segunda-feira, 27 de junho de 2016

Mitos dos defensores do Bremain


Mito #1: os jovens votaram massivamente a favor do Bremain


Percentagem obtida pelo Bremain na faixa etária 18-24 anos: 75%
Percentagem de participação eleitoral na faixa etária 18-24 anos: 36%
Percentagem real de votos obtidos pelo Bremain na faixa etária 18-24 anos: 27%

Moral da história: pouco mais de 1/4 do jovens britânicos votaram a favor do Bremain. A maioria (quase 3/4) não votou pelo Bremain.

"Votar para quê? Eles são todos iguais, pá!"

Mito #2: a principal razão pela qual as pessoa votaram no Brexit foi a imigração


Respostas à pergunta «Qual foi a sua principal razão para optar pelo Brexit?»

Resultados segunda a agência ComRes: Soberania: 53%   Imigração: 34%
Resultados segunda a agência Ashcroft: Soberania: 49%   Imigração: 33%

Moral da história: a maioria das pessoas que optaram pelo Brexit fê-lo por razões de soberania.

 
 Os apoitantes do Brexit, segundo os eurocratas.

Mito #3: a repetição do referendo levaria à inversão do resultado


Votantes do Brexit que lamentam a sua escolha: 7% (1,1 milhões)
Votantes do Bremain que lamentam a sua escolha: 0,4% (700 mil)

Variação de votantes para o Brexit: -400 mil.

Resultados do Brexit com a variação: 17 410 742 - 400 000 = 17 010 742 votos.
Resultados do Bremain com a variação:16 141 241 + 400 000 = 16 541 241 votos.

Moral da história: a repetição do referendo daria novamente a vitória ao Brexit.


Mito #4: a maiora dos escoceses optou pelo Bremain


Percentagem de votantes escoceses que optaram pelo Bremain: 62%
Percentagem de  escoceses que foi votar: 67%
Percentagem de escoceses que votou Bremain: 42%

Moral da história: nem metade dos escoceses votou a favor do Bremain. A maioria dos escoceses não votou a favor do Bremain.

 Braveheart versão Brexit ou "seremos livres numa prisão"!

6 comentários:

Missy disse...

Tenho-me "divertido" um bocado a ver o rage nas internets sobre isto.

A quem votou "sair" acusam de racismo e xenofobia. Que os "velhos" são uns tontos porque só têm de viver com as escolhas deles muito menos tempo que os jovens de 18/25 anos. No entanto, muitos destes nem se dignaram a levantar o rabo da poltrona e ir votar.

Criam petições a pedir repetição do referendo, mas estão completamente aldrabadas - utilizaram bots para assinar varias vezes pela mesma pessoa. É preciso ter ficado muito aziado com o resultado para se chegar a este ponto... e achar, na época em que há pessoas ainda habeis em computação que tal não iria ser descoberto!

E acabo também de ler em outro website o plano B da UE, sim porque isto do efeito bola-de-neve tem de ser travado antes que caia tudo por terra e quem está a lucrar muito com este sistema acabe sem anda. Ora o plano é: criar um Superestado Europeu - https://archive.is/2wNWv (terás de usar o translate para ler o alemão). Pelo que entendi, invés de termos varias nações unidas teriamos uma só nação europeia - adeus fronteira (ainda mais), adeus individualidade, adeus cultura. Querem uma USSR europeia?

Apercebo-me finalmente de, nos meus jovens anos, ver a historia da humanidade a ser escrita dia a dia, mas também começo a ter medo do que aí vem.

Afonso de Portugal disse...

«isto do efeito bola-de-neve tem de ser travado antes que caia tudo por terra e quem está a lucrar muito com este sistema acabe sem anda.»

O nosso Marcelinho da "direitinha" já veio dizer que queremos ser todos bons europeus! Cá não há referendos, que o nosso presidente-pimba sabe o que nós pensamos! E quinta-feira lá estará ele novamente em directo, a comentar o jogo da selecção da CPLP!


«https://archive.is/2wNWv»

Obrigado pela referência, vou ver se lhe dou uma olhadela! :)


«Pelo que entendi, invés de termos varias nações unidas teriamos uma só nação europeia - adeus fronteira (ainda mais), adeus individualidade, adeus cultura. Querem uma USSR europeia?»

Esse é o grande sonho da superclasse mundialista, já desde os primóridos do Marxismo Cultural: criar um povo totalmente desenraizado, não apenas ignorante da sua história mas sobretudo incompatível com ela, que não dá valor a coisa alguma e que, sobretudo, está sempre à espera de gratificação instantânea. Os tais "escravos que se julgam livres"...


«Querem uma USSR europeia?»

O mais incrível é que, pelo visto, há muita gente pela Europa fora que quer! E o mais chocante é que grande parte dessa gente são os jovens, quando se esperava que os jovens fossem precisamente os mais rebeldes!

João José Horta Nobre disse...

«Apercebo-me finalmente de, nos meus jovens anos, ver a historia da humanidade a ser escrita dia a dia, mas também começo a ter medo do que aí vem.»

Cara Missy, você está a ver a história da humanidade a ser escrita todos os dias, desde o dia em que nasceu. A história não tem interrupções de pára e arranca e só terá um fim definitivo se a humanidade alguma vez for extinta. Mesmo até a chamada "pré-história", para mim é história, só não temos é fontes escritas sobre a mesma e é esse vazio informativo que levou a que se designasse a mesma por "pré-história".

João José Horta Nobre disse...

«Cá não há referendos, que o nosso presidente-pimba sabe o que nós pensamos!»

AHAHAHHAAHAHAHAHHA, realmente assenta-lhe bem essa do "presidente-pimba". Vou guardar para futuras utilizações.

FireHead disse...

Então e a fonte disto? Não me digas que não a puseste porque sabes bem que ela é tendenciosa ou mentirosa, tipo a Infowars ou o Gatestone Institute?

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«AHAHAHHAAHAHAHAHHA, realmente assenta-lhe bem essa do "presidente-pimba". Vou guardar para futuras utilizações.»

Use e abuse, caro JJHN! O canalha merece!


FireHead disse...
«Então e a fonte disto? Não me digas que não a puseste porque sabes bem que ela é tendenciosa ou mentirosa, tipo a Infowars ou o Gatestone Institute?»

https://pbs.twimg.com/media/Cl9-XoSWYAAya6U.jpg:large

...Já citar o Censo de 2011 para descrever a estrutura demográfica de uma população em Maio de 2016 não é nada tendencioso, evidentemente!