quinta-feira, 13 de julho de 2017

Ex-muçulmana: «Quem diz que o Islão não tem nada a ver com o terrorismo é ignorante»


Via Khadija Kafir (YouTube)

Zineb El Rhazoui é uma ex-muçulmana nascida em Marrocos. Trabalhava para o jornal satírico francês Charlie Hebdo e era um dos principais alvos dos terroristas. Só não morreu porque, no dia do massacre, estava a passar férias em Marrocos.

Neste vídeo, ela explica que a definição de terrorismo é nada mais nada menos do que a aplicação da lei islâmica pura e simple.

5 comentários:

João José Horta Nobre disse...

Ela só diz a verdade!

Anónimo disse...

A grande substituição:

https://www.youtube.com/watch?v=OTDmsmN43NA

Em pior estado que nós só Inglaterra, Suécia ou a França.
A Espanha está melhor que nós.

Bilder disse...

A malta de esquerda(e não só)não vai conseguir ver esse video(e há vários outros de pessoas de origem muçulmana a avisar no mesmo sentido)na totalidade pois as suas "cabeçinhas" podem entrar em curto-circuito devido à formatação ideológica/dissonância cognitiva.

Leitora disse...

http://ameliaanddan.com/blog/wp-content/uploads/lauren-josh-lowndes-grove-charleston-wedding-0001.jpg
Voces precisam urgentemente treinar suas habilidades pra reconhecer um transexual/transgenero/abominação. Essa Lauren parece ser um, uma prova: o quarto dedo maior que o segundo.
Além de toda a energia masculina q ela exala, os ossos do cranio e etc
Vcs tão sendo enganados

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«Ela só diz a verdade!»

E "quem diz a verdade não merece castigo"! ;)


Anónimo disse...
«A grande substituição»

Anónimo, obrigado pelo vídeo mas, por favor, assine os seus comentários. FAço notar que a assinatura não tem de ser um nome, muito menos verdadeiro. Basta uma simples alcunha.


Bilder disse...
«A malta de esquerda(...)não vai conseguir ver esse video(...)na totalidade pois as suas "cabeçinhas" podem entrar em curto-circuito devido à formataçãon ideológica/dissonância cognitiva.»

Se bem os conheço, vão dizer que a fulana é "islamofóbica" porque "sucumbiu à tirania ideológica do patriarcado do homem branco"...


Leitora disse...
«Voces precisam urgentemente treinar suas habilidades pra reconhecer um transexual/transgenero/abominação.»

Leitora, é no mínimo irónico que você nos chame maus observadores... você devia olha melhor para a Lauren do vídeo e para a Lauren desse casamento. Não são a mesma pessoa!