segunda-feira, 21 de setembro de 2015

A traição aos Portugueses em números concretos (81)


Olha que "surpresa": a dívidia pública portuguesa voltou a subir!

«São mais cerca de 1,3 mil milhões de euros do que em Junho, segundo os dados do Banco de Portugal hoje divulgados.

Em Julho, a dívida do setor público não financeiro fixou-se em 290,033 mil milhões de euros, o que representa 1298 milhões de euros acima do registado em Junho, tendo em conta a informação disponibilizada no Boletim Estatístico.»

 Não te preocupes, Maria... o povo português vai eleger o teu partido à mesma!

«Quanto à dívida pública na óptica de Maastricht, a que conta para Bruxelas, esta foi de 227,112 mil milhões de euros em Julho, mais cerca de 1,7 mil milhões do que no mês anterior. Descontando deste valor os depósitos da administração pública, o montante é então 212,269 mil milhões de euros, neste caso mais 1,5 mil milhões de euros.

Para o mês de Julho, o Banco de Portugal não refere o valor da dívida em percentagem do Produto Interno Bruto (PIB), uma vez que esse só é divulgado no final e cada trimestre. Em Junho, a dívida na óptica de Maastricht tinha recuado para os 128,6% do PIB.»

Comentário do blogueiro: isto da "retoma económica" é exactamente como a "crise dos refugiados"; os "refugiados" vão entrando à vontade, porque "temos de os acolher"... e depois logo se vê; Da mesma forma, Portugal vai-se endividando porque "temos de honrar os nossos compromissos"... e depois logo se vê!

Vamos ver, vamos! É garantido! E não vai ser nada bonito quando finalmente virmos...

Sem comentários: