segunda-feira, 24 de julho de 2017

Mais um vídeo jeitoso acerca do Marxismo Cultural


Via Embaixada da Resistência (YouTube)

Como vos disse da última vez, não há vídeo acerca do Marxismo Cultural que não deva ser visto. Aprende-se sempre mais qualquer coisita a cada novo vídeo e, mais importante ainda, melhora-se a nossa compreensão sobre a forma de pensar dos nossos inimigos.

Chamo a atenção para a necessidade imperiosa de todos os nacionalistas compreenderem o que é a Teoria Crítica e como é implementada. Posso estar enganado, mas parece-me que ainda há muita gente no Nacionalismo que não interiorizou o conceito e as suas consequências. Ultimamente, têm sido publicados muitos artigos na "nossa" imprensa que são exemplos flagrantes de Teoria Crítica: dos apelos à igualdade de "género" da Fernanda Câncio, ao fanatismo anti-racista da Patrícia Reis, passando pela crucifixão Do Prof. André Ventura por parte do Pedro Filipe Soares e, mais recentemente, a esta verborreia tóxica da Ana Sá Lopes. E estes são só os artigos de que me lembro neste momento, se fosse à procura encontrava muitos mais!

Todos estes textos têm um estilo, uma linguagem e um ideário comum. Há quem tenha a ingenuidade de pensar que isso é apenas coincidência, mas não é, todos os "jornalistas" citados no parágrafo anterior tiveram a mesma escola, a escola do Marxismo Cultual. E empregam todos a mesma ferramenta: a Teoria Crítica que, nestes casos em concreto, surge na forma de revisionismo histórico grosseiro, apelos descarados à culpa colectiva dos brancos e à negação da liberdade de expressão e da própria biologia.

Por isso vejam, caros leitores... vejam, porque ver vídeos como este nunca é demais!

23 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

hey afonso aquele perfil é do mm mesmo?ou é fake?caramba serio mesmo que ele falou comigo esse cara era um mito decada passada ainda acho que é fake será ele?

CENSURADO AGAIN disse...

foda-se se for fake fui zoado mas foi legal a sensação de achar que era ele kk

Afonso de Portugal disse...

Não sei, caro Caps... sinceramente, acho pouco provável que seja mesmo ele, mas tudo é possível. Eu não conheço o MM pessoalmente, por isso não consigo identificá-lo pelo estilo de escrita.

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Afonso de Portugal disse...
Não sei, caro Caps... sinceramente, acho pouco provável que seja mesmo ele, mas tudo é possível. Eu não conheço o MM pessoalmente, por isso não consigo identificá-lo pelo estilo de escrita.

24 de julho de 2017 às 16:09

mas por que alguem se passaria por ele?não é estranho?

CENSURADO AGAIN disse...

alem de alguem se passar por ele por que ele teria um blog e ainda mais estilo basico com aquele post la?ha muita coisa estranha

CENSURADO AGAIN disse...

tipo o mm foi notavel mas muitos nem devem conhecer ele os mais novos ele causava mais decada passada dai por que só os da decada passada sacam o peso que ele teve a nivel de impacto merdiatico o cara era tipo aquele judeu de oz que fazia o ab versão meridional

Afonso de Portugal disse...

«mas por que alguem se passaria por ele?não é estranho?»

Sobre isso só posso levantar hipóteses e especular. Um blogue não serve só para divulgar notícias... nas mãos de pessoas com os conhecimentos certos e níveis de aceso privilegiado (e.g. agentes das forças de segurança), um blogue pode tornar-se numa poderosíssima ferramente de identificação dos nacionalistas no ciberespaço.

Atenção que eu não estou a afirmar peremptoriamente que a pessoa que mantém o blogue não é o MM. Eu simplesmente não consigo confirmar ou desmentir, porque não conheço o MM pessoalmente.


«alem de alguem se passar por ele por que ele teria um blog e ainda mais estilo basico com aquele post la?ha muita coisa estranha»

Curiosamente, eu julgo que esse é um dos indicadores que sugerem que ele pode ser mesmo o MM. Quando o MM foi preso pela primeira vez, o Blogger estava no auge. Era a rede social (se é que lhe podemos chamar isso) com mais utilizadores e movimento no ciberespaço. Mas isso mudou com a chegada do Facebook, em 2004 e, mais tarde, do Reddit (2005), do YouTube (2005) e do Twitter (2006). As redes sociais com muitas fotografias e mais possibilidades de interacção (likes, partilhas, threads, possibilidade de bloquear/banir outros utilizadores, etc.) fizeram com que o Blogger se tornasse rapidamente obsoleto.

Só que uma pessoa que tenha passado a última década na prisão poderá não ter percebido esta mudança de paradigma. Apesar de haver net na prisão, o acesso a ela é tipicamente muito restrito, tanto em termos dos counteúdos a que se pode aceder, como em termos da duração dos acessos. Isto faz com que uma pessoa que esteja na prisão não perceba a mudança tão rapidamente como nós, que estamos fora dela. E não tendo percebido que o Blogger agora está às moscas, essa pessoa apostaria num blogue ao invés de apostar nas redes sociais mais movimentadas.

Claro que isto é tudo suposição, eu não faço ideia do que vai na cabeça da pessoa que criou esse blogue.

Afonso de Portugal disse...

«tipo o mm foi notavel»

Bem, eu admiro-lhe a coragem e a determinação, mas não posso concordar com os seus métodos. Julgo até que ele fez mais mal do que bem ao movimento nacionalista português, porque lhe deu uma conotação negativa, associou-o à criminalidade. Aliás, ele já reconheceu numa entrevista que hoje teria feito as coisas de uma forma diferente.


«mas muitos nem devem conhecer ele os mais novos ele causava mais decada passada»

Os mé(r)dia "tugas" têm feito tudo para manter o mito do MM vivo. E isso, ao contrário do que se possa pensar, é bastante mau, porque os mé(r)dia contam sempre uma versão distorcida -quando não falseada- da história.

CENSURADO AGAIN disse...

24 de julho de 2017 às 17:15

por isso mesmo qualquer um saberia do face isso não explica muito

CENSURADO AGAIN disse...

mas o face censura muito

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Afonso de Portugal disse...
«tipo o mm foi notavel»

Bem, eu admiro-lhe a coragem e a determinação, mas não posso concordar com os seus métodos. Julgo até que ele fez mais mal do que bem ao movimento nacionalista português, porque lhe deu uma conotação negativa, associou-o à criminalidade. Aliás, ele já reconheceu numa entrevista que hoje teria feito as coisas de uma forma diferente.

obvio não é perfeito assim como os do sofá que falam em revoluções kk

CENSURADO AGAIN disse...

Os mé(r)dia "tugas" têm feito tudo para manter o mito do MM vivo. E isso, ao contrário do que se possa pensar, é bastante mau, porque os mé(r)dia contam sempre uma versão distorcida -quando não falseada- da história.

24 de julho de 2017 às 17:22

de todo modo algo estilo mm ainda acho que causou mais decada passada parecia mais novidade tipo os sitios que existiam na epoca estilo second life etc mas ok

Afonso de Portugal disse...

«mas o face censura muito»

No que respeita ao nacional-socialismo, o Fuçaslivro censura tudo! O MM não duraria um mês no FB, a menos que moderasse muito a sua mensagem!


«obvio não é perfeito assim como os do sofá que falam em revoluções kk»

A questão é bastante mais complicada do que isso: quando os nacionalistas são condenados e vão para a prisão, a (falsa) narrativa dos nossos inimigos é confirmada. Os nacionalistas são confirmados como anti-sociais e criminosos... e o nosso eleitorado fica com medo e afasta-se ainda mais de nós.

Muitos nacionalistas falam contra a Marine Le Pen e outros líderes nacionalistas como ela, mas a verdade é que ela baniu os nazis da FN precisamente por perceber esta dinâmica: mais tarde ou mais cedo, há sempre um nacional-socialista que se excede e acaba na prisão. E quando um NS acaba na prisão, todos o movimento nacionalista fica manchado.


«de todo modo algo estilo mm ainda acho que causou mais decada passada parecia mais novidade tipo os sitios que existiam na epoca estilo second life etc mas ok»

A questão é sabermos se algo positivo acontecu em resultado disso. A minha convicção é que não. O MM deu muita publicidade ao movimento nacionalista mas, em geral, foi publicidade negativa. Ainda hoje encontro constantemente pessoas que não querem votar no PNR porque acham que o MM e os skinheads ainda mandam no partido.

Nós precisamos de nacionalistas que atraiam as pessoas, não de nacionalistas que afastem as pessoas.

CENSURADO AGAIN disse...

Fuçaslivro censura tudo

sim censura e ainda fica te oferecendo contas novas as vezes vc nada faz demais e eles inventam acusações falsas pra te expulsar dali se percebe mesmo que é um sitio so pra gados

CENSURADO AGAIN disse...

acaba na prisão, todos o movimento nacionalista fica manchado.

acho que ha uma certa discriminação com certo tipo de ns que é o skin ok ha muitos baderneiros desajustados infiltrados mais por causa de coesão e grupo mas ainda acho muitos skins menos piores que muitos que ficam no sofá do regime alimentando a merda toda e se fingindo de moralmente superior desde quando kalergi ruina detroit é moralmente superior

CENSURADO AGAIN disse...

Nós precisamos de nacionalistas que atraiam as pessoas, não de nacionalistas que afastem as pessoas.

24 de julho de 2017 às 20:50

pelo post dele sobre o pnr parece que nenhum dos lados se quer apesar de uma suposta conspiração skin e ns no pnr é mais do que obvio que a ala tida como infiltrada é vista como maior veja que ate ex eleitores do pnr que diziam isso abertamente que não iam a almoço convivios mas queriam ir depois negaram o proprio voto no pnr e ficaram com raiva se vc citava isso

CENSURADO AGAIN disse...

acho que são incompativeis o pnr quer seguir uma linha mais parecida com paris e amsterdam ja o nos parece transitorio entre isto e um ns com aspas meio adulterado pela censura do regime do jeito que as coisas andam acho que ja nem ha tempo está quase tudo perdido mas vejo com saudosismo essa epoca que muitos achavam que ainda tinha jeito por isso mesmo as agencias e regime acelerou o projecto fail e sequer deu tempo de acordar nem fração necessaria pra algo

Afonso de Portugal disse...

«pelo post dele sobre o pnr parece que nenhum dos lados se quer»

Sim, neste capítulo julgo que tens razão. Eu próprio não quero contas cos os skins, apesar de reprovar a posta do PNR Odivelas. Partilho com os skins o ideal de preservação racial e o desejo de travar a imigração... mas não partilho rigorosamente mais nada. E olha que não foi fácil chegar a esta conclusão, vivi muito tempo na ilusão de que todos os racialistas eram camaradas naturais. Mas não somos. As divergências que eu mantenho com os skins são absolutamente irreconciliáveis.


«apesar de uma suposta conspiração skin e ns no pnr é mais do que obvio que a ala tida como infiltrada é vista como maior veja que ate ex eleitores do pnr que diziam isso abertamente que não iam a almoço convivios mas queriam ir depois negaram o proprio voto no pnr e ficaram com raiva se vc citava isso»

Há muitas histórias mal contadas de parte a parte. Nem os ex-militantes do PNR são todos radicais, nem todos os militantes do PNR são anjinhos. Eu apoio o PNR porque não há mais nada e, sobretudo, porque entendo que é preciso que o Nacionalismo cresça e ganhe visibilidade entre os eleitores. Mas não tenho quaisquer ilusões quanto à natureza humana: ela é a mesma em todo o lado. Há sempre alguém que usa os ideais dos outros para se tentar governar a si próprio.


«acho que são incompativeis o pnr quer seguir uma linha mais parecida com paris e amsterdam ja o nos parece transitorio entre isto e um ns com aspas meio adulterado pela censura do regime»

Sim, essa também é a análise que eu faço. O PNR quer seguir o que tem dado bons resultados na Europa, já o NOS quer ser NS sem a parte NS que é ilegal, o que não se afigura nada fácil. Aliás, é preciso ver as coisas claramente: o PNR é um partido legal, o NOS é apens um projecto... pelo menos, por equanto.


«vejo com saudosismo essa epoca que muitos achavam que ainda tinha jeito por isso mesmo as agencias e regime acelerou o projecto fail e sequer deu tempo de acordar nem fração necessaria pra algo»

Sim, é verdade. A grande diferença é que a superclasse mundialista controla a esmagadora maioria dos meios de divlugação mer(d)iática, enquanto nós só temos conseguido chegar a meia-dúzida de pessoas de cada vez. E isso é manifestamente insuficiente! Veja-se o caso da Alemanha: tudo indica que a Angela Mer(d)kel vai vencer as eleições novamente, pela quarta vez consecutiva. Seria de esperar que, com todos os problemas provocados pelos "refugiados" nos últimos anos, isso fosse impossível. Mas não é... os povos europeus não querem votar nos "nazis".

CENSURADO AGAIN disse...

pela quarta vez consecutiva

caramba pensei que democracia fosse alternancia mesmo a nivel teatral oceania

Afonso de Portugal disse...

Pois... pelo visto, já nem é preciso fazer teatro!

Ivan Baptista disse...

Não sei se tem estomago para acrescentar esta outra pérula

https://www.noticiasaominuto.com/vozes-ao-minuto/836272/portugal-nao-foi-colonizador-brando-ha-inumeras-situacoes-de-racismo

Dassssss, até dá vômitos misturados com ânsias e azia e o fdassss ! já tou farto de ser discriminado como branco.. P#?A que a Pa..u, a todas/os feministas >:(

Nenhum antepassado meu escravizou fosse o que fosse, e mesmo que isso tenha acontecido.. vamos lá então falar desde o império romano, mouraria e outros povos que passaram por cá ? Mas esta merda não tem fim ? Estou a ver que, só mesmo quando deixarmos de existir.. Vacas cabras e cabrões, vão para o inferno que vos ature .|.

Afonso de Portugal disse...

Essa Alexandra Lucas Coelho é uma das meninas bonitas do Al-Público, por isso o counteúdo dessa crónica não me supreende... enoja, mas não me surpreende. Ultimamente têm sido publicadas muitas crónicas asquerosas como essa, não sei se é um dos efeitos de termos o governo da geringonça no poder, mas o ataque aos brancos tem sido implacável!

«Mas esta merda não tem fim ? Estou a ver que, só mesmo quando deixarmos de existir.. Vacas cabras e cabrões, vão para o inferno que vos ature .|. »

LOL! É isso mesmo, caro Ivan.... isto só acaba quando os brancos, ou seja nós, estivermos todos mortos! E é preicsamente por isso que temos a obrigação de combater esta gente!

Ivan Baptista disse...

* pérola