sábado, 26 de setembro de 2015

Coitadinhos dos "refugiados!" (5)


Agradecimento ao camarada Arauto por aqui ter trazido esta sintomática notícia: 

«Uma discussão por causa de um exemplar do Alcorão terminou em violência, esta quarta-feira este Mércores, num centro de acolhimento de refugiados localizado na cidade de Suhl, no centro da Alemanha. Onze refugiados e seis agentes da polícia ficaram feridos na sequência de confrontos.»

 Que seria da Alemanha sem esta diversidade vibrante?

«Vinte pessoas tentaram linchar um Afegão de 25 anos, depois de ele ter rasgado alguma páginas do Alcorão e de as ter deitado na sanita. Quando a polícia tentou intervir, os "refugiados" também a atacaram.

No centro de "acolhimento" em causa encontram-se presentemente 1800 pessoas, sendo que o centro apenas tem capacidade para 1200. A polícia foi atingida por pedras e blocos de cimento enquanto tentava acalmar os ânimos dos "refugiados".»

Este gabinete está muito mais exótico e colorido! Os "refugiados" tornam a Alemanha menos cinzenta!

«O ministro-presidente da Turíngia Bodo Ramelow (na Alemanha cada estado tem um ministro-presidente), o partido esquerdista Die Linke, sugeriu que parte do problema reside em alojar pessoas de diferentes nacionalidades no mesmo centro. Acrescentou que não há desculpa para "qualquer pessoa que rasgue um Alcorão e o deite na sanita".

O homem afegão acabou por ser escoltado pela polícia. A sua religião não foi revelada.»

Comentário do blogueiro: este Bodo Ramelow só podia ser um político de esquerda! Relativizar a atitude dos refujiadistas com "as diferentes nacionalidades" e o tratamento dado pelo "refugiado" afegão ao Alcorão é de uma demagogia e de uma covardia que só não impressiona por já ser demasiado costumeira entre a escumalha neomarxista...

____________
Ver também:


Coitadinhos dos "refugiados"! (4)
Coitadinhos dos "refugiados"! (3)
Coitadinhos dos "refugiados"! (2) 
Coitadinhos dos "refugiados"!

Sem comentários: