domingo, 19 de fevereiro de 2017

Racismo anti-branco em Portugal: menina de 13 anos agredida por quatro "jovens" no Seixal


É mais um vídeo do vosso estimado blogueiro! 😉



_________________________________
Outros vídeos do Afonso de Portugal:

«A única mulher»... e o "jovem" único!
Sobre a violência no Nacionalismo
Adieu, Calais!
Sobre o regresso do TU
Paris, 13 de Novembro de 2015


ACTUALIZAÇÃO: houve um anónimo que me trouxe aqui este outro vídeo no qual se pode ver melhor as agressoras e apreciar melhor a sua "juventude".

8 comentários:

Anónimo disse...

Neste outro video dá para ver bem, as bullies eram coloridas, mas isso claro é politicamente incorrecto, o marxismo cultural não deixa mostrar estas realidades na TV.

"https://www.youtube.com/watch?v=ovA18aOnDVQ"

Bilder disse...

De certeza que a malta do bloco(eles que tanto gritam contra as injustiças)não vai falar sobre isso.

Afonso de Portugal disse...

Anónimo disse...
https://www.youtube.com/watch?v=ovA18aOnDVQ

Bom trabalho! Vou fazer uma adenda ao postal! Só foi pena não ter assinado o seu comentário, porque assim fica sem o habital muito obrigado! :P


Bilder disse...
«De certeza que a malta do bloco (eles que tanto gritam contra as injustiças) não vai falar sobre isso.»

O mais provável era eles encontrarem uma forma de legitimar esta agressão. Algo do género, "ai, a miúda branca era racista e tal..."

Leitora disse...

Aiai.. eu nem considero isso racismo anti-branco, sabe porque? São apenas negros sendo negros.. seres bestiais sendo bestiais! Se o mundo fosse menos defeituoso, iriam deportar essas """"""""""""""""pessoas""""""""""""" né.. se o mundo fosse mais perto do aceitável, "jovens" jamais poderiam chegar a menos de 3 mil km de jovens... O pior são aquelas pessoas que dizem "ah, mas brancos tambem fazem isso".. Nao, não fazem não! E se fazem, é tipo uma exceção, o contrário dessas bestas horrorosas que fazem por padrão. Basta prcurar no youtube q se encontra mais e mais videos assim... bestas agredindo humanos! Bem q eu queria voltar no tempo, para quando as pessoas tinham mais consciência da realidade, e bestas assim eram tratadas como tal. Imagina ressuscitar brancos de séculos passados e mostrar esses vídeos pra eles? Eles diriam na hora, provavelmente "Tem q mandar pro tronco e açoitar, senão eles agem assim!"

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Bilder disse...
De certeza que a malta do bloco(eles que tanto gritam contra as injustiças)não vai falar sobre isso.

19 de fevereiro de 2017 às 16:46

obvio a agredida é opressora latifundiaria com uma plantation gigante no ultramar cheio de escravos que se vendiam no benin pelo proprio rei do benin ao maior traficante que era um negro da ba primo de zumbi que era o escravista mor da serra da barriga

Bruno Dias disse...

Nao sabia que tinhas um canal no youtube. Vou subscrevê-lo agora, mas não posso deixar comentários no youtube porque ou fui marcado como spam, ou tem a ver com um problema qualquer das actulizações do youtube de que eu já vi várias pessoas queixarem-se. Quanto ao vídeo, eu penso que situações destas vão ser cada vez mais comuns, acredito até que estes tipos de coisas aconteçam diariamente naqueles subúrbios lisboetas enriquecidos pelos cafres. A coisa boa nisto tudo é que serve para muita gente acordar para a realidade do mundo e para a realidade do multiculturalismo. Que o mundo real não tem nada a ver com aquilo que eles vêem no telejornal das 20 horas. Não é à toa que boa parte dos votos que o nosso partido tem vem exactamente da zona metropolitana de Lisboa, por isso essa rapariga branca partindo no princípio que não é estúpida e que tenha um pouco de auto-estima, irá um dia votar no partido e quem sabe até ser membro deste.

CENSURADO AGAIN disse...

20 de fevereiro de 2017 às 07:47 Eliminar

ela nunca saiu do homeland então ficamos sem saber como ela é latifundiaria de mil anos atras

Afonso de Portugal disse...

Leitora disse...
«O pior são aquelas pessoas que dizem "ah, mas brancos tambem fazem isso".. Nao, não fazem não! E se fazem, é tipo uma exceção, o contrário dessas bestas horrorosas que fazem por padrão.»

Exactamente! E é precisamente aí que reside o problema da falácia do "ah, todos fazem, não se pode generalizar!». É que as proporções não mentem... e o que as proporções nos dizem é que há efectivamente uma sobre-representação alógena na criminalidade.


«Imagina ressuscitar brancos de séculos passados e mostrar esses vídeos pra eles? »

Julgo que eles ficariam muito mais chocados com o comportamento da sua descendência (os europeus actuais) do que com os crimes dos alógenos. Não acredito que os europeus que viveram há 300, 500 ou 1000 anos conseguissem perceber como foi possível chegarmos a este ponto! Desconfio que não seria apenas os alógenos que eles disciplinariam... nós também iríamos ser merecidamente açoitados!


Censurado Agaian disse...
«obvio a agredida é opressora latifundiaria com uma plantation gigante no ultramar cheio de escravos»

Ehehehe... se é branco, é opressor! Nunca falha! Até porque o racismo anti-branco não existe, porque "racismo = poder + privilégio" ou lá o que é...


Bruno Dias disse...
«Nao sabia que tinhas um canal no youtube. Vou subscrevê-lo agora»

Obrigado, caro Bruno Dias! Na verdade, a conta do Google+ é que é um subproduto da minha conta de YouTube. Houve uma altura em que a Google obrigou todos os youtubers a criar um perfil de Google+ e foi nessa altura que eu apareci.

Quanto ao meu canal de YouTube, começou por ser uma brincadeira, mas fui carregando mais e mais vídeos e agora já tenho alguma dezenas de subscritores! :) Infelizmente, fazer vídeos dá uma trabalheira do caraças e não consigo actualizar o canal tantas vezes como gostaria.


«(...) penso que situações destas vão ser cada vez mais comuns, acredito até que estes tipos de coisas aconteçam diariamente naqueles subúrbios lisboetas enriquecidos pelos cafres.»

Eu também estou convencido que sim! Mas também vai haver cada vez "fake news" por parte dos grandes mé(r)dia a encobrir esses casos, como se está a ver esta semana em relação à Suécia. A edição de hoje do Al-Público chega ao descaramento de nos dizer que «apenas 1% dos crimes são cometidos por "regufiados"» como se todos os outros "suecos" que cometem crimes fossem mesmo suecos!


«o mundo real não tem nada a ver com aquilo que eles vêem no telejornal das 20 horas.»

Sim, mas a maioria das pessoas só acredita quando é sumariamente "enriquecida". E de facto, é isso que muitas delas merecem!


«essa rapariga branca partindo no princípio que não é estúpida e que tenha um pouco de auto-estima»

Tudo dependerá do seu nível doutrinação marxista. Eu lembro-me sempre daquela "humanitária" branca que foi violada por negros no Haiti mas que, mesmo assim, culpava o homem branco pela "opressão sistémica dos povos do terceiro-mundo". Ou o francês cuja mulher foi abatida no Bataclan que se recusava a "odiar os muçulmanos" porque isso seria "cair no jogo do ISIS". Ou o pai australiano cuja filha foi assassinada por um adepto do credo do "profeta" pedófilo e que condenava o Presidente Trump por "utilzar a morte da minha filha para propagar o ódio".

Há gente que merece bem as suas tragédias. O grande problema é apanharmos todos por tabela por causa da estupidez monumental destas pessoas.