quarta-feira, 7 de junho de 2017

Na Alemanha: piscólogo da cruz vermelha assassinado por refujiadista


     Segundo o Die Welle, um "pobre coitadinho que fugiu à guerra" sírio esfaqueou até à morte um funcionário da cruz vermelha alemão. O crime enriquecimento aconteceu na cidade de Saarbrücken (aprox. 178 mil habitantes), próxima da fronteira com a França. O "jovem" atacante de 27 anos ter-se-á envolvido numa discussão com o funcionário, que era um psicólogo de 30 anos encarregado de monitorizar a saúde mental dos "refugiados".

O cenário do crime enriquecimento, um centro para "refugiados traumatizados"! 😆

Só foi pena o Die Welle não ter revelado o nome da vítima do enriquecido, caros leitores: temos aqui mais um Prémio Darwin de 2017! 😂

________________________________
Outras histórias giras da Alemanha:


Na Alemanha: clérigo muçulmano explica aos alemães que o seu futuro é o Islão
Na Alemanha: número de potenciais "maluquinhos" continua a crescer
Um ex-muçulmano denuncia a verdadeira natureza do Islão em programa de televisão alemão
Suspeito do ataque do Borússia de Dortmund foi terrorista do Estado Islâmico
Na Alemanha: "alemães" planeavam matar dirigentes da "extrema-direita"
Na ausência de facas, os "maluquinhos" recorrem a martelos!
Olha, mais um "maluquinho"!... 😇
Jovem de 22 anos assassinada à facada por um "ser humano como nós"Deputada da AfD denuncia: "58% das mulheres alemãs já não se sentem seguras no seu país"
Na Alemanha, alguns "refugiados" estão a usar o dinheiro recebido para irem passar férias...
Vídeo hilariante de um alemão revoltado!
Jovens mulheres alemãs descrevem a sua vida na nova Alemanha de Mer(d)kel

2 comentários:

João disse...

É o karma. Percebeu da pior forma, o humanista.

Afonso de Portugal disse...

É nas alturas que a máxima do Aristóteles sobre a tolerância faz mais sentido! :)