sexta-feira, 2 de junho de 2017

A traição aos Portugueses em números concretos (99)


Vejam só, caros leitores, que "surpresa"! A dívida pública de Portugal voltou a subir! Quem diria, hãã? 😉

«A dívida pública [portuguesa] fixou-se em 247,4 mil milhões de euros (247,4 G€) em Abril, mais 3,9 mil milhões de euros do que o registado no final de Março, divulgou hoje o Banco de Portugal.

O aumento entre Março e Abril (de 1,6%) reflecte "emissões líquidas de títulos de 3,5 mil milhões de euros" - emissões de dívida pública - e ainda "um incremento das responsabilidades em numerário e depósitos" de 300 milhões de euros, de acordo com a informação hoje divulgada. Também face a Abril de 2016, houve um aumento da dívida pública, em 11.451 milhões de euros, ou 4,85% em termos relativos.»


«Quanto ao valor da dívida face ao Produto Interno Bruto (PIB), os últimos dados são de Março, quando este rácio era de 130,6%, ligeiramente acima dos 130,4% de Dezembro de 2016.  Uma vez que os depósitos da administração central aumentaram 2,8 mil milhões de euros, a dívida líquida de depósitos progrediu 1,1 mil milhões de euros face a Março para 227,6 mil milhões de euros, ainda segundo o Banco de Portugal. Na variação homóloga, em Abril passado aumentou a dívida líquida de depósitos da administração central em 7906 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 3,60%.

O elevado endividamento do Estado é tido como um dos principais problemas das contas públicas portuguesas, sendo frequentemente vincado pelas agências de 'rating' que atribuem a notação financeira soberana.»

Ah! Mas isso é porque as agências de 'rating' são fasciiiiiiiiistas!!! Que mal tem um país endividar-se acima daquilo que pode produzir? Nenhum, obviamente! Até porque "pagar a dívida é ideia de criança", como dizia o grande visionário e ex-primeiro-ministro José Sócrates! E tinha toda a razão: como é absolutamente evidente, as dívidas são para contrair, não são para pagar! E se as pessoas e as empresas se endividam, porque não os países, hãã? Não me digam que os países têm menos direitos do que as pessoas, pá!!! Vamos lá ser sérios, cambada!!!


_____________
Ver também: 

ATAPENC (93): Olha que "surpresa", a dívida pública portuguesa voltou a aumentar! (e vão 244,4 G€)
ATAPENC (92): Olha que "surpresa", a dívida pública portuguesa voltou a aumentar! (e vão 243,3 G€)
ATAPENC (91): Olha que "surpresa", a dívida pública portuguesa voltou a aumentar! (e vão 233,0 G€)
ATAPENC (87): Olha que "surpresa", a dívida pública portuguesa voltou a aumentar! (e vão 231,3 G€)
ATAPENC (89): Bruxelas diz que Portugal precisa de mais austeridade
ATAPENC (85): Olha que "surpresa", a dívida pública portuguesa voltou a aumentar! (e vão 229,1 G€)
ATAPENC (81): Olha que "surpresa", a dívida pública portuguesa voltou a aumentar! (e vão 227,1 G€)

4 comentários:

RAMIRO LOPES ANDRADE disse...

Caro Afonso.

Está aqui os vídeos que o filha da puta do Sócrates falou isto.

José Sócrates "Pagar a dívida é ideia de criança"
José Sócrates: «Pagar a dívida é ideia de criança» / Conferência em Poitiers

https://www.youtube.com/watch?v=VJqzNxZSNUg

https://www.youtube.com/watch?v=VeXLUoMm__0

Abraços.

Ramiro

Afonso de Portugal disse...

Excelente trabalho, caro RLA! Muito obrigado!

Grande Abraço,
AdP

Raghnar disse...

Eu nunca o consegui chamar "Sócrates" para não trair a memória do verdadeiro, para mim será sempre o "Eng." Pinto de Sousa. Que, apesar de tudo, continua com uma legião de viúvas e crentes irredutíveis que me faz perder a esperança do país abandonar um dia a indigência, financeira e mental.

Depois dos "grandes gestores" Bava, Espírito Santo, Granadeiro e afins, parece que o próximo melro é o gestor "premiado internacionalmente" Mexia. Mas "prontos, o povo é assim pá" e as elites políticas e económicas não têm de dar qualquer exemplo, pois "são do povo"...

Afonso de Portugal disse...

«Que, apesar de tudo, continua com uma legião de viúvas e crentes irredutíveis que me faz perder a esperança do país abandonar um dia a indigência, financeira e mental.»

Quanto a isso, eu fiz uma previsão há dois anos que mantenho em que acredito convictamente: Sócrates, aliás Pinto de Sousa, ainda vai ser Presidente da República! Só se for mesmo condenado é que comprometerá as suas hipóteses... o pessoal também dava o Cavaco como acabado e depois foi o que se viu!


«Mas "prontos, o povo é assim pá" e as elites políticas e económicas não têm de dar qualquer exemplo, pois "são do povo"»

Eu já me contentava com um sistema de justiça que funcionasse, mas também aqui o sistema de justiça é o reflexo do nosso povo.