio Oeste... ainda ontem estava a ver um vídeo no qual um "pobre coitadinho" tentou assaltar um restaurante em Itália. Os empregados do restaurante apanharam-no e começaram a sová-lo... pois sabes o que aconteceu a seguir?

Vários nativos italianos rodearam os empregados, recriminando-os e separando-os do "ser humano como nós"!


«duvido que exista capital evolutivo suficiente para algo só se ve degenerados por todos os lados seja devolutivos e-ou ideologicos»

O declínio global do QI no Ocidente é de facto assustador. Ainda ontem olhei novamente para os dados e é pavoroso: entre os indivíduos com QI acima de 130, só 10% é que se estão a reproduzir; os indivíduos com QI entre 100 e 130 tendem a ter apenas um ou dois filhos. Qual é a faixa de QI com mais filhos? Precisamente entre os 80 e os 100 pontos!

CENSURADO AGAIN disse...

Precisamente entre os 80 e os 100 pontos!

6 de agosto de 2017 às 20:48

pior ainda vem com sub cortex fail deve ta longe dos 100 pois mesmo a media de alguns países norte do norte nem chega a 100 numa lista

Afonso de Portugal disse...

Sim, sim, a maioria dos países africanos tem um QI abaixo dos 80! Da linha do equador para baixo, a média é inferior a 70! Que futuro pode haver para uma Europa que não pára de importar gente desta? Sobretudo quando a China está a apostar em pesquisa genética para aumentar ainda mais a inteligência dos seus cidadãos?