quarta-feira, 7 de junho de 2017

E por falar em 'fake news'...


    O Observador da "direitinha" revelou a identidade do terceiro terrorista da intifacada na ponte de Londres. Vejam bem, caros leitores, a forma absolutamente desonesta como o "jornalista" decidiu dar a notícia:


Perceberam, caros leitores? O terrorista chamava-se Youssef Zaghba, era filho de um marroquino e de uma italiana convertida ao Islão, nasceu e foi criado em Marrocos... mas o estafermo do "jornalista" decidiu pôr no título que ele era "filho de uma italiana"!!! 😡

Felizmente, nem toda a gente anda a dormir, pelo que houve um leitor que denunciou oportunamente a cretinice do "jornalista":


Notem bem, caros leitores, não estamos a falar do Al-Público, nem do Diário de Noticiazinhas, mas sim do Observador, o "jornal da direita facha" que, como se pode ver, não é menos hipócrita do que os outros jornais referidos no toca ao branqueamento do islamismo!

Reparem ainda que dois dos três terroristas eram casados com mulheres europeias convertidas ao Islão! Ainda querem melhor integração do que esta? Os animais tiveram o conforto de viver no Ocidente e o amor de duas mulheres ocidentais e, mesmo assim, decidiram esfaquear inocentes?!...

Sem comentários: