sexta-feira, 27 de maio de 2016

A Liberdade volta a triunfar na Europa!


...ou não:

«A Procuradoria-Geral de Bamberg, sul da Alemanha, informou esta quinta-feira este Joves que está a investigar alegados planos de um editor para publicar uma edição, sem comentários, do "Mein Kampf", de Adolf Hitler. A edição poderá ser a primeira que inclui apenas o texto do líder nazi, o que pode ser objecto de crime na Alemanha, por ser considerado apologia ao nazismo e incitar ao ódio racial.


"Estamos a verificar se avançamos com uma acção judicial", disseram procuradores ao jornal alemão "Bild". A editora alemã "Der Schelm", com sede em Leipzig Lípsia, anunciou esta semana que tenciona publicar uma "edição sem modificações da edição publicada pela editora central do Partido Nazi do 'Mein Kampf'", em 1943.

O proprietário da editora, Adrian Preissinger, confirmou a intenção de publicar o livro no Verão, na sua versão original, mas não especificou o formato, nem onde será impresso. Os direitos de publicação da principal obra de Hitler ficaram sob custódia das autoridades da Baviera desde a morte do ditador em 1945. Desde então, a Baviera impediu a sua reedição durante décadas, por temer que se torne objecto de culto dos neonazis. Apesar de não se editar na Alemanha, a obra está acessível através de edições estrangeiras.»

Comentário do blogueiro: como os meus caros leitores estarão fartos de saber, eu não sou propriamente um fã do führer de bigodinho, mas não posso deixar de achar piada à ironia de constatar que os arautos do "livre mercado de ideias" e da "liberdade de expressão" se recusam a publicar livros que não contenham os seus desmentidos.. eer... perdão, os seus comentários.

Outros livros há, como por exemplo "O Capital", da autoria de um certo senhor barbudo que, curiosamente, também era alemão, que nunca tiveram direito a comentários, não obstante preconizarem uma ideologia igualmente assassina e que provocou ainda mais nilhões de mortos do que o nazismo. A questão é que quando se pretende derrubar as fronteiras, certas ideologias são mais interessantes do que outras...

11 comentários:

Anónimo disse...

Caro Afonso, o tarado do Bairro do Oriente está a atacar de novo e desta vez meteu-se consigo:

http://bairrodooriente.blogspot.pt/2016/05/a-nao-bicha-doida.html

Esse filho da puta já anda mas é a precisar que alguém lhe faça um blog com as fotos dele e lhe dê o clássico tratamento do "olho por olho e dente por dente"...

Afonso de Portugal disse...

Muito obrigado, mas por acaso já tinha visto! :) O energúmeno passou por aqui e "avisou-me" num postal mais antigo!

Apesar de ele ser de facto um grandessíssimo filho da puta (a forma como insiste em publicar o nome verdadeiro completo do FireHead demonstra-o sem margem para dúvidas), ele não merece o esforço de lhe ligarmos. Desde logo porque as suas intenções são perfeitamente transparentes. Ele praticamente não discute substância, discute forma. E das raras vezes em que discute substância, discute-a muito superficialmente, quase sempre partindo de falácias do espantalho:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Fal%C3%A1cia_do_espantalho

O azar dele é que eu conheci muitos marxistas ao longo da vida, desde a casa onde cresci até aos locais onde estudei e trabalhei. Sei perfeitamente qual é o verdadeiro objectivo dele: obrigar-me a reponder-lhe, para assim ter menos tempo para actualizar o TU e fazer postais acerca daquilo que realmente interessa.

De resto, o indivíduo é muito pouco inteligente: encheu a internet de fotos não apenas dele, mas também da família e dos amigos. E ainda ppr cima dispara para todos os lados, fazendo todo o género de inimigos. O karma raramente falha: mais cedo ou mais tarde, este Lálá Cardo vai acabar por se meter com alguém suficientemnte avariado para lhe acertar o passo.

Anónimo disse...

A vingança adequada é fazer um blog com todas as fotos que esse porco do Bairro do Oriente tem na net. Depois faz-se comentários às fotos, uma a uma e com os adjectivos adequados...

O cabrão nem tem noção de com quem é que ele se anda a meter.

Renato Santon disse...

O azar dele é que eu conheci muitos marxistas ao longo da vida, desde a casa onde cresci até aos locais onde estudei e trabalhei. Sei perfeitamente qual é o verdadeiro objectivo dele: obrigar-me a reponder-lhe, para assim ter menos tempo para actualizar o TU e fazer postais acerca daquilo que realmente interessa.


Genial, uma tática da esquerda sempre foi fazer Ataques de Saturação com milhares de difamações e calúnias ( as mais diversas) contra os adversários. Enquanto passamos 99% do tempo tentando se defender daquelas mentiras eles estão livres e soberanos para fazer sua propaganda política.
Aqui no Brasil do PT já estamos mais que acostumados com essa sujeira devido aos milhares de blogues comunistas financiados com verbas governamentais.

Afonso de Portugal disse...

Antes pelo contrário, anónimo. O que o Lálá Cardo mais deseja é esse género de publicidade. Repara no seguinte:

1. Se ele próprio colocou as fotos na internet, dificilmente ficará incomodado se alguém as reproduzir, mesmo que acompanhadas pelas legendas adequadas. Pelo contrário, muito provavelmente verá nisso uma forma de validação da sua javardice.

2. O estilo e a linguagem dele demonstram claramente que ele apenas está interessado em criar conflitos e situações de "peixeirada". O Lálá Cardo está aqui apenas para divertir-se e fazer de troll. Levá-lo a sério seria cair no seu jogo.

3. O mais importante para ele é que eu, o FireHead, o JJHN e outros blogueiros nacionalistas deixemos de postar nos nossos blogues. E quer por isso roubar-nos tempo precioso, para que publiquemos menos notícias relevantes para o combate nacionalista. É precisamente por isso que não devemos perder o nosso tempo com ele. Umas piadazitas nas caixas de comentários dos blogues e já está! :)

4. O blogue dele praticamente não tem audiência. Além disso, sempre que ele falou em mim na sua pocilga imunda, a audiência do TU permaneceu inalterada, o que significa que praticamente ninguém veio visitar-me na sequência das suas "denúncias". Ora, que sentido faz perder tempo a "argumentar" com um pobre coitado que praticamente não é lido por ninguém?

5. Estamos a falar de um homem de 41 anos que escreve e age como um adolescente de escola secundária. Isto, só por iso, já nos diz que este indivíduo tem claramente um recalcamento psicológico e está na internet a tentar compensar as suas frustrações.

6. O mundo dá muitas voltas. Eu ainda sou relativamente novo, mas já vi muitos Lálá Cardos serem colocados no seu devido lugar quando menos esperam. Acredita em mim, anónimo, da forma como se comporta, este frustrado vai bater contra a parede mais cedo do que julga.

Resumindo e conlcuindo: é cagar, andar e deixá-lo guinchar alegremente até ao dia de fazer enchidos...

Afonso de Portugal disse...

Renato Santon disse...
«Genial, uma tática da esquerda sempre foi fazer Ataques de Saturação com milhares de difamações e calúnias ( as mais diversas) contra os adversários. Enquanto passamos 99% do tempo tentando se defender daquelas mentiras eles estão livres e soberanos para fazer sua propaganda política.»

É isso mesmo, caro Renato, sem tirar nem pôr! O azar do panasca Lálá Cardo é que essa táctica já é tão velhinha que ninguém cai nela. Ele que continue a divertir-se!


«Aqui no Brasil do PT já estamos mais que acostumados com essa sujeira devido aos milhares de blogues comunistas financiados com verbas governamentais.»

O que me leva a fazer uma observação pertinente: ontem foi dia de trabalho em Macau, mas o suíno gastou longos minutos, talvez até horas, a atacar-me! Será que alguém lhe paga para o fazer?

Anónimo disse...

Denunciem o blog do Luís Crespo do Bairro do Oriente à Google aqui, na secção de bullying e assédio:

https://support.google.com/blogger/answer/76315?hl=pt-BR

O que ele anda a fazer é claramente bullying e assédio, não é fácil fazer com que a Google encerre um blog, mas se todos denunciarmos o que ele anda a escrever e a perseguição que ele anda a fazer a não sei quantas pessoas, aumentam as hipóteses de a Google lhe encerrar definitivamente o blog e retirar-lhe todos os artigos da net de forma definitiva.

Só demora um minuto, por favor façam a denuncia nesse link aí acima para ver se brincadeira desse Luís Crespo acaba mais depressa do que ele pensa.

Bruno Dias disse...

Eu tenho em pdf uma versão em inglês desse livro, que é de 1938, e segundo dizem, é a versão em inglês mais fiel ao texto original, nao sendo nada censurada nem tendenciosa. eu acho que todo o nacionalista devia ler essa versão, para conhecer quem realmente ele foi, o que dizia, e o que defendia, em vez de acreditar no que dizem na televisão ou o que aprendem nas escolas.

Afonso de Portugal disse...

Anónimo disse...
«Só demora um minuto, por favor façam a denuncia nesse link aí acima para ver se brincadeira desse Luís Crespo acaba mais depressa do que ele pensa.»

Anónimo, por mais desprezível que o Lálá Cardo seja, não me parece adequado optarmos por ssa via. Desde logo, porque censurar quem quer seja -até mesmo um troll- é sempre uma saída que os nacionalistas, como vítimas constantes da censura politcamente correcta, devem evitar por princípio.

Até porque se o blogue dele for eliminado, ele arranja logo outro, ou então vai para o Wordpress...

Eu não estou nada incomodado com o que ele escreveu acerca de mim. São só insultos infantis e falácias argumentativas. Deixêmo-lo zurrar à vontade... vozes de burro (sem ofensa para os burros) não bradam ao céu!


Bruno Dias...
«(...) eu acho que todo o nacionalista devia ler essa versão, para conhecer quem realmente ele foi, o que dizia, e o que defendia, em vez de acreditar no que dizem na televisão ou o que aprendem nas escolas.»

Sem dúvida, caro Bruno Dias! As pessoas devem ser julgadas pelo que disseram/escreveram e fizeram de facto, não o que fulano, beltrano ou sicrano diz acerca delas. Além de que a história é sempre escrita pelos vencedores...

Ivan Baptista disse...

O mundo é pequeno

Afonso de Portugal disse...

Bem mais pequeno do que alguns julgam...