quarta-feira, 16 de novembro de 2016

O PNR apresenta provas do boicote me(r)diático deliberado a que tem sido sujeito!


«Uma publicação no Facebook, por parte da Jornalista Sónia Cerdeira, que se sentiu indignada pelo facto do jornal “i” ter dado uma primeira página ao PNR, deu origem a uma conversa entre várias pessoas dessa classe profissional, bem elucidativa sobre a mentalidade censória generalizada entre eles.

É vergonhoso que pessoas com carteira de Jornalista não tenham o menor código de ética, deontológico, e pratiquem a mais descarada e consciente censura. Tal é a posição manifestada na referida conversa, por Sónia Cerdeira, Liliana Valente, Sílvia Caneco, Bárbara Baldaia, Adriano Nobre, Joana Haderer e Miguel Marujo, jornalistas de órgãos de comunicação social como o Público, Expresso, Diário de Notícias, Sol, Visão, TSF e Lusa.»

2 comentários:

João José Horta Nobre disse...

Caro Afonso, não se preocupe que logo há-de ser feita justiça contra esses jornalistas vendidos e lacaios do sistema que assim tratam todos os nacionalistas em Portugal.

Nós vamos tomar o poder, mais tarde ou mais cedo, é inevitável. A ascensão dos nacionalistas já não irá ser travada, é agora apenas uma questão de tempo. Se a FN vencer as presidenciais do próximo ano em França, isso sim, seria perfeito e seria mais um passo rumo à vitória para nós.

Afonso de Portugal disse...

Quem me dera estar tão optimista como o caro JJHN! Infelizmente, parece-me que a superclasse mundialista está a acordar para o fenómeno do crescimento do nacionalismo e vai tentar impedir a vitória da loira.

Claro que nós como nacionalistas, temos de acreditar... e continuar a marchar com convicção!