quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Os frutos do feminismo: Fórmula 1 decide banir as grid girls por "estarem em desacordo com as normas actuais da sociedade"


     Aqui fica mais um exemplo bem paradigmático da valente MERDA que o feminismo é na prática: acaba-se com empregos exclusivamente para mulheres sob o argumento se estar a combater a "objectificação da mulher", um dos dogmas mais estapafúrdios e anticientíficos da literatura marxista-feminista! É que as feministas, sendo quase sempre criaturas horrorosas por dentro e por fora, não suportam a beleza das outras mulheres... muito menos que os homens apreciem essa beleza!

«A Formula 1 (F1) decidiu acabar com a tradição de ter modelos nas pistas já a partir deste ano, regra que será também aplicada aos outros desportos motorizados que vão ter lugar durante os fins-de-semana de Grande Prémio.

Estas mulheres, normalmente muito bonitas, têm a função de ficar na grelha, junto dos carros, a segurar um estandarte que identifica o piloto de determinada equipa. São também recrutadas para as sessões de autógrafos.»

Não veremos mais disto na F1, pá! A "modernidade" assim o exige!


«A Formula 1 considera que o tempo passado pelas equipas e pilotos na grelha, antes da corrida, é de celebração, onde convidados e artistas podem contribuir para o glamour e para o espectáculo do grande prémio. Aqui, adianta, promotores e parceiros podem exibir os seus países e produtos. "No último ano olhámos para várias áreas e sentimos a necessidade de fazer mudanças, para que fiquemos mais alinhados com a nossa visão deste grande desporto", disse Sean Bratches, director comercial e de operações da F1.

Já isto é de encorajar, naturalmente! Tudo em nome dos direitos das mulheres, é claro!!!


«"Apesar de ser tradição há décadas ter 'grid girls' no Grande Prémio de Formula 1, sentimos que esta prática não ressoa com os valores da nossa marca e está claramente em desacordo com as normas actuais da sociedade. Não acreditamos que esta prática seja apropriada ou relevante para a Fórmula 1 e para os seus fãs, velhos e novos, em todo o mundo", acrescentou.

A próxima temporada de F1 começa a 25 de Março com o Grande Prémio de Melbourne, Austrália.»


Fantástico, melga!!! A Fórmula 1, uma das organizações desportivas mais masculinas, competitivas e que mais dinheiro movimenta em todo o planeta, totalmente prostrada e rendida às falácias da "modernidade" e do feminismo! 
 
E o que pensam as grid girls,  prestes a ficar desempregadas, de tudo isto?

Esta Lauren-Jade só pode ser uma lacaia do "patriarcado heteronormativo", pá!


 Outra traidora do seu "género" (notem bem as aspas), pá!


Que egoístas são estas fulanas, não aceitam perder o seu emprego em nome da luta contra o sexismo!!!


Caramba, ao ler as reacções destas mulheres (e muitas outras do género aqui e aqui), fica-se com a sensação de que elas não ficaram nada satisfeitas com esta grande "conquista civilizacional", com este grande passo rumo ao "progresso" e à "modernidade" feminista! Será que... será que afinal as feministas não falam em nome de todas as mulheres? Será que afinal a conversa das feministas tem outros objectivos que não a libertação das mulheres da opressão do patriarcado do homem branco???

Ironias à parte, a grande Anne Marie Waters, que lidera o Pegida UK juntamente com o nosso conhecido Paul Weston (ex-Liberty GB), partilhou hoje este tuíte bem pertinente:



Aqui fica também um breve comentário do Nigel Farage a este caso: 

17 comentários:

Anónimo disse...

https://veja.abril.com.br/brasil/motorista-e-assassinado-a-tiros-em-semaforo-em-rodovia-do-ce/

Entretanto a lusofonia vibrante não para de nos surpreender! o caro Blogueiro veja bem o vídeo de uma execução em plena luz do dia, penso que na cidade de Fortaleza, filmada...pelos próprios bandidos! atente na conversa do criminoso dentro do veículo após a execução...a impunidade, a pouca vergonha, a covardia, a insensibilidade, o desprezo total pela vida humana... a civilização que o homem europeu (convém sempre recordar!) levou aquelas terras está se a desmoronar.

Isto passa-se na região do Ceará, onde eu estive de visita aqui há uns anos atrás e jurei que nunca mais! já na altura o índice de homicídios e numero de assaltos batiam recordes. Apesar do calor e daquele "arzinho" tropical agradável a qualidade de vida era quase inexistente, o povo vivia com medo a falar sobre crimes de manhã à noite. Mas parece que cada ano que passa é pior:

https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/com-5134-homicidios-ceara-tem-ano-de-violencia-recorde.ghtml

mais de 5000 homicídios só naquela região! penso que é dezenas de vezes superior ao numero absoluto de homicídios em Portugal durante 1 ano, e o nosso país tem mais gente.

Nos presídios (onde ocorrem fugas de presidiários a toda a hora) são as facões criminosas que ditam as leis!

https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/faccao-criminosa-controla-horarios-e-atividades-em-presidio-no-ceara-denuncia-sindicato.ghtml

E claro que os nossos me(r)dia não falam sobre a situação calamitosa desta região porque das duas uma:
(1) aquela região é demasiado insignificante para os nossos me(r)dia
(2) não convém mostrar a triste realidade de uma das regiões mais miscigenadas do planeta, quiçá a mais

Ass: FdT

Afonso de Portugal disse...

Hum... não consigo abrir o primeiro link porque o site exige que eu forneça o meu IP, o que eu me recuso a fazer. Mas o caso é este que se segue, certo?

https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/motorista-e-executado-a-tiros-em-via-publica-na-ce-040.ghtml


Enfim... o mais preocupante de tudo isto é que estamos a importar milhares de brasileiros todos os anos! Mais ano, menos anos, vamos ter casos destes aqui também!

Anónimo disse...

"Hum... não consigo abrir o primeiro link porque o site exige que eu forneça o meu IP, o que eu me recuso a fazer. Mas o caso é este que se segue, certo?

https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/motorista-e-executado-a-tiros-em-via-publica-na-ce-040.ghtml"

É sim. Deixo aqui o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=_HqjBdh5f3g

"Enfim... o mais preocupante de tudo isto é que estamos a importar milhares de brasileiros todos os anos!"

O que vale é que muitos dos que vêm para Europa são descendentes de Europeus fugidos à selvajaria mas claro que também vem malta que não faz falta nenhuma...

Ass: FdT

Lura do Grilo disse...

Uma miséria! Mas acho que há gente a reagir... ainda hoje encontrei uma pessoa que pensa como eu.

Anónimo disse...

Pior ainda são as "autoridades" homens que aderem a essa escumalha feminazi.
Psicopatas ou feminilizados ou afeminados.

Afonso de Portugal disse...

FdT disse...
«É sim. Deixo aqui o vídeo»

Muito obrigado, caríssimo! Sai uma posta entre hoje e amanhã! :)


«O que vale é que muitos dos que vêm para Europa são descendentes de Europeus fugidos à selvajaria mas claro que também vem malta que não faz falta nenhuma...»

O problema é esse, vêem-se cada vez mais mulatos e mestiços, alguns com tons de pele bem equatoriais! Tenho receio que seja apenas uma questão de tempo até esses "enriquecedores" passarem a fazer aqui o que fazem rotineiramente no seu país de origem...


Lura do Grilo disse...
«Uma miséria! Mas acho que há gente a reagir... ainda hoje encontrei uma pessoa que pensa como eu.»

Isso é bom! Eu, pelo contrário, tenho tido grandes dificuldades em encontrar pessoas que pensem de forma conservadora. Não sei se é o "efeito geringonça", mas os portugueses parecem estar muito contentes com a esquerda. E isso indica que o nosso futuro a médio/longo prazo não é nada promissor...

Afonso de Portugal disse...

Anónimo das 22h25, tem toda a razão no seu comentário mas peço-lhe que assine os seus comentários futuros. Eu não costumo publicar comentários puramente anónimos.

Faço notar que a assinatura não tem de ser um nome, basta uma alcunha ou até uma sigla, como fez por exemplo o FdT. Eu não quero saber quem o anónimo é na realidade, quero apenas que haja uma persona indentificável nas nossas interacções futuras.

Pedro disse...

Como esses homens cornos da F1 aceitam ser comandados por feministas? Não é possível que nenhuma autoridade masculina tem coragem de botar essas lixos nos seus lugares.

FdT disse ...
"Entretanto a lusofonia vibrante não para de nos surpreender! o caro Blogueiro veja bem o vídeo de uma execução em plena luz do dia, penso que na cidade de Fortaleza, filmada...pelos próprios bandidos! atente na conversa do criminoso dentro do veículo após a execução...a impunidade, a pouca vergonha, a covardia, a insensibilidade, o desprezo total pela vida humana... a civilização que o homem europeu (convém sempre recordar!) levou aquelas terras está se a desmoronar."

Obrigado FdT por alimentar meu ódio pelo Brasilixo. Por mim cairiam 200 bombas atômicas sobre este território de bandidos. Eu preferia ter nascido na India do que no Merdil, pelo menos lá tem segurança e consegue fazer grandes coisas como enviar sonda para Marte.

Afonso de Portugal disse...

Pedro disse...
«Como esses homens cornos da F1 aceitam ser comandados por feministas? Não é possível que nenhuma autoridade masculina tem coragem de botar essas lixos nos seus lugares.»

Mesmo! Mas o caro Pedro veja o ponto a que chegámos: o Ocidente está cheio de homens tão alienados de sua própria natureza e da natureza das mulheres, que estão dispostos a ajoelhar-se diante das feministas e a obedecer a todos os seus caprichos, por acreditarem que esse é o caminho para ganharem os seus corações e vaginas! É verdadeiramente patético, mas é esse o "homem novo" do Ocidente! :(

Entretanto -e sem surpresa- há cada vez mais mulheres ocidentais a entregar-se a invasores alógenos, para espanto desses eunucos ocidentais que depois dizem coisas deste género: "Oh! Mas eu fui tão bom para ela! Como é que ela me pôde trocar por esse muçulmano obscurantista e misógino?!?!"

Rick disse...

Isto é apenas corrupção. Soros e companhia. Mas, ilustra a vulnerabilidade destes regimes políticos do Ocidente, saído da WWII. No Oriente a conversa é bem diferente e mesmo no Médio Oriente, nos países árabes, é o inverso.
A Europa é hoje um manicómio. O Trump enfrenta o mesmo nos EUA. Bandos de taradas e alienados dão cartas e pejam todos os audiovisuais. Governos corruptos legislam em barda a favor da institucionalização da ruína moral.
Uma manada bem conduzida com orçamento ilimitado pelos donos do mundo.
https://www.youtube.com/watch?v=Nl5NW9KcMt0


Entretanto, vai-se matando a vontade de resistir dos europeus. Este não mereceu o estatuto de tontinho:
http://www.cmjornal.pt/cm-ao-minuto/detalhe/condenado-a-prisao-perpetua-autor-do-ataque-perto-de-uma-mesquita-de-londres?ref=Bloco_CMAoMinuto

Raghnar disse...

Hehehe, também não sei qual o motivo de conhecer a opinião das implicadas, se as feminazis e camarilha adjacente sabem muito melhor que as próprias o que é melhor para elas.

De positivo, começa a ser difícil ocultar o clima terceiro-mundista que, não se sabe como, se vai sentindo em território europeu:

http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/violencia-sem-precedentes-em-calais-faz-22-feridos-4-em-estado-critico-264847

Vibrante e enriquecedor, as maravilhas do multiculturalismo...

João disse...

Acabam com isto, censuram quadros em museus, livros em bibliotecas... mas a culpa também é da maioria silenciosa que os deixa fazer isto e tomar conta da sociedade.

Afonso de Portugal disse...

Rick disse...
«A Europa é hoje um manicómio. O Trump enfrenta o mesmo nos EUA. Bandos de taradas e alienados dão cartas e pejam todos os audiovisuais. Governos corruptos legislam em barda a favor da institucionalização da ruína moral.»

A questão é que esses tarados não se apoderaram dos mé(r)dia, dos tribunais e das instituições por acaso. Eles traçaram um plano e seguiram-no à risca, não durante anos, mas durante décadas a fio! E muito de nós continuam a achar que eles não têm nenhum mérito, que eles são apenas uma espécie de máfia que abusou da inocência dos ocidentais. Não! Eles são de facto uma máfia supranacional, mas não abusaram da nossa inocência! Abusaram da nossa indiferença, isso sim! Porque nós, ocidentais, assistimos a tudo isto e não fazemos nada!!!


«Este não mereceu o estatuto de tontinho»

Claro que não, só se pode ser "maluquinho" quando se tem a doença da "religião da paz"! Ser escurinho também ajuda, é claro!

Afonso de Portugal disse...

Raghnar disse...
«as feminazis e camarilha adjacente sabem muito melhor que as próprias o que é melhor para elas.»

Ora, lá está! É o problema deste povinho ainda achar que vive em democracia...


«Vibrante e enriquecedor, as maravilhas do multiculturalismo...»

E eu que pensava que já não havia refugiados em Calais! ;) Parece que estas coisas são como certas comichões: quanto mais se coça, mais vontade de coçar se ganha a seguir! :P


João disse...
«Acabam com isto, censuram quadros em museus, livros em bibliotecas... mas a culpa também é da maioria silenciosa que os deixa fazer isto e tomar conta da sociedade.»

Exacto, os homens europeus são conhecidos por marcharem de sapatos de salto alto em nome dos direitos das mulheres, mas em nome do emprego das mulheres preferiram ficar em casa...

Leitora disse...

É a chamada "cultura" imposta pela esquerda no poder. Só o que importa é o pensamento esquerdista gramsciano em voga e os outros vão ter que engolir, quer queiram ou não. O interessante é que nesse quesito, mesmo que por outros motivos, a não aceitação de "mulheres usando sua beleza" para trabalhar poderia se assemelhar a uma visão mais radical cristã.

Leitora disse...

Não seria de se espantar que daqui a um mês - quando a opinião pública esquecesse este causo - eles colocassem lá os "Grid's gays" onde rapazes efeminados com roupas afeminadas abanariam as bandeiras e isso seria aplaudido pela mesma cultura gramsciniana que apedreja essas supostas mulheres - não tive tempo de conferir.

Afonso de Portugal disse...

:| Credo, Leitora... não dê ideias para eles!!!