quarta-feira, 2 de agosto de 2017

A (in)Justiça Social chegou finalmente a Portugal! (2)


Via Lura do Grilo (Blogger)

Não sei onde foi afixado este cartaz (actualização: o Lura disse-me que foi em Coimbra), mas foi escrito em português de Portugal (mais x, menos x), pelo que não consegui resistir a comentá-lo, com as partes escritas a cor vermelha... sim, é verdade, a praga da (in)justiça social já chegou aqui ao rectângulo! 😖


___________
Ver também:

A (in)Justiça Social chegou finalmente a Portugal!

6 comentários:

Meld disse...

Este tipo de cartazes (bem como as pulseirinhas dos festivais suecos, as "recomendações" da autarca de Colónia, e afins) é verdadeiramente demente.
Mas alguém no seu perfeito juízo acredita numa coisa destas? Como é possível alguém considerar isto sequer plausível (quanto mais digno)? Como mulher, recuso-me a aceitar esta vergonha, este ultraje, este histerismo!

Afonso de Portugal disse...

Nesse caso, cara Meld, só lhe posso tirar o chapéu! :)

É que esta propaganda tem sido tão intensiva que até muitas pessoas instruídas estão a cair nela! Há uns anos, no meu local de trabalho, fui insultado por uma fulana apenas por lhe segurar uma porta. De nada serviu explicar à idiota que eu tanto fazia isso às mulheres como aos homens, que considero ser um gesto de educação segurar a porta a quem vem a seguir. Tanto melhor, desse dia em diante passei a fechá-la sempre na cara dela! :)

Mas o pior nem são as mulheres... conheço muitos homens subservientes, "cavaleiros brancos" como se lhes chama nos EUA, que acham mesmo que as mulheres são criancinhas indefesas que precisam de ser constantemente protegidas e apaparicadas. Eu, se fosse mulher, considerava isso um insulto, sobretudo se fosse feminsta... mas lá está, cada vez me convenço mais que as feministas não querem igualdade nenhuma.

Lura do Grilo disse...

o "x" é para ser gender neutral: até nisto ...nistx

Afonso de Portugal disse...

:| Não tinha pensado nisso, é mesmo! É como as feministas americanas escreverem "womyn" em vez de "women" para evitarem escrever "men"! Esta gente é mesmo repugnante!

Bilder disse...

A propósito acabei de ler as crónicas em livro do Alberto G,esta por exemplo http://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/alberto-goncalves/interior/quarta-feira-de-cinzas-5249203.html

Afonso de Portugal disse...

Obrigado, caro Bilder! Também foi publicado recentemente um livro do AG sobre a geringonça... acho que até foi o Bilder que me falou dele! :)