sábado, 8 de abril de 2017

Black Pigeon Speaks: «O teatro kabuki maquiavélico dos Tomahawks Trump»


     Apesar do recente ataque à Síria, o Black Pigeon Speaks (BPS) ainda mantém toda a confiança no Presidente Trump. Neste vídeo, ele explica porquê: o BPS está convencido de que foi tudo uma encenação para, por um lado, impressionar o Presidente chinês Xi Jinping -que está de visita aos EUA e que se tem negado a pressionar mais a Coreia do Norte- e, por outro lado, para marcar uma diferença de carácter em relação ao mulato Obama, que em tempos também disse  "foi cruzada uma linha vermelha", mas depois não fez nada.

Ao mesmo tempo, Trump conseguiu apaziguar os neocons belicistas como McCain, os democratas e até uma parte dos mé(r)dia amer(d)icanos, enterrando a acusação de ser uma "marioneta dos russos". Ou seja, o BPS acha que o ataque ordenado por Trump foi apenas teatro, uma farsa para ganhar tempo e acalmar os cães por agora.

Para suportar a sua teoria, o BPS começa por elencar várias situações estranhas:
  1. No dia 3 de Abril, um dia antes do alegado ataque com armas químicas, um repórter anti-Assad mencionou que ia cobrir um ataque com... armas químicas; como é que ele podia saber que elas iam ser usadas? 
  2. Um médico islâmico louvado pelos mé(r)dia britânicos por ter alegadamente salvado crianças a seguir aos ataque com armas químicas era, na verdade, um terrorista islâmico julgado e condenado no Reino Unido; 
  3. Foram divulgadas várias fotografias em que os capacetes brancos, uma organização de voluntários que supostamente prestam auxílio às vítimas do conflito na Síria, prestam assistência às vítimas do ataque químico de uma forma que não se coaduna com os procedimentos e protocolos típicos: ausência de luvas protectoras e máscaras desadequadas para os proteger do agente tóxico alegadamente usado, o gás Sarin.
  4. O exército sírio parece ter sido informado do ataque atempadamente, uma vez que retirou armas e pessoal militar do aquartelamento visado pelo bombardeamento.
  5. Dos 59 mísseis Tomahawk disparados pela marinha americana, apenas 23 atingiram o alvo.



Devo dizer que considero esta interpretação dos acontecimentos demasiado optimista por parte do BPS. Ainda assim, parece-me importante considerar todos os pontos de vista sobre o sucedido. Por muito que saibamos sobre o assunto, nunca saberemos o suficiente...

15 comentários:

Dr. NO disse...

Leituras para complementar (atenção à cronologia):

https://algolminima.blogspot.pt/2017/04/a-oeste-nada-de-novo-os-estados-unidos.html

https://algolminima.blogspot.pt/2017/04/em-politica-o-que-parece-e-antonio-de.html

https://algolminima.blogspot.pt/2017/04/o-ataque-quimico-na-siria-foi-filmado.html

João José Horta Nobre disse...

Trump está refém do Deep State. Para mim é tão simples quanto isto. O Deep State descobriu alguma coisa altamente comprometedora sobre Trump e está a chantageá-lo. Outra hipótese é terem-no dominado por via do terror, nomeadamente fazendo-o crer que ou ele passava a alinhar com o "sistema", ou eles matavam-no a ele ou à família dele.

Essa gente do Deep State é capaz de tudo....

Leitora disse...

Aiai, então se foi tudo isso só pra impressionar o chinoca Xi nãoseioq, então não tem problema nenhum? Horrível essa interpretação;
Bem eu li em algum lugar que o gas sarin supostamente deixa as pessoas ''azuis'' qnd entra em contato com elas, e as supostas vítimas não estavam azuis. ALém de que, todo o aparato de câmeras estava prontinho pra cobrir o "evento". Esses White Helmets são os mesmos q ganharam um Óscar, eu fui ver o documentário deles no NETFLIX e não consegui terminar, a cara de pau de como colocam a culpa dos ataques na Russia e no Assad é completamente repugnante, como se os aviões ou bombas que passam lá tivessem faixas dizendo de onde vem.

O que eles poderiam levantar de dúvida, na minha opinião, é se isso foi um teatro pra enganar TRUMP e fazê-lo continuar a guerra contra Assad, ou se Trump já fazia parte do "'estratégia' da tesoura" (2 partidos q se fingem de oposição, na verdade tem o mesmo objetivo, apenas seguem caminhos diferentes pra chegar lá, mas estão todos mancomunados de antemão) e estava fazendo um TEATRO pro público que votou nele e os que não votaram.

Afonso de Portugal disse...

Dr. No disse...
«Leituras para complementar (atenção à cronologia)»

Muito interessante, caro Dr. No! O Orlando Braga é um excelente blogueiro e esses artigos são absolutamente pertintenes.


João José Horta Nobre disse...
«O Deep State descobriu alguma coisa altamente comprometedora sobre Trump e está a chantageá-lo. Outra hipótese é terem-no dominado por via do terror, nomeadamente fazendo-o crer que ou ele passava a alinhar com o "sistema", ou eles matavam-no a ele ou à família dele.»

Sim, é possível. Tal como é possível que Trump tenha mentido desde o inicio. Ou que tenha mudado de opinião em função dos seus interesses, isto é, que a superclasse mundialista o tenha comprado.

Mas também é possível que isto seja apenas uma manobra de diversão. É pouco provável, mas creio que devemos equacionar essa possibilidae. Eu ainda não estou pronto para afirmar com certeza absoluta que Trump é um traidor. Mas se houver mais uma ou duas intervenções destas na Síria, serei obrigado a mudar de opinião.


Leitora disse...
«Esses White Helmets são os mesmos q ganharam um Óscar, eu fui ver o documentário deles no NETFLIX e não consegui terminar, a cara de pau de como colocam a culpa dos ataques na Russia e no Assad é completamente repugnante»

Eu não vi o documentário, mas acreito inteiramente em você. Hollywood é especialista em criar e a premiar propaganda política disfarçada de humanitarismo. É por isso que eu já não pago para ver filmes amer(d)icanos. Não tem qualquer sentido pagar para ver e ouvir mentiras.


«O que eles poderiam levantar de dúvida, na minha opinião, é se isso foi um teatro pra enganar TRUMP e fazê-lo continuar a guerra contra Assad, ou se Trump já fazia parte do "'estratégia' da tesoura"»

Sim, essa é a grande dúvida neste momento, sendo que todas as possibilidades estão em cima da mesa. É possível que Trump tenha mentido desde o início, fazendo jus à tal frase que a Leitora citou ontem ("Se eu me candidatasse, seria pelo partido republicano..."). Mas também é possível que tenha mudado de opinião ou que isto faça parte de uma jogada mais sofisticada. Creio que vamos ter que esperar mais umas semanas para podermos ter a certeza.

Anónimo disse...

O ataque visou a Coreia do Norte, mais nada. isto foi um aviso aos norte-coreanos que têm andado muito activos em termos de provocações. Quando 59 mísseis causam danos tão limitados...poucas vítimas, pistas operacionais... fizeram mais estragos ataques anteriores ao Sudão e ao Afeganistão, nos tempos de Clinton e Bush - e com menos mísseis. Aviso à Coreia do Norte e recado interno, parece-me. Sr. Hamsun.

Afonso de Portugal disse...

Sr. Hamsun disse...

É possível. Aliás, o BPS também sugere isso no vídeo. É impossível sabermos ao certo o que se passa na cabeça de Trump ou dos seus conselheiros. Mas aquilo que realmente me incomoda em tudo isto é a facilidade com que a esmagadora maioria dos ocidentais aceitou a narrativa de que o ataque com armas quimicas foi perpetrado pelo Assad. Não vimos provas conclusivas disso! Aliás, não vimos sequer provas conclusivas de que houve um ataque com armas químicas! E não estou a dizer que não houve, apenas que não nos mostraram provas convincentes... tendo em conta o que já aconteceu antes (supostas armas químicas no Iraque), acho isso deveras desconcertante. Os povos do Ocidente não aprenderam a lição!

A propósito, e um prazer lê-lo novamente por aqui! Espero que esteja tudo bem consigo! Saúde!

Leitora disse...

"Creio que vamos ter que esperar mais umas semanas para podermos ter a certeza."

É, verdade. As vzs acabamos nos deixando levar pela emoção sem perceber e fazendo julgamentos precipitados. A gente não sabe tbm oq se passa entre 4 paredes na Casa Branca, pode ter havido pressão. Ou podem tá usando o Trump também pra alguma coisa, talvez pra jogar a culpa nele de tudo errado q estão fazendo.

CENSURADO AGAIN disse...

Russia e no Assad

sim eles odeiam a eurasia goyim catai que não caia na deles pois quando tiverem derrubado os zagros e resto irão mirar catai ja miram no noroeste tentando usar marionetes ali em hong kong taiwan tibet e ainda bases na coreia e japão melhor catai sincronizar as ogivas com moscou pela eurasia goyim pois ny e judah so vieram pra genocidar pilhar e destruir

CENSURADO AGAIN disse...

apontar bem com gps as ogivas pra ny londres bruxelas etc

CENSURADO AGAIN disse...

a nato e judah não se cansarão ate reduzir tudo a ruinas e os alvos principais são os que não se curvam a eles diga-se siria irã russia catai etc as não colonias com capacidade para ter pés proprios a propria ue ja é serviçal e actua com os donos

CENSURADO AGAIN disse...

se os povos querem ter soberania vão ter que apontar todas as ogivas pra essas zonas chaves do inimigo e apoiar as poucas potencias ainda com silos suficientes pra resistir a esses anglo demonios

Afonso de Portugal disse...

Leitora disse...
"Creio que vamos ter que esperar mais umas semanas para podermos ter a certeza."
«A gente não sabe tbm oq se passa entre 4 paredes na Casa Branca, pode ter havido pressão. Ou podem tá usando o Trump também pra alguma coisa, talvez pra jogar a culpa nele de tudo errado q estão fazendo.»

Sim, mas seja o que for que está acontecendo, eles já admitiram que o objectivo é derrubar Assad. A embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, disse -e passo a citar-:

«There’s not any sort of option where a political solution is going to happen with Assad at the head of the regime. If you look at his actions, if you look at the situation, it’s going to be hard to see a government that’s peaceful and stable with Assad.»

Era difícil ela ter falado mais claro. Estas declarações confirmam as nossas piores suspeitas.


Censurado Outra Vez disse...
«a nato e judah não se cansarão ate reduzir tudo a ruinas e os alvos principais são os que não se curvam a eles diga-se siria irã russia catai etc as não colonias com capacidade para ter pés proprios a propria ue ja é serviçal e actua com os donos»

Parece que sim, infelizmente. Confesso que esperava algum bom senso por parte da Administração Trump, mas o dinheiro prevaleceu mais uma vez. O que mais me aflige é que não vejo saída disto. Se nem o Presidente dos EUA se mantém fiel à sua palavra, em quem é que podemos confiar? Em ninguém!... Essa é que é a dura realidade. Estamos sozinhos contra a superclasse mundialista.


«se os povos querem ter soberania vão ter que apontar todas as ogivas pra essas zonas chaves do inimigo»

Não adianta, porque o inimigo está entre nós, nos nossos governos, nas nossas instituições, nos nossos mé(r)dia. Como eu digo sempre, eles venceram a guerra sóciocultural e é daí que vem todo o seu poder. Ou recuperamos o território que perdemos na sociedade ou na cultura, ou não teremos qualquer hipótese!

CENSURADO AGAIN disse...

Não adianta, porque o inimigo está entre nós, nos nossos governos, nas nossas instituições, nos nossos mé(r)dia. Como eu digo sempre, eles venceram a guerra sóciocultural e é daí que vem todo o seu poder. Ou recuperamos o território que perdemos na sociedade ou na cultura, ou não teremos qualquer hipótese!

mas ca ja esta perdido praticamente falo das poucas zonas como catai moscou etc eles são o ultimo bastião do nacionalismo

P.M. disse...

"É possível que Trump tenha mentido desde o início, fazendo jus à tal frase que a Leitora citou ontem ("Se eu me candidatasse, seria pelo partido republicano...")."

Essa frase é falsa...

Afonso de Portugal disse...

Sim, eu também já li qualquer coisa sobre isso, mas hoje em dia é difícil saber com toda a certeza o que é ou deixa de ser falso...