quinta-feira, 19 de abril de 2018

Jason Riley: outro preto merecedor do nosso respeito!


      Este vídeo tem especial importância no contexto da recente aprovação, por TODOS os partidos com representação par(a)lamentar, de medidas de acção afirmativa para Portugal:
«Neste vídeo, o jornalista Jason Riley mostra, em complemento ao que já fora dito por Larry Elder, que a estagnação socioeconómica da população negra nos EUA não coincide apenas com a ascensão das políticas de "bem-estar social", mas também com a ascensão de negros na política americana, que foram alçados pouco a pouco a cargos de importância, até finalmente conquistarem, com Barack Obama, a presidência da república. 

Mas Riley mostra que a população negra progredia muito mais rapidamente antes que ela tivesse qualquer influência política, e que esse progresso, assim como a sua posterior estagnação, teve forte semelhança com outras minorias étnicas ao longo da história americana, não obstante a particularidade do passado de escravidão. Um ponto importante levantado por Riley é o de que a ascensão dos negros na política foi impulsionada por dois equívocos fundamentais. O primeiro é o de que o progresso social é eminentemente (ou unicamente) resultado da acção política. O Prof. Olavo de Carvalho já avisa há muito tempo que as coisas não são bem assim. O segundo equívoco, que decorre do primeiro, é o de que somente os representantes do grupo que almeja tal progresso são capazes de conquistá-lo para seus representados. Esta é a base da cada vez mais insana política de identidade que se espalha como uma praga por todo o Ocidente.»

Sem comentários: