domingo, 5 de fevereiro de 2017

Antes e depois... (não é porno 😝!)



5 comentários:

mensagensnanett disse...

Pode parecer pouco... mas, na realidade, é muito muito muito:
- Donald Trump enfrentou os psicopatas globalistas - que controlam os media - e salvou a liberdade de expressão!
Antes de Trump, quando se falava em fronteiras/Identidade os psicopatas globalistas - pretendem implementar NOVOS TABUS na civilização - vociferavam "fascistas, nazis, etc" até silenciarem as vozes desalinhadas.
Depois de Trump passou a ser possível falar em fronteiras/Identidade com naturalidade.
Trump ao impor o fim do tabu... fez com que os psicopatas globalistas que controlam os media (nota: eles queriam implementar novos tabus na civilização) FICASSEM RESSABIADOS.

Afonso de Portugal disse...

mensagensnanett disse...
«Antes de Trump, quando se falava em fronteiras/Identidade os psicopatas globalistas - pretendem implementar NOVOS TABUS na civilização - vociferavam "fascistas, nazis, etc" até silenciarem as vozes desalinhadas.»

Exactamente! Aliás, estes dias que estamos a viver vão ser uma verdadira prova de fogo para os nacionalistas. A nossa capacidade de resistência à mentira, às omissões e às distorções mediáticas vai ser decisiva para o futuro das identidades.


«fez com que os psicopatas globalistas que controlam os media (nota: eles queriam implementar novos tabus na civilização) FICASSEM RESSABIADOS.»

É verdade, mas atenção: nós agora não podemos cair no erro de ficarmos acomodados. A guerra a sério ainda mal começou e a superclasse mundialista já mostrou ter muitos trunfos na manga no passado. Em última análise, se Trump não for derrubado a "bem" (juízes, jornais, televisões, manifestações violentas, etc.), a superlacsse mundialista irá certamente tentar matá-lo.

A questão é saber como sobreviverão os movimentos identitários caso esse cenário se concretize. O Presidente Trump mostrou-nos o caminho, mas temos de ter a sabedoria e a coragem para manter o seu espírito bem vivo quando ele já não estiver neste mundo!

Bilder disse...

Check https://paulamarisa.com/2017/02/02/trump-multiculturalismo-e-midia-globalista/

Bruno Dias disse...

" Em última análise, se Trump não for derrubado a "bem" (juízes, jornais, televisões, manifestações violentas, etc.), a superlacsse mundialista irá certamente tentar matá-lo." Não sei se eles chegariam a tanto. Se o matassem iriam criar uma figura de culto e iriam acordar mais uns milhões de brancos que ainda acham que vivem "numa democracia". E quanto mais nacionalistas houverem, mais os marxistas correm o risco de perderem a cabeça e não falo no sentido metafórico

Afonso de Portugal disse...

Tudo depende de como eles fizerem a coisa, caro Bruno Dias. O Trump já tem 70 anos... pode sempre sofrer um "ataque cardíaco", um "acidente vascular cerebral", uma "reacção alérgica severa", etc.

Eu também estou convencido de que eles não se atreverão a fazer algo tão espalhafatoso como fizeram ao JFK. Mas hoje em dia há muitas drogas e venenos que escapam ao radar!...