sábado, 14 de julho de 2018

Se alguém ainda tinha dúvidas...


...o execrável Al-Público explica-nos claramente por que equipa devemos torcer na final de amanhã:


Além disso,
  • A Croácia foi injustamente eliminada pela selecção pretoguesa no Euro 2016. Os croatas foram claramente superiores aos "pretugas" durante praticamente todo o jogo, mas o cigano todo tatuado Quaresma estava em dia de grande mija e marcou ao cair do pano (minuto 117).
  • A Croácia já tinha chegado às meias-finais no Mundial de 1998, onde foi eliminada pela França mestiça do argelino Zidane por 2-1, mas conseguiu assegurar o 3º lugar frente à Holanda com o mesmo resultado. Recordo que a França mestiça do argelino Zidane acabou por se sagrar campeã do mundo nesse ano, esmagando o favorito Brasil dos mestiços Ronaldo, Rivaldo, Bebeto e Roberto Carlos por 3-0.
  • Além disso, a Croácia chegou merecidamente à final deste mundial, apesar de ter pouco mais de 4 milhões de habitantes; algo que países como Portugal, Grécia e Polónia nunca conseguiram fazer, apesar de terem muito mais população.

9 comentários:

Pedro disse...

Espero que os jogadores da Croácia não sejam pagos para perder.

Anónimo disse...

Olha os filhos da puta...Forca Croacia MONOCROMATICA

Ass:FdT

Afonso de Portugal disse...

Pedro
«Espero que os jogadores da Croácia não sejam pagos para perder.»

Isso é sempre uma possibilidde, mas eu acho que os jogadores croatas sabem perfeitamente que esta final é uma oportunidade histórica, sobretudo tendo em conta a pequena dimensão da Croácia. É muito difícil que uma selecção desse país chegue a outra final de um Mundial tão cedo... vamos esperar que os croatas percebam bem isso!


FDT disse...
«Olha os filhos da puta...Forca Croacia MONOCROMATICA»

LOL! Os paspalhos livraram-se do egípcio e do amigo do egípcio, mas a linha editorial contiua excatamente a mesma! Por isso, força Croácia MONOCROMÁTICA!!!

JP disse...

A seleção FrAFRICANA levou a melhor, foi uma pena, literalmente so haviam 2 jogadores franceses naquele plantel, nao que a seleção PRETOguesa seja muito melhor a diferença entre a seleçao pretoguesa e a seleção frafricana é que a a pretoguesa fica só com os pretos de terceira classe e brasileiros perna de pau enquanto a frafricana leva os pretos de 1 classe todos.



É que a pretalhada que esta na "nossa" seleção nem consegue fazer um passe direito haha, são uns tristezinhos.

Afonso de Portugal disse...

É isso mesmo, pretogal é uma espécie de fráfrica incompetente e ambas as equipas são um nojo multirracial! Tenho de confessar que me custou ver o paspalho do Macron aos saltinhos, todo contentinho com a sua selecção de iminvasores! Já se sabia que a Croácia não tinha grandes hipóteses, mas é sempre doloroso quando os globalistas ganham... se só ganhassem no futebol, a coisa ainda se aguentava, mas os cabrões ganham em tudo, ganham na banca e na alta finança, ganham da demografia, ganham na economia, ganham na política... vivemos tempos difíceis, caro JP!

JP disse...

A "nossa" seleção só tende para piorar daqui a uns anos vamos ser representados pelo filho mestiço do Ronaldo que mais parece um brazuca ou indiano que outra coisa, a isso juntemos os milhares de cabo verdianos,guinenses,angolanos,brasileiros de 5 categoria á espera de serem convocados para a seleção pretoguesa.


Eu não consigo não rir quando vejo "atletas" como o joão merdário,william pretalho e brunozuca alves a jogar hehehe e pensar que eu há uns anos atrás vibrava a ver o Pauleta,Maniche,Petit,Tiago,Figo, agora eu tento-me conter para não soltar umas gargalhadas, para além de serem pretos é que nem sabem dar um toquezinho na bola, e pensar que se há alguma coisa para qual pretos servem é correr HAHA mas na nossa seleção pretoguesa nem isso os pretos conseguem fazer


É uma tristeza do caraças hehe.
Contra Espanha foi uma cagada
Contra Marrocos viram se aflitos
Contra o Irão viram-se á rasca

E dps o Uruguay (que tem mais brancos que a nossa seleção,frança e inglaterra juntos) finalmente mandou a pretalhada embora



Quando o Ronaldo se reformar prevejo que seleção pretoguesa nem se classifica para nada...

Afonso de Portugal disse...

O que provavelmente até vai ser bom para nós, caro JP! Um dos dias mais tristes da minha vida foi precisamente a vitória da selecção pretoguesa no Euro 2016. Fiquei desolado, deprimido até, sobretudo porque vi alguns nacionalistas a celebrar!

Passei a minha juventude a torcer pela selecção, a ver a França do mestiço Zidane vencer-nos duas vezes, a ver a Grécia ganhar aquela final do Euro2004, a ver a Espanha do Xavi e do Iniesta a dar-nos bailinho... para no fim ter de gramar o país a vibrar com o golo que o nabo do Éder marcou aos seus irmãos! Que puta de palhaçada!!! E repito, o pior de tudo foi ver alguns nacionalistas -alguns até que se dizem racialistas- a festejar aquele título... fiquei mesmo desolado com essa atitude, tive até vontade de fechar este blogue e desaparecer para sempre da internet nacionalista.

Anónimo disse...

Tenho muita pena da Croácia e esse título do Al-Público foi do mais descarado e ofensivo. Então os croatas mereciam perder só por serem menos multiculturais? Mas... se os jornalistas continuarem a ser tão oportunistas e insistentes, pondo "lições de moral" destas em tudo e mais alguma coisa, ainda dão um valente tiro nos pés! Começavam a acordar os leitores para a realidade e deverão acabar por fazê-lo, com o nacionalismo a crescer na Europa já estão a entrar em pânico!

Ass.Rui

Anónimo disse...

"Que puta de palhaçada!!! E repito, o pior de tudo foi ver alguns nacionalistas -alguns até que se dizem racialistas- a festejar aquele título... fiquei mesmo desolado com essa atitude, tive até vontade de fechar este blogue e desaparecer para sempre da internet nacionalist"

nisto estás absolutamente certo. Os racialistas celebrarem e vibrarem com a selecção Portuguesa africana ou terem o mesmo comportamento com clubes de futebol, é repugnante.

Não há massa critica em Portugal para erguer o país.

Eu estou convencido que a queda são só é inevitável como necessária.

Deixem morrer o que está podre, há que criar algo novo.

Não percebo essa obstinação em lutar por algo que não merece a pena.