quinta-feira, 8 de junho de 2017

Da nova cruzada da "direitinha tuga"...


     Os "intelectuais" da nossa "direitinha" são unânimes: é um crime imperdoável que se decida em assembleia de condóminos se um determinado fulano pode ou não alugar o seu apartamento a turistas! Que felizardos são nossos "direitinhas", devem viver todos em vivendas nos subúrbios, porque claramente não sabem -nem querem saber- o que é não poder dormir durante dias, semanas e até meses seguidos só porque um canalha de um vizinho parasita decidiu que o seu "direito a ter vida própria" se sobrepõe ao nosso direito ao descanso!...

"Ora essa, se os teus vizinhos não te deixam dormir, só tens de chamar a polícia!"

Não, seus cretinos, não adianta chamar a polícia! - só quem nunca passou por estas situações é que não sabe disso! Para começar, a polícia demora pelo menos meia-hora a chegar, se tivermos essa sorte. Depois, obriga-nos a levantar da cama para abrirmos a porta aos agentes... que só podem fazer alguma coisa a respeito do barulho se apanharem os prevaricadores em flagrante! Ora, nos grandes prédios das nossas cidades, é muito fácil aos vizinhos ruidosos perceberem a chegada da polícia e cessarem temporariamente o ruído... para depois voltarem a fazer barulho em força logo que a polícia vai embora! Eu cheguei a ter uns estafermos de uns vizinhos que vestiam o pijama quando a polícia chegava e fingiam que estavam na cama!

Os apartamentos fizeram-se para as pessoas viverem durante o dia, não durante a noite. A noite  é para dormir - e só mesmo os filhos da puta que não precisam de trabalhar é que não precisam de dormir à noite! Eu aqui não cedo um milímetro, porque sei que a razão está TODA do meu lado: eu comprei a minha casa para poder dormir nela, quem comprou a casa dele para não me deixar dormir é que está a agir erradamente!

Mas os "nossos" liberais da treta não vêm a coisa assim: em nome da "liberdade individual" de alguns, os direitos dos outros que se fodam! "O país beneficia do turismo", explicam, por isso os desgraçados dos condóminos que pagaram as suas casas para poderem dormir nelas, têm mais é que fazer o sacrifício e abdicar do seu direito ao descanso em nome da "liberdade" de um grande filho da puta que aluga a casa a outros grandes filhos da puta... e depois vai dormir confortavelmente para outro lado, pois claro! "Pimenta no cú dos outros é refresco", como dizem os brasileiros...

Merda em cima de merda, é o que nossa "direitinha" é! Incompetentes, demagogos e extremamente irresponsáveis, sobretudo no que toca às questões sociais! Sobre os verdadeiros problemas do país, aquelas coisas "insignificantes" como a evasão fiscal, o desmantelamento da produção nacional, a iliteracia financeira crónica da população, a dependência energética e alimentar do exterior, etc. quase não se pronunciam... mas sobre o negociozinho egoísta de meia dúzia de filhos da puta como eles, ai jasus, isso sim, é importante!!! É isso que vai fazer de Portugal uma nação próspera e rica, pá!!!

Estes imbecis estão completamente desfasados da realidade, mas depois ainda ficam muito admirados por haver tanta gente que prefere votar na Esquerda!... Pudera, ao ser confrontado com tamanha falta de sensibilidade e uma ausência de sentido de comunidade tão grande, até eu fico com vontade de votar na Esquerda, quando leio as alarvidades que eles escrevem! Entendam, "direitinhas" nojentos: nesta vida, não vale tudo, por muito que isso vos custe! Um apartamento alugado não existe numa realidade à parte, ele está inserido num prédio, juntamente com outros apartamentos... e aquilo que se passa num desses apartamentos pode ter impacto em todos! E quando tem mesmo impacto, como no caso do aluguer a turistas, os restantes condóminos têm mesmo o direito de vetar o negócio!!!

A menos é claro, que vocês prefiram a solução adoptada por este casal de Peniche! É que vocês talvez não percebam, de tão resguardados e privilegiados que são, mas quando impedem as pessoas de descansar durante anos a fio, este é o desfecho mais provável! Não dormir enlouquece!!! Eu, no vosso lugar, pensava nisso seriamente... sob pena de o virem a descobrir em primeira mão!

2 comentários:

Raghnar disse...

"Merda em cima de merda, é o que nossa "direitinha" é! Incompetentes, demagogos e extremamente irresponsáveis, sobretudo no que toca às questões sociais! Sobre os verdadeiros problemas do país, aquelas coisas "insignificantes" como a evasão fiscal, o desmantelamento da produção nacional, a iliteracia financeira crónica da população, a dependência energética e alimentar do exterior, etc. quase não se pronunciam... "

Acrescente aí a desvalorização da soberania financeira nacional e a atitude de paternalista do "já que não sabemos gerir, é melhor que os estrangeiros supervisionem a coisa" (quando este "nós" é muitas vezes o próprio que já passeou a sua incompetência por vários tachos) e está o ramalhete completo.

O pedestal em que colocam os gestores rentistas que auferem os seus brutos prémios a chupar o sangue aos portugueses, a la Mexia, é a outra coisa que me irrita. Nunca me esqueci da conversa que tive por volta de 2010 com um Professor catedrático, numa altura em que se falava do mérito dos seus prémios contratuais. Pá, "o homem merecia porque gerava retorno à empresa", e nem o facto de gerir um monopólio que é um Estado dentro do Estado comovia o Doutor. Hoje, vê-se como parte desses prémios foram obtidos, puro parasitismo que enferma de morte o pouco que resiste no país.

Desculpe o vernáculo, mas puta que os pariu...

Afonso de Portugal disse...

Raghnar disse...
«Acrescente aí a desvalorização da soberania financeira nacional e a atitude de paternalista do "já que não sabemos gerir, é melhor que os estrangeiros supervisionem a coisa" (quando este "nós" é muitas vezes o próprio que já passeou a sua incompetência por vários tachos) e está o ramalhete completo.»

Sim, sim, o descaramento desta gente é qualquer coisa de surreal! Aquilo que foi feito à nossa banca nos últimos anos, por exemplo, é em grande parte culpa da cultura perpetuada pela nossa "direitinha"! Em nome da "liberdade económica" permitiu-se a bandalheira total, o endividamento irresponsável, a alavancagem financeira leviana, os acordos e as transacções obscuras em que os depositantes, os pequenos accionaistas e sobretudo os contribuintes acabaram por ser invariavelmente os grandes prejudicados! E culpa? Para além do Oliveira e Costa e mais dois ou três, népias...


«O pedestal em que colocam os gestores rentistas que auferem os seus brutos prémios a chupar o sangue aos portugueses, a la Mexia, é a outra coisa que me irrita.»

Sobre o Mexia, eles agora andam caladinhos que nem ratos! Tal como se calaram quando o Zeinal Bava deu cabo da PT! Miseráveis!!! Primeiro desfazem-se em elogios e censuram os "estatistas", chamando-nos invejosos... mas depois enfiam a cabeça na areia!


«Nunca me esqueci da conversa que tive por volta de 2010 com um Professor catedrático, numa altura em que se falava do mérito dos seus prémios contratuais. Pá, "o homem merecia porque gerava retorno à empresa", e nem o facto de gerir um monopólio que é um Estado dentro do Estado comovia o Doutor. Hoje, vê-se como parte desses prémios foram obtidos, puro parasitismo que enferma de morte o pouco que resiste no país.»

O que mais me assombra no nosso país é precisamente haver tanta gente na academia sempre disposta a defender os trastes que nos sugam até ao tutano! Do Mexia ao Penedos (REN), do Sócrates ao Dias Loureiro, há sempre um professor universitário prontinho a sair em defesa da honra dos nossos chulos! Alguns, para cúmulo dos cúmulos, nem mesmo quando veio a austeridade e sofreram cortes nos ordenados deixaram de defender os corruptos!

O meu grande receio é que o sistema esteja tão viciado que eles tenham de fazer essa defesa para assegurar o financiamento dos seus projectos de investigação, bolsas de estudo e até o orçamento das próprias universidades!