quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

A hipocrisia das feministas dos nossos tempos (7)


A diferença entre "homofobia" e "islamofobia" (o "homofóbico" é aquele que está mais à esquerda e a "islamófoba" é aquela que está mais à direita)...



Da coerência feminista...


O grande Christopher Hitchens (1949-2011) sobre as Clementines Ford deste mundo...


...e a resposta das Clementines Ford deste mundo ao grande Christopher Hitchens:


...as feministas em geral sobre as violações perpetradas por muçulmanos:



...e algumas feministas com a sua caneca favorita:

«Lágrimas de homens»

...Sabem o que é que tem mesmo piada, caros leitores? É que ainda há muita boa gente neste mundo capaz de jurar pela sua santa mãezinha que o feminismo é um movimento "progressista" que luta pela igualdade entre homens e mulheres! Ahahahahah!!!....

5 comentários:

Vladomiro disse...

Para Vosso conhecimento:
https://espectivas.wordpress.com/2016/02/05/a-qualidade-intelectual-da-elite-globalista-reunida-em-davos-14/

Afonso de Portugal disse...

Vindo desse energúmeno do Trudeau, não surpreende:

http://totalitarismouniversalista.blogspot.pt/2015/12/damas-e-cavalheiros-eis-justin-trudeau.html

Anónimo disse...

Esse Trudeau é o maior porco que aí anda. Ainda por cima tem aquela cara de javardo mete-nojo que diz logo tudo. SrHamsun.

FireHead disse...

Islamofobia até vir a próxima cartada: o racismo. Mesmo que os muçulmanos sejam brancos, é tiro e queda.

Afonso de Portugal disse...

Sr. Hamsun disse...
«Esse Trudeau é o maior porco que aí anda. Ainda por cima tem aquela cara de javardo mete-nojo que diz logo tudo. »

O Trudeau representa o arquétipo do "homem moderno" e "progressista":

https://www.youtube.com/watch?v=Ba04Z_69T1E


FireHead disse...
«Islamofobia até vir a próxima cartada: o racismo. Mesmo que os muçulmanos sejam brancos, é tiro e queda.»

É por isso que eu digo sempre que temos de rejeitar os rótulos do esquerdalho. "Racismo", na sua definação original, significava tratar mal alguém por ser de uma raça diferente. Nos últimos anos, a ONU alterou essa definição para "qualquer forma de discriminação baseada em diferenças raciais". Ou seja, já não é só tratar mal é tratar de maneira diferente. E a tendência é para piorar. Entre os meios de esquerda, há já alucinados que dizem que não ter parceiros sexuais de uma determinada raça também é racismo!

Qual é a solução? Simplesmente cagar de alto quando alguém nos chama racistas. E, se possível, devolver imediatamente o insulto. Por exemplo:

Esquerdalho: tu criticas os muçulmanos? Então és racista!

Nacionalista: como é que eu sou racista se há muçulmanos de todas as raças? Racista és tu que queres atribuir uma identidade racial a um grupo que, claramente, não a tem!

Esquerdalho: tretas! Tu sabes perfeitamente que a maioria dos muçulmanos é do Médio Oriente! É por isso que és racista!

Nacionalista: não, racista és mesmo tu, porque és TU que estás a impedir o Islão de ser escrutinado sob o falso pretexto de os seus seguidores serem mais escurinhos! Jamais farias isso para com o Cristianismo! Isso prova, sem margem para dúvidas, que tu és o único e verdadeiro racista entre nós!