terça-feira, 20 de junho de 2017

Três vídeos que vale a pena ver (49): reacções ao atropelamento "islamófobo" à porta da mesquita radical de Finsbury Park (Londres)


      Como os caros leitores certamente saberão, houve um inglês desempregado de 47 anos que finalmente perdeu a paciência e resolveu pagar aos muçulmanos na mesma moeda: varrendo uns poucos com uma furgoneta alugada! Tudo aconteceu à porta de uma mesquita, em Londres. Ora, a indignação da escumalha globalista não se fez esperar, com a hipocrisia, pouca-vergonha e demagogia islamófila a baterem novos recordes!

Mas o ponto mais importante deste caso nem é esse... este atropelamento praticamente não foi noticiado pelos mé(r)dia ocidentais, o que é muito estranho, uma vez que se trata de uma situação em que um europeu atacou muçulmanos, o que, em princípio, seria ouro para os arautos do mundialismo! Eu e vários comentadores do TU estranhámos esta falta de reacção me(r)diática, dava a sensação que queriam abafar o caso... e tínhamos boas razões para desconfiar! É que a mesquita onde tudo aconteceu era... como é que hei-de pôr a coisa... particularmente exótica e vibrante! 😉


1. Paul Joseph Watson (Infowars): «O que não lhe estão a dizer sobre o atropelamento na mesquita»; o Sr. Watson compara a reacção do esquerdalho a este atropelamento com a (falta de) reacção do mesmo esquerdalho aos atropelamentos levados a cabo por islamistas. Ele aproveita também para relembrar aos hipócritas multiculturalistas que, só desde que o Ramadão começou (há 23 dias), os muçulmanos já mataram 1263 pessoas!




2. Black Pigeon Speaks: «Um olhar ao centro de enriquecimento vibrande de Londres»; o BPS denuncia neste vídeo o que os mé(r)dia não nos dizem acerca da mesquita da Finsbury Park: a mesquita era um dos maiores centros de doutrinação islâmica radical do Reino Unido! Com efeito, passaram por lá vários islamistas radicais ilustres, como o "terrorista dos sapatos" Richard Reid, o co-autor do 11-Set Zacarias Moussaoui, ambos operacionais da Al-Qaeda. Em 2002, o insuspeito Al-Guardian reportou que tinha havido um treino com metralhadoras AK-47 na mesquita. Até mesmo o Wikileaks denunciou a mesquita como um "centro de extremistas", citando documentos dos serviços secertos norte-americanos. E isto, caros leitores, é uma pequena parte de tudo o que grande BPS denuncia neste vídeo!




3. Sargão da Acádia: «Os islamistas radicais estão a escolher mesquitas como alvo»; este é de longe o melhor vídeo que vi sobre o caso até o momento. O Sargão da Acádia faz basicamente o mesmo exercício que o PW e o BPS fizeram, mas de uma forma muito mais eloquente e completa. Desde logo, o Sargão aponta um dado importante: o atacante escolheu a  mesquita da Finsbury Park de propósito, tendo conduzido 240 km para cometer o atentado! Ora, porque escolheria ele aquela mesquita em particular? O BPS já explicou, mas o Sargão vai mais longe: a mesquita não era apenas um centro de doutrinação islamistas, os seus frequentadores estiveram directamente envolvidos no planeamento de dezenas de ataques terroristas!

29 comentários:

João disse...

Isso ocorreu-me logo mal vi as imagens e ouvi que tinha sido em Finsbury Park. Disse logo à minha Maria que desta vez deviam ter sido muçulmanos o alvo, porque ali fica a mais radical das mesquitas do RU. Já são muitos anos a virar frangos, só não percebopor que razão ninguém me convida para comentar nas televisões. Richard Reid, Abu Hamza, tudo gente recomendável... quem acompanha estas coisas do islão sabe bem o que é aquilo.

Leitora disse...

Ninguém morreu. Ninguém se feriu.

CENSURADO AGAIN disse...

parece um judeu não parece anglo nem germanico

Afonso de Portugal disse...

João disse...
«Já são muitos anos a virar frangos, só não percebo por que razão ninguém me convida para comentar nas televisões.»

Ahahahah! Bem, desde logo o João não pertence aos partidos políticos certos... mas sobretudo o João diz demasiadas verdades! A especialiadde das televisões é fake news, não é real news! :)


Leitora disse...
«Ninguém morreu. Ninguém se feriu.»

Todas as notícias dizem que morreu uma pessoa e ficaram feridas várias outras. Como é que a Leitora sabe que não morreu ninguém?


Censurado Again disse...
«parece um judeu não parece anglo nem germanico

Nesse caso, uns bons 30% dos britânicos, dos franceses e dos belgas parecem judeus!

CENSURADO AGAIN disse...

Nesse caso, uns bons 30% dos britânicos, dos franceses e dos belgas parecem judeus!

NESSE CASO O ULTRAMAR FERROU COM ELES

CENSURADO AGAIN disse...

desculpe pelo caps so precisa ter lido afinal ate na alemanha foi identificado veja que muitos ultramarinos do reich que voltaram no nsdap so num pequeno trecho do ii reich tinham aspecto lixado

CENSURADO AGAIN disse...

mesmo textos da epoca falando sobre isso de modo menos criterioso dira zonas minho timoristas onde ja no xix um ingles dizia que a ilha tava cheia de ultramarinos das colonias alogenos do hindustão pra baixo e em pinturas ja apareciam mais antigas ainda do imperio anterior pos rotas romanas o kct celtiberos o kct é recente sempre aquela de dizer que é das antigas pra mentir

Afonso de Portugal disse...

Tomara eu que todos os homens na Europa se parecessem com esse... sobretudo aos 47 anos, como ele!

CENSURADO AGAIN disse...

kk afonso elogiando a decadencia racial do norte isso explica o sub cortex dele

Afonso de Portugal disse...

Diz o analfabeto brasileiro que acredita em reptilianos e na benevolência do Islão! :)

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Afonso de Portugal disse...
Diz o analfabeto brasileiro que acredita em reptilianos e na benevolência do Islão! :)

21 de junho de 2017 às 17:23

me referi ao sub cortex dele do cara chamar vc de analfabeto ainda seria elogio não so eu acredito muitos ja viram eu so vi greys o segundo ponto semitismo é merda derivados idem mouros da iberia idem

Afonso de Portugal disse...

Cuco Loucão disse...
«me referi ao sub cortex dele do cara »

Bem, então das duas, uma: ou você não sabe escrever correctamente, o que só confirma que é mesmo analfabeto, ou então julga todos ao seu redor são parvos, o que também confirma que é mesmo analfabeto! :)


«cara chamar vc de analfabeto ainda seria elogio»

Ahahahaha... vindo de você, qualquer insulto vira elogio! ;)


«não so eu acredito muitos ja viram»

Claro que sim, eu também vi, nos anos 80, numa série de televisão chamada 'V'... :P


«eu so vi greys«

Greys? Como aquele o das 50 sombras que você diz ser literatura judaica?


«o segundo ponto semitismo é merda derivados idem mouros da iberia idem»

LOL, um valente mouro tens tu enfiado no cu! E um judeu enfiado no outro extremo! Ehehehehe...

Leitora disse...

Por várias razões. Não tem vídeo do incidente
Vários numeros 33, inclusive o numero da placa da van
a van ta inteira, sem marcas d sangue ou batida
testemunhas com numero ocultista e rindo, como se fosse tudo uma piada, pq é exatamente isso q é

Leitora disse...

Ora , vc mesmo chama varias noticias de fake news, mas é fake news seletiva é?
s[o as q nao agradam sao fake, as outras nao sao ?

Afonso de Portugal disse...

Leitora disse...
« Não tem vídeo do incidente»

Isso não prova que não aconteceu.


«Vários numeros 33, inclusive o numero da placa da van»

Se não tem vídeo, como você viu isso?


«a van ta inteira, sem marcas d sangue ou batida»

Você viu a furgoneta de todos os ângulos?


«testemunhas com numero ocultista e rindo, como se fosse tudo uma piada, pq é exatamente isso q é»

Essas "testemunhas" estivam lá na altura do atropelamento ou foi gente que veio depois?

Afonso de Portugal disse...

«Ora , vc mesmo chama varias noticias de fake news, mas é fake news seletiva é?
s[o as q nao agradam sao fake, as outras nao sao ?
»

Não, fake news são aquelas que são demonstradas como tal. Por exemplo, o vídeo do Paul Joseph Watson que eu publiquei hoje mostra que a BBC censurou informação relevante. Já agora, sendo a Leitora tão esperta, me explique porque é que a BBC fez isso... se o objectivo da maoçonaria é provocar a guerra, porque é que a BBC censurou a palavra "Alá"?

Leitora disse...

"Se não tem vídeo, como você viu isso?"
Pois é, não tem vídeo, só fotos de "depois" do incidente que nunca ocorreu.

É apenas uma produção.

" Já agora, sendo a Leitora tão esperta, me explique porque é que a BBC fez isso... se o objectivo da maoçonaria é provocar a guerra, porque é que a BBC censurou a palavra "Alá"?"

Infelizmente, desconheço isso. MAS é claro que estão fazendo um jogo, em que a grande mídia aparentemente defende os muçulmanos, enquanto mostram ataques falsos. Dai entra o Paul Watson interpretando um "alternativo fora do sistema" que é ligado a Time Warner - a mesma que é dona da CNN.
Enfim, é ridículo.

Afonso de Portugal disse...

«Pois é, não tem vídeo, só fotos de "depois" do incidente que nunca ocorreu.»

E onde estão as fotos que mostram que não houve atropelamento?


«Infelizmente, desconheço isso.»

O vídeo está na posta mais recente deste blogue.


«estão fazendo um jogo, em que a grande mídia aparentemente defende os muçulmanos, enquanto mostram ataques falsos.»

Mas o que é que os grandes média -e os seus donos nos bastidores- ganham em defender os muçulmanos?


«Dai entra o Paul Watson interpretando um "alternativo fora do sistema"»

O problema é que o PJW está longe de estar sozinho. Temos também o Pat Condell, o Sam Harris, o Mark Steyn, o Gavin McInnes, o Robert Spencer, a Pamela Geller, o AngryForeigner, o Nicolai Sennels, O Sargon of Akkad, o Black Pigeon Speaks, o Douglas Murray, a Anne Marie Waters, o Nigel Farage, o Tommy Robinson, o Ezra Levant, o Geert Wilders, a Marine Le Pen, o Alexandre del Valle, o Bill Maher, o Adonis, o Samuel P. Huntington, a Melanie Phillips, a Katie Hopkins, o Tucker Carlson, o Dennis Prager, a Lauren Southern, o Milo Yiannopoulos, o Steven Crowder, o Ben Shapiro, o Andrew Klavan, o Paul Weston (LibertyGB), a Tomi Lahren, o Alex Jones, a Ingrid Carlqvist,...


«que é ligado a Time Warner - a mesma que é dona da CNN.»

Esta é a lista de activos da Time Warner:

https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_assets_owned_by_Time_Warner

Nem o Paul Joseph Watson nem a Infowars aprecem nessa lista. Onde você foi buscar essa ideia de que a Timer Warner controla o PJW?

Leitora disse...

"E onde estão as fotos que mostram que não houve atropelamento?"
É exatamente isso, não tem fotos nem vídeos do atropelamento. Nem de nenhum ataque falso, obviamente. Coincidências tem limites. A ausência do atropelamento, é a prova suficiente de que não houve um. aff

"Nem o Paul Joseph Watson nem a Infowars aprecem nessa lista. Onde você foi buscar essa ideia de que a Timer Warner controla o PJW?"
Olhe de novo.

https://en.wikipedia.org/w/index.php?title=List_of_assets_owned_by_Time_Warner&oldid=753192914

Afonso de Portugal disse...

«A ausência do atropelamento, é a prova suficiente de que não houve um. aff»

Leitora, isso não tem sentido nenhum. Nem sempre tem uma câmara filmanda na hora certa, só isso. Coincidência seria o ataque ter sido filmado, não o contrário!

«Olhe de novo.»

Já olhei e não vi nada. Nem o Paul Watson, nem o Alex Jones, nem a Infowars, nem a PrisonPlanet aparecem nessa lista. Você terá de ser mais concreta e especificar exactamente o que eu devo procurar!

Leitora disse...

"https://en.wikipedia.org/w/index.php?title=List_of_assets_owned_by_Time_Warner&oldid=753192914"

Vá na opção "Localizar", depois escreva "Infowars" e você será direcionado para o nome do INFOWARS na lista da TIMEWARNER.

Leitora disse...

"Coincidência seria o ataque ter sido filmado, não o contrário!"
Em todos os ataques falsos, não existe um vídeo mostrando. Não é possível tanta coincidência assim.
Existem incontáveis acidentes de trânsito, até latrocínios em postos de combustível de esquina gravados em vídeo, mas quando chega nos ataques terroristas, não tem nenhum. Muito conveniente ,né. No mundo real, se houvessem mesmo ataques, eles aumentariam a segurança e isso inclui o número de câmeras pela cidade, para captar qualquer possível ataque.
Mas enfim, deixa pra lá esse assunto.

Leitora disse...

https://www.facebook.com/bbcnews/videos/10154796201397217/

Aos 37 segundos eles mesmos respondem sua pergunta para mim, Afonso.
"mostra que a BBC censurou informação relevante"
"se o objectivo da maoçonaria é provocar a guerra, porque é que a BBC censurou a palavra "Alá"?"
Eles mostram os false flags, que são criados possivelmente também para inflamar as massas - e ao tentar defender os supostos terroristas muçulmanos, apenas inflamam mais ainda as massas. Não condenar o suposto causador de um ataque, é inflamar mais ainda o outro lado.

Afonso de Portugal disse...

Leitora, você está gozando com a minha cara?! Eu já fiz isso, como é óbvio, e não encontrei a palavra Infowars em lado nenhum!!!

Vamos lá ver se nos entendemos. O artigo foi organizado asssim:

1 Current assets
1.1 HBO
1.2 Turner Broadcasting System
1.3 Warner Bros. Entertainment Inc.
1.3.1 Warner Bros. Pictures Group
1.3.2 Warner Bros. Television Group
1.3.3 Warner Bros. Home Entertainment Group
1.4 Investments
1.5 Other units
2 Former assets
2.1 Sold or spun off
2.2 Dormant or shuttered
3 See also
4 References
5 External links

Em qual destes pontos, 1, 1.1., 1.2, ..., ou 5 aparece a Infowars?

Afonso de Portugal disse...

Leitora disse...
«Existem incontáveis acidentes de trânsito, até latrocínios em postos de combustível de esquina gravados em vídeo, mas quando chega nos ataques terroristas, não tem nenhum.»

Tem sim, o 11/Set foi gravado. O 11-M foi gravado. Mas nem sempre tem uma câmara ligada na hora certa, é tão simples quanto isso!

Quanto aos acidentes de tráfego, é verdade que existem muitos vídeos, mas há centenas de milhares de acidentes de tráfego em todo o mundo, todos os anos! Morrem cerca de 1,3 milhões de pessoas em acidentes de tráfego todos os anos!... A questão é saber que percentagem é que os acidentes em vídeo representam sobre o número total de acidentes rodoviários.


«Muito conveniente ,né. No mundo real, se houvessem mesmo ataques, eles aumentariam a segurança e isso inclui o número de câmeras pela cidade, para captar qualquer possível ataque.»

Mas eles aumentarem mesmo a segurança! Paris, Londres e várias cidades da Alemanha passaram a ter polícias nas ruas com metralhadoras! Quanto às câmaras de vigilância, também houve um aumento, pelo menos em Londres, mas a polícia nem sempre divulga as imagens... ou você não lembra do que aconteceu no Pentágono (11-Set)? Os únicos vídeos que costumam vir a público são os vídeos amadores, filmados por transeuntes!


«Mas enfim, deixa pra lá esse assunto. »

Pode crer que deixo...


«Eles mostram os false flags, que são criados possivelmente também para inflamar as massas - e ao tentar defender os supostos terroristas muçulmanos, apenas inflamam mais ainda as massas. Não condenar o suposto causador de um ataque, é inflamar mais ainda o outro lado»

Essa teoria faz sentido para os EUA, porque nos EUA apaenas 32 % das pessoas acredita nos mé(r)dia. Mas na Europa é ao contrário, cerca de 70% das pessoas acreditam nos mé(r)dia! Por conseguinte, elas não vão ficar mais inflamadas, elas simplesmente nem vão desconfiar...

Leitora disse...


https://en.wikipedia.org/w/index.php?title=List_of_assets_owned_by_Time_Warner&oldid=753192914
Aparece em OTHER UNITS, o último item listado.

" Mas na Europa é ao contrário, cerca de 70% das pessoas acreditam nos mé(r)dia! "
'-' Mas, isso não contradiz as próprias pesquisas postadas por vc, em que a maioria das pessoas não gosta do islão, mesmo com a propaganda massiva da mídia ? E ainda, segundo vc, a mídia tentar acobertar os casos de falso terrorismo?

E o Paul Watson cmo outros são o que no Brasil se chama de "socialista fabiano"
Ele defende gayzismo, "juventude", "tolerância", entre outras pautas reconhecidamente esquerdistas. A única coisa que ele faz é falar mal do islã, e isso é pra seguir o programa feito no século 19 divulgado por ALbert Pike

Afonso de Portugal disse...

Leitora disse...
«Aparece em OTHER UNITS, o último item listado.»

Não, não aparece!!! Isto é tudo o que aparece entre "Other Units" e o item seguinte, "Former Assets".

Other units

Global Media Group
Time Warner Medialab
Time Warner Investments - venture capital unit
Adaptly
Bluefin Labs
Conviva
CrowdStar
Dynamic Signal
Double Fusion
Everyday Health
Exent
Gaia Online
tvtag previously as GetGlue
NuvoTV
Simulmedia
Tremor Video
Trion Worlds
VisibleWorld

Former assets

...A palavrA Infowars simplesmente não aparece!!! E mesmo que aparecesse, isso não provaria nada! Qualquer pessoa pode introduzir informações falsas na Wikipédia.

Entretanto, eu já cliquei nesse link pelo menos 10 vezes... o que me faz pensar que isto pode ser um esquema qualquer para a Leitora tentar identificar o meu IP! Afinal, o que é que você está aprontando??? >:(


«Mas, isso não contradiz as próprias pesquisas postadas por vc, em que a maioria das pessoas não gosta do islão, mesmo com mesmo com a propaganda massiva da mídia ? E ainda, segundo vc, a mídia tentar acobertar os casos de falso terrorismo?»

Não, porque estamos a falar de dois fenómenos muito diferentes: (1) uma coisa é os europeus acharem que o Islão é incompatível com a civilização ocidental; (2) outra coisa bem diferente é os europeus desconfiarem da narrativa dos média sobre os ataques terroristas. A primeira não implica a segunda! Ou seja, uma coisa é os europeus não gostarem do Islão, outra coisa é desconfiam que os média lhes mentem! A prova disso é que a esmagadora maioria dos europeus não vê os muçulmanos como adversários, aceitando a narrativa mediática de que apenas os terroristas são considerados hostis. Mais, a maioria dos europeus acha que as notícias que os média dão sobre Trump são verdadeiras e que o veto presidencial à imigração muçulmana é injusto!


«E o Paul Watson cmo outros são o que no Brasil se chama de "socialista fabiano"
Ele defende gayzismo, "juventude", "tolerância", entre outras pautas reconhecidamente esquerdistas.
»

Eu nunca vi o Paul Watson fazer nada isso! Não falar contra essas coisas não é o mesmo que defender essas coisas! Eu nunca vi o PJW defender os gueis, o que eu vi foi o PJW criticar os gueis que se colocam ao lado dos islamistas! Da mesma forma, nunca vi o PJW defender "jovens" ou a "tolerância" o que ele fez foi louvar alguns "jovens" apoiantes de Trump, porque era fundamental desmontar a narrativa mediática de que Trump era racista!


«A única coisa que ele faz é falar mal do islã, e isso é pra seguir o programa feito no século 19 divulgado por ALbert Pike»

Ele tem feito muito mais do que isso: critica feministas, critica anti-brexiteers, critica guerreiros da justiça social, critica programas de televisão anti-brancos, critica marxistas culturais, critica a União Europeia, denuncia as fake news dos média, critica socialistas e comunistas, crítica estrelas da música e vedetas de Hollywood, critica jornalistas, critica, globalistas como George Soros... enfim, você só não vê porque não quer!!!!

Leitora disse...

"Entretanto, eu já cliquei nesse link pelo menos 10 vezes... o que me faz pensar que isto pode ser um esquema qualquer para a Leitora tentar identificar o meu IP! Afinal, o que é que você está aprontando??? >:("
Que? É o link da Wikipédia. Eu não tenho acesso a IPs que acessam a Wikipedia. Não sou da NSA, CIA, ou outras siglas. E não, não é qualquer um que pode por informações. Eu não vou ficar discutindo o que é verdadeiro, porque qualquer um que entra vê lá INFOWARS na lista.

Afonso de Portugal disse...

POIS EU NÃO VEJO!!!!!!!!!!!!!! >:(

PESSOAL, ALGUÉM CONSEGUE ENCONTRAR A PALAVRA "INFOWARS" NO LINK DA LEITORA??????