sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Confirmado pelo FBI: terroristas de S. Bernardino tinham ligações ao ISIS


«A polícia federal dos EUA diz ter encontrado uma ligação entre o ataque na Califórnia, na quarta-feira, Mércores, e o Estado Islâmico (ISIS). Três investigadores dizem que Tashfeen Malik, uma das responsáveis pelo massacre de 14 pessoas na cidade de San Bernardino, partilhou uma mensagem no Facebook a jurar fidelidade ao grupo terrorista

A notícia foi avançada pela estação CNN, com base em três agentes do FBI que têm acompanhado as investigações ao ataque. Tashfeen Malik (que entrou nos EUA no ano passado com passaporte do Paquistão) e o seu marido, Syed Farook (nascido nos EUA), entraram numa sala de uma organização sem fins lucrativos do condado de San Bernardino e mataram 14 pessoas. Nesse ataque e no tiroteio que se seguiu com a polícia ficaram feridas 21 pessoas. Malik e Farook foram mortos durante essa troca de tiros.»

 Syed Farook... sexy motherfucker!

«A partilha na Internet do juramento de lealdade ao autodesignado Estado Islâmico e ao autoproclamado califa, Abu Bakr al-Baghdadi, é uma marca de vários terroristas que lançaram ataques mortíferos, como os atentados contra o jornal satírico Charlie Hebdo e uma mercearia de produtos judaicos, em Paris, em Janeiro passado. 

Um desses atacantes, o francês Amedy Coulibaly, deixou um vídeo em que presta lealdade "ao califa dos muçulmanos, Abu Bakr al-Baghdadi". Também os norte-americanos Elton Simpson e Nadir Soofi juraram lealdade ao autodesignado Estado Islâmico antes de terem lançado um ataque durante um concurso de caricaturas de Maomé, em Maio, em Garland, no estado do Texas.»

Comentário do blogueiro: a maior vitória do ISIS talvez seja precisamente esta, conseguir inspirar muçulmanos em todas as partes do mundo. "Gente" que, nalguns casos, nem sequer sabe ao certo onde fica a Síria ou Iraque! É nesse sentido que o ideal da jihad é hoje verdadeiramente global e é por isso que tem de ser combatido à escala global. Com isto não me refiro a lançar mais bombas na Síria, isso não resolve nada. O que é preciso é, de uma vez por todas, fechar as fronteiras do Ocidente às hordas islamistas.

2 comentários:

tvranivs nostratorvm disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Afonso de Portugal disse...

Olha lá, ò Caps, deixaste de actualizar o "Reconquista SSempre" porquê? Esqueceste-te da password outra vez?