quinta-feira, 21 de junho de 2018

O Parlamento Europeu está prestes a aprovar os orwellianos Artigos 11 e 13, o primeiro passo para acabar de vez com a Internet livre


     Se os caros leitores do TU bem se recordam, o Artigo 13 (filtros de conteúdo) e o Artigo 11 (taxas sobre os links) representam a maior ameaça à Internet livre de sempre. Ontem, uma comissão de eurodeputados, entre os quais o "tuga" traidor Marinho Pinto, votou favoravelmente à aprovação dos dois artigos. Isto significa que, a menos que aconteça algo de muito inesperado, o Parlamento Europeu deverá aprovar também os dois artigos quando forem submetidos a votação no próximo mês de Julho.

Mesmo que isto não signifique o fim da Internet livre, é uma primeira machadada que só poderá ser seguida por mais iniciativas do género. A argumentação de Marinho, por exemplo, é do mais confrangedor, falaciosa e demagógica que pode haver. O Marinho acha, por exemplo, que aqueles que, como eu e muitos outros blogueiros, recorrem a links (hiperligações) são "parasitas", como se o direito à crítica não existisse! E também acha que, nas suas surreais palavras: "voltámos aos tempos antigos em que os autores morrem na miséria, como morreu o Camões, o Bocage e muitos criadores da história da humanidade."

Palavras incríveis, que descrevem a situação precisamente ao contrário do que ela é: são os blogueiros que morrem à fome; eu, por exemplo, nunca ganhei um único cêntimo pelas minhas postas aqui no TU ou pelos meus vídeos no YouTube. E a não ser nos casos dos filmes, das séries de televisão, dos documentários e clipes de música, as grandes corporações cujos vídeos são colocados na Internet não se ressentem, porque essas reportagens só são emitidas uma ou duas vezes, pelo que a internet não lhes faz concorrência. Nesse sentido, a argumentação de Marinho Pinto, que demonstrou não passar de um serviçal das grandes corporações, é completamente absurda, porque não contempla o direito ao comentário e à crítica, o tal "uso aceitável" que existe na Lei dos EUA.

Mas a Europa é que é moderna e democrática, hããã! Os EUA são um abismo de ignorância e de atraso, os norte-americanos até elegeram o Presidente Trump, vejam lá!!!


____________
Ver também:

Tirania da UE: eurocratas preparam fim da Internet livre e democrática na Europa!

4 comentários:

Ricardo disse...

mais este https://www.youtube.com/watch?v=hHomZyJpf-8

Afonso de Portugal disse...

Muito bom, caro Ricardo! Será publicado ainda hoje! Muito obrigado!

João José Horta Nobre disse...

E agora? Quando é que os nossos blogs vão ser todos encerrados?

Afonso de Portugal disse...

É difícil dizer, caro Mestre Nobre, porque o processo vai ser gradual. Eu acho que, numa primeira fase, eles vão agir apenas na Europa e primeiro sobre as plataformas com mais audiência, o Facebook, o YouTube e o Twitter. Só depois começarão a deslocar-se para as plataformas menos utilizadas, embora o Blogger possa ser uma excepção, uma vez que pertence à mesma empresa que detém o YouTube, que é a Google.

Infelizmente, receio que o BPS tenha razão: se a Google criar filtros para a Europa, dificilmente não utilizará os mesmo filtros nos EUA e no resto do mundo. A coisa ainda pode demorar vários anos, mas a censura à escala global será difícil de travar. Esta Directiva foi criada precisamente para isso, travar a divulgação de informação nas redes socias e média alternativos.

A questão dos links, por exemplo, é muito difícil de contornar. Eu tenho milhares, literalmente milhares de links aqui no TU! Se tiver que passar a pagar por eles, terei de encerrar o blogue, não vou andar a rever milhares de postas e a remover os links!