terça-feira, 22 de março de 2016

O PNR denuncia a verdadeira causa dos atentados de Bruxelas e apresenta a única solução possível para impedir que se repitam: o Nacionalismo!



    «As explosões no aeroporto de Bruxelas e em duas estações de metro da mesma cidade, registadas nesta manhã de 22 de Março, indicam que a escalada de terrorismo na Europa não pára e vai aumentar a cada dia que passa. Além dos mortos e feridos, do luto de centenas de famílias e dos danos materiais, é a vida das pessoas que fica condicionada e a economia afectada. 

Apontamos o dedo acusador, mais uma vez, e em primeiro lugar, aos governantes e aos donos do poder que nos impõe um modelo mundialista, multi-cultural, de “portas abertas” e, por via disso, um sistema securitário, fortemente policiado, lembrando um cenário de guerra e, apesar disso, ineficaz. Até quando vamos suportar este desmantelamento da Europa?

Todos estes acontecimentos, só vêm dar fundamento ao PNR e aos vários partidos nacionalistas na Europa. Sempre denunciámos os perigos das políticas de “portas abertas” e da imigração descontrolada!

Nós, que defendemos outro modelo de política e de sociedade, temos a razão e as soluções:

– Afastar do poder os partidos europeístas, responsáveis por este estado de coisas, penalizando-os fortemente no voto;

– Repor as fronteiras, acabando com o “espaço Schengen”;

– Mudar a lei da nacionalidade, não aceitando a naturalização de imigrantes;

– Inverter os fluxos migratórios;

– Proibir os usos e costumes islâmicos nas nossas Pátrias;

– Impedir a vinda dos “refugiados”, que só vem agravar a situação já existente na Europa;

– Canalizar os recursos gastos com os “refugiados”, no apoio aos portugueses carenciados;

– Repatriar todos os imigrantes ilegais, delinquentes e subsídio-dependentes.

– Ajudar os regimes, como o de Bashar Al-Assad, a repor a ordem e estabilidade na região.

Este é o nosso modelo que visa garantir a segurança na nossa casa, permitindo que os nossos vivam em paz, civilizadamente, sem se sentirem ameaçados nem transtornados no seu quotidiano. 

O PNR é o único partido em Portugal que tem esta mundivisão e realmente defende a nossa soberania e a nossa identidade. 

Para garantirmos o futuro dos nossos, temos de apoiar o PNR por todos os meios!»

5 comentários:

Missy disse...

Ontem a noite estava a ver o noticiário com a Clara de Sousa em que entrevistou um Sr. que, com muita pena minha não lhe apanhei o nome, o inicio foi mais ou menos isto:
Clara de Sousa: então se em 2009 que dissessem que a Europa iria sofrer estes atentados, ficaria espantado?
O Sr.: Não propriamente, sabe que a politica do multiculturalismo foi o maior erro dos nossos politicos.

E assim se seguiu uma entrevista, que destas não se vêm e são muito pouco divulgadas. O Sr. defendeu de uma forma que adorei o fim do multiculturalismo e explicou com argumentos muito simples que misturar culturas dierentes não resulta em nada de bom.

Tenho pena de não conseguir encontrar o video no site da sicnoticias, mas se alguém conseguir foi no noticiário de 22/03 às 21h.

O triste são mesmo as piadas de mau gosto... hoje o metro de Entrecampos esteve encerrado ao fim do dia (+- 19h) porque houve uma ameaça de bomba.

FireHead disse...

Houve mais umas manifestações explosivas do multiculturalismo na Europa, mais precisamente em Bruxelas? Depois de Londres, Madrid, Paris... ena, a Europa anda mesmo a bombar! Não é isto maravilhoso?? O xeique David Munir por acaso chegou a falar do que aconteceu aí? Ele por acaso disse novamente que esses atentados foram perpetrados por gente que não tem nada a ver com o islão?

Afonso de Portugal disse...

Missy disse...
«O Sr. defendeu de uma forma que adorei o fim do multiculturalismo e explicou com argumentos muito simples que misturar culturas dierentes não resulta em nada de bom.»

Nesse caso, foi realmente pena não teres conseguido apanhar o nome dele. Há tão poucas pessoas a falar contra o multikulti no nosso país que dava jeito ficarmos com esse género de intervenções. Seja como for, duvido muito que a SICN vá colocar um vídeo desses no seu website... vai contra a sua "linha editorial"!


«O triste são mesmo as piadas de mau gosto... hoje o metro de Entrecampos esteve encerrado ao fim do dia (+- 19h) porque houve uma ameaça de bomba.»

Em Lisboa já é um clássico! Desde a ponte Salazar até ao CC Vasco da Gama, tem havido ameaças de bomba para todos os gostos! E tantas vezes hão-de gritar "lobo", que quando o lobo vier vai ser como na história infantil...



FireHead disse...
«O xeique David Munir por acaso chegou a falar do que aconteceu aí?»

Tens que lhe dar o desconto, ele estava demasiado ocupado a treinar as suas cotoveladas! Afinal, um bom líder islâmico deve estar sempre pronto para "enriquecer" a sua esposa! Não é por ele estar divorciado que vai perder a forma... há-de haver outra desgraçada qualquer que há-de casar com ele em breve!


«Ele por acaso disse novamente que esses atentados foram perpetrados por gente que não tem nada a ver com o islão?»

Deixa lá, se ele não disse, há quem diga por ele: os anonymous, que muitos idiotas úteis veneram quase como deuses, já vieram dizer que a solução contra o ISIS é receber melhor os muçulmanos que chegam à Europa!

Anónimo disse...

O tal homem a que se refere a/o Missy é o João de Deus Pinheiro.
Basta ires às gravações automáticas da meo/nos para rever.

Afonso de Portugal disse...

Obrigado, anónimo... embora eu preferisse que V.Ex.ª tivesse assinado o seu comentário!