sábado, 19 de setembro de 2015

Alto clérigo da "religião da paz" pede aos muçulmanos que tenham filhos com os europeus!


...e porque haveria o Imã da mesquita de Al-Aqsa (sim, a tal de Jerusalém!) pedir uma coisa dessas aos adeptos do credo do profeta pedófilo? Para "conquistar os países da Europa!", nas suas próprias palavras:



Aqui ficam alguns "highlights" do discurso do Imã: 

00m26s: «Em breve, esmagá-los-emos [aos europeus] sob os nossos pés, se Alá assim quiser!»

00m45s: «A Europa está velha e decrépita... e precisa de reforçar a sua demografia. Nenhuma força é mais poderosa do que a força humana dos muçulmanos!»

01m42s: «Eles perderam a sua fertilidade e agora procuram a fertilidade que só nós podemos oferecer! E nós dar-lhes-emos essa fertilidade! Vamos ter filhos com eles...e assim conquistar os seus países! Quer eles queiram, quer não queiram!» 

02m12s: «Acolham os refugiados! Nós havemos de reclamá-los em nome do Califado vindouro!»

Em suma, eles já nem disfarçam! Mas os universalistas, quer marxistas, quer "liberais", assim como os masoquistas anti-Ocidente de uma forma geral, hão-de dizer que este clérigo islâmico "não tem nada a ver com o Islão!"

14 comentários:

João José Horta Nobre disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
João José Horta Nobre disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Afonso de Portugal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
pvnam disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Afonso de Portugal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Afonso de Portugal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Afonso de Portugal disse...

Caros João José Horta Nobre e pvnam, os vossos comentário foram apagados por engano. Por favor, aceitem as minhas sinceras desculpas!

João José Horta Nobre disse...

Obrigado pela divulgação do video. Utilizei-o no meu último artigo como pode ver aqui:

http://historiamaximus.blogspot.pt/2015/09/os-sionistas-precisam-de-nos-ou-porque.html

P.S.- Não gosto de nazis, há-os infelizmente no movimento nacionalista e eu não me dou, nem quero ter nada a ver com essa gente, pois nem sequer considero um nazi como sendo um verdadeiro nacionalista. Gente que defende e branqueia um regime que cometeu as piores sevícias contra não apenas os judeus, mas inúmeros povos da Europa, não merece o título de "Nacionalista", pois um dos elementos fundamentais do Nacionalismo deve ser o respeito mútuo entre as Nações e não a barbárie.

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«Gente que defende e branqueia um regime que cometeu as piores sevícias contra não apenas os judeus, mas inúmeros povos da Europa, não merece o título de "Nacionalista", pois um dos elementos fundamentais do Nacionalismo deve ser o respeito mútuo entre as Nações e não a barbárie.»

Concordo em absoluto. Uma coisa é a simpatia pela ideologia nacional-socialista, outra coisa é o branqueamento dos crimes cometidos na Segunda Guerra Mundial pelas "potências do eixo". Oiço muitas vezes dizer a alguns nacionalistas barbaridades do género: "Hitler fez o que podia naquelas circunstâncias". Afirmações como esta não são minimamente aceitáveis. E já nem vou aos paspalhos que insistem em negar o Holocausto.

É precisamente este tipo de discurso que afasta as pessoas do Nacionalismo. Ninguém quer votar numa cambada de degenerados que não reconhecem sequer os crimes históricos dos seus ídolos. A prova disso é que quando a Marine Le Pen se livrou dos "nazis", a FN cresceu de forma exponencial.

João José Horta Nobre disse...

"É precisamente este tipo de discurso que afasta as pessoas do Nacionalismo. Ninguém quer votar numa cambada de degenerados que não reconhecem sequer os crimes históricos dos seus ídolos. A prova disso é que quando a Marine Le Pen se livrou dos "nazis", a FN cresceu de forma exponencial."

Os nazis dão-nos mau aspecto e são em geral bastante estúpidos...

Abraço

Afonso de Portugal disse...

«Os nazis dão-nos mau aspecto e são em geral bastante estúpidos...»

Eu nem sempre pensei assim... mas com o passar dos anos, tendo cada vez mais a concordar! Já nem sei quem é mais perigoso para as nações, se um comunista admirador do Lenine, do Fidel Castro ou do Hugo Chavez, se um nacional-socialista que ache que o Hitler, o Goebbels e o Hess eram todos anjinhos...

Abraço