segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Comentário do PNR aos resultados obtidos pela FN


Da página do Facebook do Partido Nacional Renovador (PNR):

«Mais uma vez a FN tem o mérito de combater sozinha o regime dos interesses e da traição.

Hoje a França esta bi-partidarizada. Não pela velha falácia de direita e esquerda, mas sim pela realidade de ter de um lado da barricada, os nacionalistas e do outro a coligação mundialista dos partidos do sistema. De um lado estão esquerda, direita, grande capital e os jornalistas terroristas e do outro lado o partido do povo.


Quando se é coerente, não se fazem concessões de circunstância, até porque o sistema está podre, prestes a cair e é tudo uma questão de tempo e muito trabalho.

O nosso respeito à FN, o nosso respeito a todos os partidos Nacionalistas que combatem para que um dia a Europa seja livre

5 comentários:

Bruno Dias disse...

Teve piada o tratamento dado pelos nossos jornalistas bestas a toda esta situação. Primeiro, toda aquela onda de pânico para causar medo nas pessoas que a "extrema direita" estava a ganhar poder em França, um partido anti-europa, e hoje, quando passei pela sic e estava lá em letras grandes "derrota da extrema direita em França", obviamente, as bestas estavam todas contentes, mas nao reclamam de o PS fazer acordos com a extrema esquerda. "Extrema esquerda" ora aí esta um termo que a gente nunca ouve essa escumalha que se diz jornalista dizer.

FireHead disse...

Os socialistas são mesmo assim. Se for preciso vendem até a alma ao demónio, como chegou a afirmar o próprio António Costa. Foram eles os verdadeiros grandes derrotados em França, mas ficam contentes por terem impedido a FN, que conseguiu o seu melhor resultado de sempre, de vencer.

Afonso de Portugal disse...

Bruno Dias disse...
«obviamente, as bestas estavam todas contentes, mas nao reclamam de o PS fazer acordos com a extrema esquerda.»

Absolutamente certeiro, caro Bruno Dias! Parece que algumas extremas são muito mais aceitáveis do que outras!... Aliás, não parece, é!


FireHead disse...
«Foram eles os verdadeiros grandes derrotados em França, mas ficam contentes por terem impedido a FN»

Mal eles sabem que isto foi só um aviso... quando o pai dela venceu a 1ª volta das presidencias em 2002, a esquerda borrou-se toda, mas na alura a FN não tinha sequer metade do eleitorado cativo que tem hoje!

E mais: Jean-Marie era um bronco. Corajoso, mas bronco. A filha dele é muito mais inteligente.

Lura do Grilo disse...

É uma questão de tempo. A FN teve o maior número de votos de sempre. Este sistema francês propicia a tomada de poder pelos oportunistas: o poder é assumido realmente por uma minoria.

Afonso de Portugal disse...

Lura do Grilo disse...
«É uma questão de tempo. A FN teve o maior número de votos de sempre.»

O meu receio é que isto volte a acontecer nas próximas presidenciais, que são já em 2017. A FN tem entre 15 a 20 anos para tomar o poder. Depois disso, a bomba demográfica islâmica impedirá que tal aconteça!