quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Possível futuro presidente da França: «a colonização francesa foi um crime contra a humanidade»


    O 'xuxa franciú' Emmanuel Macron, que se perfilha como o mais forte adeversário de Marine Le Pen -embora muita coisa ainda possa mudar até Abril-, não fez a coisa por menos:

«As acções dos franceses na Argélia foram genuinamente bárbaras e constituem uma parte do passado que tem que ser confrontado com um pedido de desculpa. A colonização faz parte da História francesa. Faz parte desse passado que devemos olhar de frente oferecendo as nossas desculpas àqueles a quem fizemos certas coisas.»

 Não me censurem, pá! Eu estou apenas a trabalhar para ganhar os votos dos muçulmanos!

Ou seja, numa altura em que tem havido protestos violentos em França por causa de um alegado abuso por parte das forças da autoridade, este merdoso deita irresponsavelmente mais lenha para a fogueira, atiçando o sentimento de revolta nos "jovens" dos subúrbios e perpetuando o complexo de culpa dos franceses que cometeram o crime imperdoável de serem descendentes de colonizadores.

E para quê? O que é que o povo francês ganha com este "pedido de desculpas" que o Macron quer fazer? Nada em absoluto, o único que ganha é Macron, que passa a ser bem visto pelos "pobres coitadinhos", pelos "jovens", pelos "oprimidos"... enfim, na política vale tudo. Mas pode ser que lhe saia o tiro pela culatra! O Brexit e o Presidente Trump tamém eram "impossíveis" quando 2016 começou...

9 comentários:

Bilder disse...

check https://geopolitics.co/2017/02/17/vault7-wikileaks-drops-new-bombshell-vs-deep-state/ as eleições francesas de 2012 em causa em mais este wikileak.

Afonso de Portugal disse...

O artigo é bastante longo. Prometo pronunciar-me sobre ele mais tarde.

pvnam disse...

Uma figura incontornável do século XXI:
- O BANDALHO LAMBE-BOTAS EUROPEU.
.
O bandalho lambe-botas europeu:
i) sabe que a sociedade nativa NÃO É SUSTENTÁVEL (média de 2.1 filhos por mulher);
ii) bajula os salvadores da demografia europeia... bajula inclusive a 'boa produção' demográfica de quem trata as mulheres como 'úteros ambulantes' (ex: islâmicos);
iii) e mais , o bandalho lambe-botas europeus eleva o seu bajulamento ao nível de lambe-botismo: o bandalho europeu é INTOLERANTE para com a sobrevivência de Identidades Autóctones.

Afonso de Portugal disse...

De facto, é muito difícil encontrar uma criatura mais rasteira e repugnante do que o bandalho europeu!

pvnam disse...

O bandalho europeu está, claramente, em vias de extinção... não tem problema!... Agora, não podemos aceitar é que o bandalho lambe-botas europeu procure inviabilizar o legítimo Direito à Sobrevivência de outros!
.
.
Explicando melhor:
- Democracia sim; todavia, a minoria de autóctones que se interessa pela sobrevivência da sua Identidade... tem de dizer NÃO ao nazismo-democrático, leia-se: é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros, isto é, ou seja, é preciso dizer não àqueles que evocam pretextos para negar o Direito à Sobrevivência de outros.
[nota: nazismo não é o ser 'alto e louro', bla bla bla,... mas sim a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros!]
Dito de outra maneira: os 'globalization-lovers', UE-lovers e afins, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
---» ver blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.

Afonso de Portugal disse...

pvnam disse...

« não podemos aceitar é que o bandalho lambe-botas europeu procure inviabilizar o legítimo Direito à Sobrevivência de outros!»

O mais preocupante é que esse tipo de bandalho parece estar a propagar-se. O acro pvnam viu a manifestação pró-iminvasão que houve hoje em Barcelona? Arrepiante!

CENSURADO AGAIN disse...

no mainland americano pelo contrario a frança foi a unica potencia que respeitou a soberania dos nativos contra outras potencias tratando eles como aliados ombro a ombro na falta de colonos no ultramar no mercantilismo classico ao menos cá eles foram os ocidentais mais favoraveis aos nativos eles e os jesuitas

Afonso de Portugal disse...

Sim, mas isso não foi pelo facto dos franceses serem bons... foi porque quiseram lixar os ingleses e os portugueses! :)

pvnam disse...

Para um separatista-50-50 a manifestação de Barcelona é algo sem importância.
Para um separatista-50-50 importante mesmo... é que existam nativos interessados na sobrevivência da sua Identidade.
.
.
.
.
P.S.
«Com o objetivo de atrair capital chinês, o governo Temer quer alterar a lei para vender terras para estrangeiros (chineses).»
[https://brasilliberal.blogspot.pt/2017/02/80-brasil-vai-vender-terra-para.html]
.
Política made-in-Brasil::
- ROUBA-SE (terras aos índios nativos)... PARA DEPOIS VENDER (aos chineses).