terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Entretanto, na Suécia... (9)


Estou deveras admirado por uma notícia destas ter sido publicada pela estação de televisão mais vibrante de Portugal!

Polícias obrigados a fugir de centro de acolhimento de refugiados na Suécia


«Uma dezena de polícias viu-se obrigada a fugir de um centro de acolhimento [de "refugiados"] em Vasteras, na Suécia, quando tentava retirar uma criança alegadamente violada.»

 Polícias suecos: os seus antepassados viquingues devem estar a dar voltas nos túmulos!

«Os funcionários do centro já tinham tentado retirar o menino de dez anos, que alegadamente tinha sido violado repetidamente, mas, não conseguiram. Chamaram então a polícia.  Uma dezena de agentes foi, no entanto, engolida por um grupo de utentes.
“Apareceu ainda mais gente por trás de nós. Estava mentalmente preparado para lutar pela vida. Éramos dez polícias encurralados num corredor. E então ouvi alguém gritar que havia uma saída de emergência”, contou um dos agentes ao jornal sueco Vestmanlands Läns Tidning, citado pela RT.
Os polícias acabaram por escapar, mas a criança ficou. O caso foi agora tornado público, depois da notícia da morte de uma funcionária num outro centro de acolhimento no país. Alexandra Mezher, de 22 anos, funcionária num centro de acolhimento para migrantes menores, foi esfaqueada alegadamente por um rapaz de 15 anos. O impacto do caso na opinião pública levou o primeiro-ministro sueco a deslocar-se ao local
 
O sindicato da polícia já veio a terreno reclamar a falta de meios, de acordo com a agência sueca TT. Segundo a agência noticiosa TT, a polícia foi reforçada com 4100 efetivos para fazer face ao fluxo de migrantes. A Suécia recebeu mais de 150 mil pedidos de asilo em 2015.
»

Bem, pelo menos desta vez, os agentes não deixaram nenhum dos seus colegas para trás...

_________________________________
Outras desse "paraíso" que é a Suécia:
Caiu mais um pedaço da máscara ao "feminismo" sueco!
A Suécia conseguiu a proeza de ter um rácio homens/mulheres maior do que a China 
O resultado prático da utopia multiculturalista
O fabuloso destino da jovem sueca "progressista" Elin Krantz (Blogue do FireHead)
Surge um novo super-herói: o Capitão Suécia, campeão da tolerância!
O genocídio branco prossegue a bom ritmo na Suécia...
Alunos de uma escola primária sueca... 
Uma em cada quatro mulheres suecas será violada
Norueguesa suicida-se depois de ter sido violada por dois negros muçulmanos
Na Suécia: pais furiosos conseguem travar imposição de comida Halal
De viquingues a maricões: a desgraça dos homens suecos continua 
De viquingues a maricões: a desgraça dos homens suecos continua (2)
Mais engenharia social sueca...

2 comentários:

Anónimo disse...

Mais dos capitalistas vibrantes:

http://fortune.com/2017/02/01/donald-trump-muslim-ban-apple-tim-cook/

Esta malta pensa mesmo que manda nesta merda toda.

Ass: FdT

Afonso de Portugal disse...

Fixe! Já tinha aqui um link sobre a Google, agora poderei juntar-lhe esse! Obrigado! :)