quinta-feira, 3 de setembro de 2015

No próximo dia 4 de Outubro, vote em quem merece!


Imagem da autoria de Zita Paiva (Google+)

Atenção: o cadastro aqui não é necessariamente criminal. Portugal é um país pobre (em termos europeus), com níveis elevados de desemprego, analfabetismo tecnológico e emigração (com "e", porque é para o exterior)... e com uma dívida pública que não pára de crescer! Esse é o verdadeiro cadastro dos partidos do Arco da Tragédia, o seu legado de incompetência e de corrupção. 

E só nós, os eleitores, podemos julgá-los pelo que fizeram ao nosso país e ao nosso povo, votando naqueles que nunca se sentaram na Assembleia da República. No próximo dia 4 de Outubro, não fique em casa! Abster-se não serve de nada e há outros partidos em que votar! Aqui fica a lista completa dos partidos que vão concorrer às próximas eleições legislativas (partidos do Arco da Tragédia rasurados, não votem neles!):

2 comentários:

A-24 disse...

tenho exactamente a mesma opinião que tu e irei votar no dia 4, num dos partidos sem representação parlamentar, porque é urgente para a democracia ter mais partidos representados, caras novas e diferentes e também novas ideias. infelizmente o sistema eleitoral não ajuda. Deveria ser como nas eleições da madeira e Açores onde existe um círculo único e todos os votos são aproveitados.
Se assim fosse a nível nacional, cerca de 0.4% dos votos daria para eleger um deputado e poderiam estar representados neste momento 7 ou 8 partidos em vez daqueles 5, responsáveis pela tragédia democrática deste país.
O actual sistema político está feito para apenas estas forças terem representação, mais um ou outro para-quedista armado em independente.

Afonso de Portugal disse...

«Se assim fosse a nível nacional, cerca de 0.4% dos votos daria para eleger um deputado e poderiam estar representados neste momento 7 ou 8 partidos em vez daqueles 5, responsáveis pela tragédia democrática deste país.»

Precisamente! E é precisamente por isso que quem anda por aí a dizer que nos devemos abster ou votar branco e nulo "para sensibilizar a classe política" ou porque "votar não serve de nada" é um perfeito imbecil... ou um hipócrita ao serviço da partidocracia!

O sistema está feito para proteger os grandes partidos que já têm assento parlamentar. Quantos mais votos houver fora desses grandes partidos, maiores serão as hipóteses de lhes roubarmos deputados.