sexta-feira, 28 de julho de 2017

Aqui em Portugal: marroquino planeou atentado contra o papa Francisco em Fátima!


Já foi em Maio, mas só agora é que as autoridades portuguesas decidiram divulgar o caso:

«Um homem de nacionalidade marroquina, casado com uma bombeira de Ourém, planeou um atentado contra o Papa Francisco, aquando da sua visita a Fátima, nos passados dias 12 e 13 de Maio.



O homem fez várias compras de materiais suspeitos, tais como nitratos, uma substância utilizada regularmente para produzir bombas artesanais.

Sem saber que já estava a ser vigiado, o indivíduo convenceu a mulher, bombeira portuguesa, a infiltrar-se na ambulância que acompanhava de perto o chefe da igreja católica em Fátima. A missão do homem marroquino falhou, uma vez que a sua acção foi neutralizada pelas forças policiais, bem como a de outros suspeitos referenciados.

Acabou por ser enviado para Marrocos, o seu país de origem, e a mulher foi afastada do serviço dos bombeiros por tempo desconhecido.»

Duas notas: 

1. Se aquilo que se diz no vídeo aos 1m08s for mesmo verdade, se as autoridades esconderam este caso para, alegadamente, evitar que "Portugal ficasse mal visto", então mais uma vez se confirma que somos um país de parolos malformados! Portugal só ficaria "mal visto" lá fora tivesse havido mesmo atentado e mesmo assim, não muito... ou será que a Alemanha, a França, o Reino Unido e todos os outros países europeus onde já houve atentados ficaram mal vistos? E se ficássemos mesmo "mal vistos lá fora" para garantir a segurança dos nossos cidadãos, qual era o problema? Mal vistas ficam as nossas forças da autoridade com estas atitudes imbecis e subservientes!

2. Mais uma vez, um terrorista europeu foi ajudado por uma rameira branca que tinha casado com ele. Ao menos desta vez a fulana em causa foi afastada dos bombeiros, vá lá, um pouco de decência por parte da nossa justiça, se bem que a medida não é definitiva.

7 comentários:

Anónimo disse...

O islão é expansionista e perigoso.. de acordo, mas apesar disso em portugal não vejo muito essa ameaça. Preocupa-me muito mais a nossa nacionalidade que está a ser dada ao desbarato, nomeadamente a brasileiros e palops......... isso será o nosso caixão, não a ameaça islâmica.


100 mil braasileiros receberam a nacionalidade portuguesa em 15 anos a maioria vasta deles devem ser mestiços
Se a França está mal, nós bem não estamos.

assinado. ala poente

Afonso de Portugal disse...

Ala Poente disse...
«Preocupa-me muito mais a nossa nacionalidade que está a ser dada ao desbarato, nomeadamente a brasileiros e palops......... isso será o nosso caixão, não a ameaça islâmica.»

Concordo, mas nós, no Nacionalismo, temos um grande problema em mãos: se falarmos apenas nos brasileiros e nos "jovens", pouca gente nos dará ouvidos. A maioria dos portugueses não parece importar-se com isso.

Já o Islão é diferente, porque as pessoas vêem os abusos dos muçulmanos pela Europa fora e ficam de pé atrás. Os muçulmanos não são vistos apenas como imigrantes, são vistos como imigrantes problemáticos, muito mais do que os brasileiros e até do que os "jovens"!

João José Horta Nobre disse...

Lol, um abraâmico a tentar matar um abraâmico...

Afonso de Portugal disse...

Tudo em família, caro Mestre Nobre! ;)

Bilder disse...

Por falar em terrorismo islamico,não acham estranho que(tirando os ultimos casos na Alemanha esta semana,reportados em nota de rodapé pelas tvs mediocráticas tugas,ao contrário de há meses atrás quando logo entravam em directo com as cenas de terror)que na França não se tenha reportado terrorismo desde que o sr.Macron tomou posse??(pelo menos não ouvi nada sobre tal)

Afonso de Portugal disse...

É de facto um pouco estranho, mas Macron foi eleito a 23 de Abril e ainda só se passaram três meses... se daqui a mais três meses ainda não tivermos ouvido falar de terrorismo em solo francês, é caso para suspeitarmos de censura me(r)diática!

Leitora disse...

Ishi, pior que esses brasileiros que vão pra Portugal, desculpe dizer, mas, geralmente, são descendentes longícuos de portugueses mesmo, depois de terem passado por diversos cruzamentos interraciais com negros e índios e sabe-sel á o que mais. Ironias da vida XD