segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

"Primeiro governo feminista do mundo" 😍 Islão!!!


    Um muito obrigado! ao Bruno Dias por nos ter trazido aqui esta imagem que, por sua vez, me levou até este artigo. O autoproclamado "primeiro governo feminista do mundo" foi até ao Irão mostrar, mais uma vez, o que é que realmente é o feminismo:

Feministas ocidentais: sempre prontas a submeterem-se à religião mais misógina da actualidade!

A situação é tão mais obscena quando se considera que houve um apelo recente, por parte da activista dos direitos das mulheres iraniana Masih Alinejad, para que as diplomatas e representantes políticas ocidentais "lutassem pela sua dignidade" e recusassem envergar o hijab nas suas visitas oficiais ao Irão.

Este é que é verdadeiro rosto do feminismo ocidental: submissão total ao Islão!

E se alguém no Ocidente ainda se surpreender com este episódio, só posso dizer-lhe que tem andado muito distraído(a)! O objectivo do feminismo contemporâneo (por "contemporâneo" entenda-se desde meados da década de 70) é virar as mulheres brancas contras os homens brancos, não é, repito, NÃO É garantir a igualdade entre homens e mulheres, até porque essa está mais do que garantida no Ocidente: as mulheres podem fazer tudo o que os homens podem... nalguns casos, até podem fazer mais!

______________________________
As feministas odeiam as mulheres:

O Estrangeiro Zangado: «O governo feminista que odeia as mulheres»
Paul Joseph Watson e Geert Wilders falam sobre feminismo, islamização e nacionalismo
Em Espanha: uma porca feminista foi igual a si própria!
Ainda sobre as alegadas disparidades entre os salários dos homens e das mulheres
Bruxa Hilária: a feminista que defende violadores!
A questão do papel das mulheres no futuro das nações
Paul Jospeh Watson: «Publicidade com boazonas banida para agradar às feministas GORDAS»
Paul Joseph Watson: «As feministas estão a celebrar as doenças sexualmente transmissíveis!»
Pat Condell: «Pegas feministas pelo Islão»
Pat Condell: «A traição da Europa às mulheres»
Traição feminista: um vídeo que todas as mulheres (e alguns homens) ocidentais deviam ver
A hipocrisia das feministas dos nossos tempos (7)
A hipocrisia das feministas dos nossos tempos (6)
 «Eu sou um islamista e tu és uma feminista... temos tanto em comum!»
Insanidade feminista: «Ponham os homens em campos de concentração e erradiquem a heterossexualidade»
Feministas radicais "tugas" querem "inverter o ónus da prova"

4 comentários:

Dr. No disse...

Como é que as activistas dos direitos das mulheres no Irão podem lutar pela sua justa causa, quando são atraiçoadas por umas alegadas feministas suecas? Que facada!

Mas também existem negras sem medo. Olha aí: http://luradogrilo.blogspot.pt/2017/02/as-mulheres-do-trump-sao-sempre-mais.html

Afonso de Portugal disse...

Dr. No disse...
«Como é que as activistas dos direitos das mulheres no Irão podem lutar pela sua justa causa, quando são atraiçoadas por umas alegadas feministas suecas? Que facada!»

Cada vez mais se percebe que o verdadeiro objectivo das feministas ocidentais nunca foi lutar pelos direitos das mulheres. O que se pretendia era remover os homens ocidentais dos centros de poder e decisão e efeminizar a sociedade para melhor facilitar a iminvasão que agora decorre em força. Aliás, os marxistas culturais que precederam o feminismo contemporâneo declararam essa intenção praticamente desde o primeiro momento.

Agradeço o link para o Lura do Grilo, mas já tinha passado por lá! Mulher de coragem! :)

Dr. No disse...

Sim, concordo com essa ideia: não lutam pelas mulheres, mas contra os homens.

A cantora, além de corajosa, divertiu-se à brava!

Afonso de Portugal disse...

Como se costuma dizer na internet, ela trollou o esquerdalho! E a melhor parte é que as vendas dos discos dela subiram! :)