terça-feira, 8 de setembro de 2015

Petição para que os países árabes recebam mais "refugiados"


Em França, alguém teve uma ideia brilhante: fazer uma petição para exigir  à classe política francesa, e europeia em geral, pressione a Arábia Saudita, o Qatar, o Koweit, Omã, o Bahrein e os Emirados Árabes Unidos para que aceitem a onda de refugiados que foge da Síria e do Iraque. Preciso de dizer mais?...





Conforme observou o camarada Caturo, do notável blogue Gladius: «Em toda a consciência, não defendo, neste momento, que se possa obrigar um país a abrir as portas à entrada de estrangeiros. Quero é ver se os anti-racistas e humanitários diversos que por aí pululam vão ter contra os países vizinhos da tragédia o mesmo nível de exigência dita moral que têm para com os países europeus...» 


4 comentários:

Arauto disse...

Quando se pensa que a antifaria não pode descer mais baixo, camarada...

http://www.corriere.it/foto-gallery/esteri/15_settembre_08/protesta-spiaggia-ricordare-aylan-c53ae340-55fe-11e5-b0d4-d84dfde2e290.shtml?cmpid=SF020103COR

Saudações nacionalistas

Afonso de Portugal disse...

Bem, a notícia diz que eles são marroquinos (e têm cara disso), por isso até se compreende. É uma forma de exacerbarem o complexo de culpa dos europeus e fazerem-nos acolher mais muçulmanos.

Duvido é que tivessem coragem de fazer isto numa praia da Arábia Saudita, ou do Catar, ou dos Emirados Árabes Unidos...

Vou aproveitar o link para um fazer postal mais logo. Obrigado!

Saudações Nacionalistas!

A-24 disse...

Eu também tenho comentado aos meus amigos o mesmo. Abram os olhos. Se os irmãos deles não os querem, por algum motivo é. Será que é porque merda + merda não há? como dizia aquele célebre anúncio de TV?
È preciso agir e por exemplo boicotar produtos dessa região do globo, como por exemplo viagens na Emirates ou na Etihad, que estão baseadas nesses países e concorrem com as europeias no mercado ou melhor que isso, começar a boicotar o mundial do Qatar 2022, porque já gastaram mais de 5 mil milhões de dólares em estádios faraónicos que poderiam servir e bem para acolher refugiados.

Afonso de Portugal disse...

«Se os irmãos deles não os querem, por algum motivo é.»

Ora, lá está! Agora é que tu disseste tudo!


«(...) já gastaram mais de 5 mil milhões de dólares em estádios faraónicos que poderiam servir e bem para acolher refugiados.»

Vi Há uns dias um vídeo, se bem me lembro no blogue Gladius, em que um representante de um desses países "explicava" que o custo de vida na península arábica era muito elevado e, portanto, não podiam acolher os refugiados porque depois eles não iam ter poder de comprar para sobreviver!

O indivíduo em causa conseguiu dizer isto sem se rir!...