quinta-feira, 29 de março de 2018

Oh, não! Lá se vai o mito do macho "tuga", pá!... 😆


Mas ao menos os portugueses mantêm a indigna ...eer... perdão, honrosa tradição de dar de comer às grandes multinacionais! É bom poder constatar que nalgumas coisas somos conservdores! 😉


3 comentários:

um Grego disse...

É mito? Os Portugueses em America são fortes e macho de reputação. Os portugueses do Portugal eram como isto durante os anos do Salazar? Ou agora somente?

Afonso de Portugal disse...

um Grego disse...
«É mito? »

Receio que não, caro Grego! :( Os portugueses começam a consumir Vigara muito cedo, tipicamente na adolescência. Não me pergunte porquê, que eu também não percebo. Quando eu era adolescente, a minha grande dificuldade em relação às erecções era livrar-me delas, não era mantê-las!



«Os Portugueses em America são fortes e macho de reputação.»

Fico contente, porque os portugueses europeus são cada vez mais uma desgraça, sobretudo nos grandes centros urbanos. Esquerdistas, cosmopolitas, efeminados, frívolos,... há alguns nichos de masculinidade, mas o povo em geral está muito dócil.


«Os portugueses do Portugal eram como isto durante os anos do Salazar? Ou agora somente?»

Não, não eram. Até aos anos 90, os portugueses eram mediterrânicos típicos: morenos, peludos, viris, engatatões, senhores do seu nariz... a partir da década de 90, algo de muito errado aconteceu. Os homens portugueses começaram a depilar-se, a usar cremes faciais, perderam o espírito de conquista, entregaram-se às modas e aos excessos da modernidade... estou a falar em termos gerais, é claro. Como disse, ainda há homens portugueses de verdade. Mas a qualidade média é francamente muito má... aliás, toda a Europa mediterrânica parece estar a sofrer do mesmo. Não admira que as nossas mulheres prefiram cada vez mais pretos e muçulmanos!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.