quarta-feira, 5 de abril de 2017

Em Espanha: venezuelano "enriquece" agente da polícia


«Um homem foi detido, em Espanha, na madrugada desta segunda-feira deste Lues, depois de se masturbar na rua e ejacular na mão esquerda de um polícia.

O agente terá aparecido após ter sido avisado por clientes que frequentavam o bar de cocktails na frente do qual o homem se masturbava. O exibicionista, de 31 anos, está acusado de desrespeito à autoridade. Quando a polícia chegou ao local, deparou-se com o infrator encostado à parede, a acariciar o órgão sexual com a mão esquerda, enquanto segurava um telemóvel com a direita, segundo relatos dos agentes da autoridade.

As forças policiais pediram-lhe várias vezes que parasse mas o homem ignorou a ordem dos agentes. Segundo a versão da polícia, o venezuelano dirigiu-se aos agentes e com uma voz disse: "Oh sim meu amor. Oh sim meu amor", aumentando o ritmo dos movimentos, até que ejaculou na mão esquerda do agente.

Hmm... diversidade! Si, cariño!...

O relatório que a polícia escreveu declara que "um líquido de cor esbranquiçada saiu do seu órgão sexual na direcção do polícia atrás mencionado, caindo sobre o chão e sobre a mão esquerda deste homem [polícia]". O homem ainda disse ao agente em questão para olhar, ignorando os seus pedidos para parar. "Não meu amor, primeiro olha para mim meu amor", enquanto usava a mão esquerda, a mesma com que se masturbava, para tentar tocar no rosto de um dos polícias.

Nesse momento o homem tentou fugir mas tropeçou e caiu ao chão, tendo sido posteriormente arrastado pela polícia, enquanto tentava atacá-los com as pernas e os braços. Durante a estadia na prisão ainda disse a um dos agentes: "Muito obrigado meu amor, salvaste-me a vida. Perdoa-me por ter feito asneira, é da emoção", segundo declarações da polícia.»

Enfim, conforme nos fazem questão de dizer constantemente os universalistas, era mais um "pobre coitadinho" que veio fazer o que europeus, neste caso espanhóis, não querem fazer!...

Sem comentários: