quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Adivinhem quem está de volta!



Mais detalhes brevemente. Para já, os fãs deste blogue podem agradecer à alcoviteira dissimulada que assina como "[Renato] Santon" e ao verme desprezível do Brunácio Galináceo. Foi a estupidez monumental destes dois labregos sem carácter que me inspirou a reactivar este blogue.  Quem não é capaz de aceitar uma vitória e permanecer humildemente calado, acaba sempre por ficar sem nada.

15 comentários:

Lura do Grilo disse...

Bem vindo!

Sempre tive esperança que regressasse e sempre o fui visitando (mesmo não concordando com tudo o que escrevia)

Afonso de Portugal disse...

Obrigado, caríssimo! Devo dizer-lhe que tive grandes dificuldades em tomar esta decisão, mas valores mais alto se levantaram. Há pessoas que simplesmente não sabem quando parar e, quando se apanham na mó de cima, são piores do que as hienas!

Entretanto, esta experiência teve um aspecto muito positivo: percebi quem é que me quer bem e quem não quer na "nossa" blogosfera. Só por isso, já valeu a pena ter feito este hiato!

Mais uma vez, obrigado pelo apoio! Não me vou esquecer de retribuir se algum dia for necessário!

Um abraço!

João José Horta Nobre disse...

Quero dar ao Afonso as minhas sinceras boas-vindas de regresso ao combate virtual. Todos os soldados são necessários na guerra de propaganda actualmente em curso contra as forças da Nova Ordem e por isso todos os blogues que defendem a causa patriótica, mesmo os que têm menos visualizações, fazem todos falta.

Deixe lá a merda dos Lá Lá Cardos, Thor's, Santon's e restante cambada alucinada dos carretos e siga em frente, informando e combatendo a desinformação disseminada pelo "sistema". Isto é que interessa e o resto é conversa.

pvnam disse...

Tem que ser!!!
.
Os badalhocos armadilharam o futuro das crianças nativas europeias:
- como os nativos não possuem uma taxa de natalidade de 2.1 filhos por mulher... logo... irá acontecer uma SUJEIÇÃO AOS SALVADORES da demografia europeia: os islâmicos.
.
---»»» Não se pode deixar o futuro das crianças nativas europeias à mercê dos badalhocos... e à mercê dos 'salvadores' da demografia europeia.
.
.
.
Anexo:
A actual sociedade europeia (à mercê dos badalhocos):
- a sociedade (nativa) não é sustentável (média de 2.1 filhos por mulher), nela existe critica da repressão dos Direitos das mulheres... todavia, em simultâneo, para cúmulo, nela defende-se que... no aproveitar da 'boa produção' demográfica proveniente de determinados países {nota: 'boa produção' essa... que foi proporcionada precisamente pela repressão dos Direitos das mulheres - ex: islâmicos}... É QUE ESTÁ A 'SALVAÇÃO' para resolver o problema do deficit demográfico na Europa!?!?!

Afonso de Portugal disse...

«Quero dar ao Afonso as minhas sinceras boas-vindas»

Obrigado, caríssimo! E obrigado também pelo incentivo que me deu ao longo deste "intervalo". O JJHN e o A-24 também contribuíram para o meu regresso, ao fazerem-me perceber que estava a dar ao Lá Lá Cardo uma vitória imerecida. Os anormais do Brunácio e do Santon deram o empurrão final, quando me mostraram que também lhes estava a dar uma vitória imerecida. Quando era apenas o Lá Lá Cardo, era um contra dois (eu e o Caturo). O saldo era negativo (-1). Mas agora são pelo menos três contra dois, ou até quatro contra dois, porque o brasucagueiro Direita também fez por espalhar a mentira. Portanto, o saldo agora é positivo (4-2=+2). Obrigado, cretinos!

E deixo aqui a promessa: aconteça o que acontecer, o TU vai ficar aberto para sempre! Depois do que aconteceu, só deixarei de o actualizar quando estiver morto. Devo isso sobretudo aos meus amigos, mas -ironia das ironias- também o devo aos meus inimigos!


«Todos os soldados são necessários na guerra de propaganda actualmente em curso contra as forças da Nova Ordem e por isso todos os blogues que defendem a causa patriótica, mesmo os que têm menos visualizações, fazem todos falta.»

Sem dúvida, embora o blogger já não seja a rede social mais popular, a blogosfera, como um todo, ainda tem bastante relevância para o combate nacionalista.


«Isto é que interessa e o resto é conversa.»

É verdade. O problema é que, neste momento, há demasiada gente que acredita nas mentiras do Lá Lá Cardo e companhia, muito por minha culpa, que me precipitei ao fechar o TU. Algumas pessoas viram isso como uma confirmação (parece-me que foi o caso do Sr. Hamsun, que fechou o blogue dele alguns dias depois) quando era precisamente o contrário. Esqueci-me de uma regra sagrada nesta vida: as pessoas encaram sempre as cedências como fraquezas e como admissões de culpa. É precisamente por isso que eu agora não posso fechar o TU, as pessoas ficariam a pensar que eu era mesmo o Caturo e que fugi com o rabinho entre as pernas. Erá só o que faltava!

Resumindo e concluindo, vou ter de provar de uma vez por todas que Afonso ≠ Caturo. E vou começar já este fim-de-semana!

Afonso de Portugal disse...

pvnam disse...
«Tem que ser!!!»

Tem mesmo! Obrigado por passares por aqui!

pvnam disse...

«E deixo aqui a promessa: aconteça o que acontecer, o TU vai ficar aberto para sempre! Depois do que aconteceu, só deixarei de o actualizar quando estiver morto. Devo isso sobretudo aos meus amigos, mas -ironia das ironias- também o devo aos meus inimigos!»


A defesa de valores que consideramos serem importantes... exige determinação.

João José Horta Nobre disse...

«Algumas pessoas viram isso como uma confirmação (parece-me que foi o caso do Sr. Hamsun, que fechou o blogue dele alguns dias depois) quando era precisamente o contrário.»

O Sr. Hamsun tem um longo historial de criar blogues, para de seguida encerrá-los, desaparecer durante algum tempo e depois voltar com um novo blog. A mim parece-me que ele é uma pessoa muito indecisa e algo ansiosa, por isso é que se comporta assim.

Afonso de Portugal disse...

pvnam disse...
«A defesa de valores que consideramos serem importantes... exige determinação.pvnam disse...»

Sem dúvida, sobretudo quando se vive numa época em que os nossos valores são contrários aos interesses dominantes! Lutar contra a corrente não é para os fracos de espírito!

Já agora, tenho reparado que os teus comentários mais recentes têm outro countéudo para além da tua habitual "cassete". É uma mudança muito bem-vinda! :)


João José Horta Nobre disse...
«O Sr. Hamsun tem um longo historial de criar blogues, para de seguida encerrá-los, desaparecer durante algum tempo e depois voltar com um novo blog. A mim parece-me que ele é uma pessoa muito indecisa e algo ansiosa, por isso é que se comporta assim.»

É possível, não sei. A confirmar-se, será um pouco estranho porque ele já foi militante do PNR, fez campanha nas ruas e tudo.

FireHead disse...

Fizeste bem. Aliás, não devias nunca ter chegado a encerrar o teu blogue.

Sê bem-vindo de volta, camarada. :)

Afonso de Portugal disse...

Obrigado, camarada! Tens toda a razão, quando a verdade está do nosso lado, o nosso dever é não ceder nem um milímetro.

Ivan Baptista disse...

Embora eu não me reveja em tudo nas suas observações. Dou-lhe os meus Parabéns atrasados pelo seu regresso Afonso. Um bem haja ao seu blog, por ser preciso uma alternativa de cultura mainstream no mundo virtual ou ciberespaço :P

Afonso de Portugal disse...

Obrigado, caro Ivan! É um prazer tê-lo por aqui novamente! :)

Quanto ao meu blogue, não é preciso concordarmos em tudo, que eu também não concordo com tudo o que se escreve nos outros blogues. A única coisa que peço aos meus leitores é que ouçam/vejam/leiam os dois lados da história, porque os mé(r)dia só nos mostram um!

Cumprimentos!

A-24 disse...

Fico muito satisfeito que tenhas voltado! Como diz o caro JJHN, precisamos dos combatentes todos online em várias plataformas.

Desejo-te muita vontade de continuar esta luta.

Saudações

Afonso de Portugal disse...

Obrigado, caríssimo, vou fazer por isso! E até estou bastante optimista: a vantagem que o inimigo tinha sobre mim dissipou-se, porque ele cometeu um erro crasso ao aliar-se aos nazionaliztaz: o Caturo é quase um deus para mim, mas os nazionaliztas são a encarnação do Diabo na Terra, o que de pior existe na humanidade. Só mesmo os marxistas me despertam mais ódio!

Saudações nacionalistas!