sexta-feira, 22 de junho de 2018

Alterações à coluna "Blogosfera Relevante", à direita (e um aviso aos chicos-espertos da blogosfera nacionalista)


Actualização: em virtude da reposta do blogueiro Orlando Braga e sobretudo desta notícia gravíssima que veio hoje a público -e que me fez recordar aquilo que é realmente importante e prioritário- decidi alterar drasticamente esta posta. Nós, patriotas, somos muitos poucos e a situação que vivemos hoje em Portugal é demasiado grave para nos podermos dar ao luxo de nos antagonizarmos uns aos outros, mesmo quando acharmos que temos motivos legítimos para isso.

Da posta original, deixo apenas aquilo que considero ser mais importante:
    1. Não deixarei mais comentários em blogues de pessoas que não retribuam, deixando os seus comentários aqui no TU.
    2. Excluirei da "Blogosfera Relevante" qualquer blogue cujo blogueiro censure os meus comentários sem se dignar sequer a explicar-me porquê ou pior ainda, que se arme em chico-esperto, fingindo não ver os meus comentários e publicando-os várias horas ou dias depois, tendo entretanto actualizado o seu blogue várias vezes.

      5 comentários:

      Anónimo disse...

      Como espectador, parece-me que falta muito espirito de camaradagem dentro da área politica mais á direita (digamos assim) tanto dentro como fora da blogosfera, ao contrário do que eventualmente acontece na esquerda...talvez porque a malta de direita é tendencialmente mais individualista e a malta de esquerda mais coletivista, mas isso concerteza não explica tudo.

      Ass:FdT

      Ricardo disse...

      "E atenção, que eu não fiz esta posta só para criticar o Orlando Braga, que considero um caso perdido. Fi-la sobretudo como aviso a todos os que pensam e agem como ele: há aí uma meia-dúzia de blogueiros na blogosfera nacionalista/patriótica que parecem ter a puta da mania de que são a dádiva de Deus ao mundo. Nunca comentam noutros blogues, raramente adicionam os blogues dos outros à sua própria lista de blogues -mesmo quando os outros adicionam os blogues deles- e, para cúmulo do autismo narcisista, não interagem com os seus leitores, reservando-se inclusivamente o direito de não publicarem comentários sem providenciar qualquer explicação para exercerem a censura. Eu nem sequer dou este tratamento aos antifas, quanto mais aos camaradas nacionalistas!!!"------------------------------------------------------------------------Exacto,os supostos "nacionalistas" de base católica(que eu considero como uma fraude anti-cristã que sequestrou o cristianismo,pensemos nós o que pensarmos sobre o cristianismo original)são arrogantes e praticam formas de comunicação e censura aos outros muito idênticas aos ateus esquerdistas e comunistas(ironia das ironias que se digam inimigos,são espelhos uns dos outros e são causa maior dos males do mundo,por muito que só queiram ver o mal nos outros).Eu fui lá comentar no dito blog(num post sobre o globalismo,acho que comentei aqui sobre isso)a lembrar que a igreja romana(a bergogliana e não só pois a deriva actual já vinha de trás de alguma forma,pelo menos do concilio II)tinha um papel claro na deriva globalista,e fui criticado por estar a atacar a igreja(o que só confirmou a minha ideia,ou seja que esta "gente" vive em contradição constante seja conscientemente ou não).

      Afonso de Portugal disse...

      FdT disse.
      «mas isso concerteza não explica tudo»

      Eu também acho que não explica tudo, caro FdT. A direita -e agora não me estou a referir a ninguém em particular, mas à direita como um todo- tende a preocupar-se em demasia com as questões da imagem pública. Os direitinhas em particular, são especialmente patológicos, porque nunca gostam de ficar mal na fotografia, o que leva a que assumam muitas vezes posições contraditórias (e.g. ser contra a islamização mas a favor do feminismo) e que se insurjam contra os seus pares de direita quando estes "se excedem", quando denunciam o politicamente correcto. O cúmulo do ridículo são os "cristãos progressistas", como se os dois conceitos fossem compatíveis. Mas há também exemplos como aquele que o próprio FdT testemunhou naquela aldeia há uns tempos, o direitinha que é frontalmente pró-imigração mas que, na hora de conviver com os imigrantes, se mostra mais "racista" do que os próprios "racistas"...


      Ricardo disse...
      «Exacto, os supostos "nacionalistas" de base católica (...) são arrogantes e praticam formas de comunicação e censura aos outros muito idênticas aos ateus esquerdistas e comunistas»

      Eu não diria todos os católicos, há algumas excepções honrosas, mas parece haver de facto uma tendência geral. Aliás, nisso eles são bastante parecidos com os nazionaliztaz: é aquilo e só aquilo, quem se desviar daquilo é um herético, quando não um inimigo a abater. Um dos maiores problemas do movimento nacionalista é esse, raramente falamos uns com os outros e, quando falamos, depressa esbarramos em diferenças axiomáticas irreconciliáveis. O resultado disto tudo é que o Nacionalismo português -e mesmo ocidental- se tem resumido um conjunto de grupelhos ou nichos antagonistas, incapazes de cooperar entre si, situação que apenas tem favorecido o avanço do globalismo.

      João José Horta Nobre disse...

      Pelos vistos o caro Ricardo e o Afonso também já perceberam que esse Orlando Braga não passa de um fundamentalista religioso. Eu bem vos avisei sobre esse sujeito...

      Anónimo disse...

      "Como aquele que o próprio FdT testemunhou naquele adeia há uns tempos, o direitinha frontalmente pro-imigração mas que na hora de conviver com os imigrantes é mais "racista" que os "racistas""

      Permita-me corrigi-lo caro Blogueiro: esse meu familiar não é direitinha nem é pro-imigração, é um homem que pelo menos de há meia duzia de anos para cá assume que vota nas esquerdas, não sei se BE se PCP, mas ao mesmo tempo já o ouvi dizer num almoco de familia (ainda antes desta situacao na aldeia) que "a Polonia e a Hungria fazem bem em fechar a porta a grandes vagas de imigracao islamicas". Ou seja estamos a falar de 1 individuo de meia idade votante das esquerdas e envolvido na luta sindical(é 1 funcionario publico) que ao mesmo tempo torce o nariz á imigracao, sobretudo islamica...talvez seja 1 "cromo raro" ou mais comum do que nós pensamos.

      ass:FdT