sexta-feira, 7 de abril de 2017

Da propganda "jornalística"...


Numa notícia reservada aos seus assinantes, o Correio da Mamã informa-nos que, em 2015, «mais de 41 mil foram mães com menos de 19 anos», que «45 meninas foram mães» e que, por outro lado, «há mais mulheres a optar pela maternidade tardia».

A acompanhar a notícia, o Correio da Mamã colocou a foto de duas meninas bem branquinhas e loirinhas, que nem sequer portuguesas parecem, mas sim nativas do Centro ou Norte da Europa. Haverá alguém que seja minimamente honesto e não saiba exactamente em que "comunidades" ou "grupos étnicos" é que as mães com menos de 19 anos prevalecem? Então porquê usar precisamente o grupo étnico em que isso menos acontece? Que objectivo se pretende atingir?...

3 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

é ciganada do leste?

CENSURADO AGAIN disse...

são endogenas?elas casam cedo?

Afonso de Portugal disse...

Não posso afirmar nada com certeza absoluta porque, como você sabe, em Portugal não há estatísticas discriminadas por raça.

O que eu lhe posso garantir, como pessoa que conhece bem o Centro e o Norte de Portugal, é que quase todas as mães adolescentes que vi eram oriundas de famílias ciganas e afros. Pior do que isso, entre as poucas mães adolescentes brancas de que tenho conhecimento, quase todas tiveram filhos mestiços (de alógenos)!