sexta-feira, 13 de abril de 2018

Paul Joseph Watson denuncia a operação de bandeira falsa na Síria (com legendas)


      Na Síria, os militares leais a Bashar al-Assad estavam prestes a reconquistar a Síria e a erradicar o ISIS, a Al-Nusra e outros quantos bandos de "rebeldes moderados". Mas acharam que a coisa estava a ser demasiado fácil, aborrecidamente fácil até, pelo que se lembraram de fazer um ataque com armas químicas sobre civis e assim provocar a indignação da comunidade internacional, forçando a intervenção dos EUA e seus aliados! Faz todo o sentido, não faz?... 😕



____________
Ver também:

Bashar Al-Assad: «Ataque químico foi 100% inventado»
Já admitiram! Foram mais rápidos do que eu estava à espera...
Michael Lüders - A verdade sobre a guerra na Síria

2 comentários:

Anónimo disse...

O canal do Paul Joseph Watson é um dos dois canais que eu subscrevo no YouTube (já agora, o outro é o do PNR). E passa-se uma coisa que eu consideraria extraordinária, se não os conhecesse: é muito raro o YouTube mandar-me a mensagem de que há um vídeo novo – e quando a manda, vem tão atrasada que eu já vi o vídeo!
Também vi este vídeo no original, e isto faz-me lembrar aquela frase que se costuma dizer: «Não me importo que me mintam. Não gosto é que me tomem por estúpido.» Esta é realmente uma mentira grosseira.

Posso ter estado em silêncio, mas nunca ausente. :)

(Stonefield)

Afonso de Portugal disse...

Stonefield disse...
«E passa-se uma coisa que eu consideraria extraordinária, se não os conhecesse: é muito raro o YouTube mandar-me a mensagem de que há um vídeo novo – e quando a manda, vem tão atrasada que eu já vi o vídeo!»

Sim, sim, comigo passa-se exactamente o mesmo... os vídeos do Black Pigeon Speaks, por exemplo, nunca aparecem nas minhas recomendações, por mais vezes que eu carregue no sino das notificações! É apenas uma "coincidência", é claro...


«(...) isto faz-me lembrar aquela frase que se costuma dizer: «Não me importo que me mintam. Não gosto é que me tomem por estúpido.»

Pois eu tenho de lhe confessar, caro Stonefield, ando muito desiludido com o povo português. A maioria das pessoas que conheço acredita piamente na veracidade deste ataque! Depois de tudo o que aconteceu no Iraque e na Líbia, julguei que os portugueses já tinham aprendido a lição. Afinal, continuamos a deixar-nos manipular por qualquer propagandazita foleira... não admira que não saiamos da cepa torta!


«Posso ter estado em silêncio, mas nunca ausente. :)»

Nesse caso, os meus sincero agradecimento! É sempre bom saber que há quem vá passando por aqui! É de longe a melhor recompensa que posso ter! :)