segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Três vídeos que vale a pena ver (23): a Embaixada da Resistência


    Já aqui vos falei algumas vezes dos Tradutores de Direita, um canal de YouTube brasileiro onde são publicados muitos vídeos falados em inglês que foram legendados em português do Brasil. Hoje, trago-vos aqui outro grande canal de YouTube brasileiro que é ainda mais interessante, por ser mais focado nas questões relacionadas com a islamização. Chama-se Embaixada da Resistência e foi lá que fui buscar os três vídeos que vos mostro a seguir.

1. Milo Yiannopoulos fala sobre a invasão islâmica; o Milo é, presentemente, o cristão mais odiado pelos nazionaliztaz anglófonos, que juram a pés juntos que ele é judeu, apesar de o Milo ter afimardo várias vezes ser um conservador cristão; é que, para os energúmenos nazionaliztaz, basta uma pessoa ter um antepassado judeu para ser também judeu, nada mais interessa (depois fazem figuras tristes como aquele deputado do Jobbik há uns anos atrás); o Sr. Yiannopoulos é um homossexual assumido que, apesar de ser relativamente jovem (32 anos), fala com uma eloquência que envergonha a esmagadora maioria dos líderes ocidentais, criticando abertamente o Islão, os guerreiros da justiça social (GJS), o politicamente correcto e  a esquerda política de uma forma geral.




2. Pat Condell: «Nós queremos a verdade!»; este é um vídeo que eu já publiquei aqui, mas que agora vos trago com legendas em português do Brasil. Não têm de quê!




3. Dom Azarel: «A interpretação do Islão com base no seu profeta»; Trata-se de mais uma belíssima infiel cristã com clara ascendência médio-oriental, embora eu ainda não tenha descoberto exactamente de onde. Neste vídeo, ela explica que, independentemente daquilo que um determinado xeque, imã ou outro clérigo islâmico possa dizer acerca do Islão, a referência suprema para os muçulmanos é o "profeta" Maomé e a forma como ele viveu. O Robert Spencer (JihadWatch) também insiste frequentemente neste ponto: os muçulmanos insistem que a sua religião é de paz mas a sua referência maior é um senhor da guerra que decapitou centenas de pessoas pessoalmente!

8 comentários:

Rick disse...

E por fim convém ler http://visaopanoramica.net/2015/01/11/os-terroristas-islamicos-e-o-apoio-silencioso-da-esquerda/

Afonso de Portugal disse...

Muito bom, caro Rick, obrigado! Não conhece essa página, vou adicioná-la à minha "blogosfera relevante"!

Ivan Baptista disse...

A Dom Azarel, de ascendência médio oriental..não tem nada. Mas que é Gira e Booouuuaa, Booouuuaa, Boooouuaaa, é tipo um helicópetro.. lá isso é :P

Afonso de Portugal disse...

Não tem é pouca, caro Ivan... basta olhar para a cara e para o nome dela! :)

Quanto ao resto, estamos de acordo!

FireHead disse...

E a parte do Milos, apesar de ser gay assumido, ser um cristão parte ainda mais. XD

Afonso de Portugal disse...

Ehehe... então não foi o Bergoglio que disse: "quem sou eu para julgar os gueis?"

O Milo, pelo visto, decidiu dar-lhe ouvidos! Felizmente, não lhe deu ouvidos em relação aos refugiados! :)

Anónimo disse...

o ex.ariano era capaz de perar e ter filhos com a don azarel? isso imaginando k ainda era solteiro

ou serâ q por ter genes mesio orientais ja n pode fazer isso? me responda.

Afonso de Portugal disse...

E como é que eu hei-de saber!? Pergunta-lhe a ele! E assina os teus comentários senão da próxima não os publico!