segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

O PNR denuncia a legalização irregular de imigrantes pelo governo português!



«Ministra defende legalização de imigrantes fora da lei

O SEF não sabe a quantos imigrantes ilegais concedeu autorização de residência sem cumprirem a principal exigência da lei: terem entrado legalmente no espaço Schengen.

A ministra da Administração Interna defende uma "orientação" da anterior direcção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), durante o governo PSD-CDS, que permitiu legalizar, em 2015, milhares de imigrantes à margem da lei. A maioria eram de países considerados de risco, como a Índia, o Bangladesh e o Paquistão, e estavam noutros países da União Europeia (UE) em situação irregular.


Conforme o DN tinha noticiado em Julho passado, a actual direcção do SEF tentou revogar a "orientação" da direcção do juiz desembargador Beça Pereira (que negou ter autorizado tal medida), mandando "cumprir a lei". Mas acabou por recuar, depois de protestos das associações de imigrantes e pressões políticas, prometendo analisar "caso a caso". Nessa altura, Constança Urbano de Sousa disse estar a "analisar a situação", mas vem agora mostrar que não apoiava a revogação do SEF, ao concluir que a medida é uma "diferente interpretação do requisito legal de entrada regular". Para a ministra, "a aplicação das leis pressupõe a sua interpretação, podendo haver interpretações divergentes, como é próprio da aplicação do direito, não consubstanciando a actividade interpretativa uma ilegalidade no sentido estrito".

Os empresários corruptos precisam de imigrantes para terem mão-de-obra barata. O governo PSD/CDS legalizou muitos enquanto mandava os portugueses emigrar. O governo da geringonça quer seguir o mesmo caminho. Tudo farinha do mesmo saco!»

2 comentários:

Bilder disse...

Mais um "adiantado mental" http://www.cmjornal.pt/opiniao/colunistas/acacio-pereira/detalhe/20161205_0010_diferentes-mas-iguais?ref=opiniao_outras

Esse indivíduo acima(no artigo do CM) que diz que devemos abrir as portas a todos(mesmo com todos os exemplos de crimes cometidos nos últimos meses pelos ditos imigrantes/refugiados na Europa)é o mesmo que diz que não temos condições policiais(em especial no sef no qual é presidente do sindicato)para fiscalizar e controlar as situações já existentes quanto mais a vinda de milhares de imigrantes/refugiados. http://ionline.sapo.pt/512279 (este do jornal I tem alguns meses mas certamente que as más condições policiais,em especial do sef,denunciadas pelo presidente sindical do sef se mantém já que o mesmo personagem continua todas as semanas no CM a denunciar as tais más condições.

Afonso de Portugal disse...

O irrealismo do Acácio é verdadeiramente inacreditável:

«(...) todos os cidadãos, independentemente da sua origem, têm o mesmo grau de propensão criminal.»

Falso. A composição da população prisonal do Ocidente desmente o Acácio categoricamente. De resto, mais de metade do que ele diz não passa de dogma ideológico.

Obriado pelo link, caro Bilder. Isto merece claramente uma posta aqui no TU! É assustador que esta pessoa seja precisamente o Presidente do Sindicato dos Inspectores do SEF!