quinta-feira, 4 de maio de 2017

Na Alemanha: número de potenciais "maluquinhos" continua a crescer


«O número de potenciais terroristas islamistas continua a crescer na Alemanha e o Departamento Federal de Investigação Criminal (BKA) tem identificadas 657 pessoas dentro desta categoria. No final de Janeiro, o número de pessoas perigosas capazes, segundo as forças policiais, de cometer um acto violento era de 570. Segundo o BKA, o número de pessoas registadas quadruplicou desde o início da guerra na Síria, em 2011.

A este número somam-se outros 388 islamistas classificados como "pessoas relevantes", extremistas que se suspeita poderem ser possíveis colaboradores ou apoiantes de actos terroristas.


De acordo com o jornal Neue Osnabrücker Zeitung, cerca de metade destes potenciais terroristas islamistas estão actualmente na Alemanha, muitos estão sob vigilância policial e alguns cumprem penas de prisão. 

Enquanto a lista de potenciais terroristas cresce, desce o número de islamistas que viaja para a Síria ou o Iraque para se juntar ao grupo terrorista Estado Islâmico (ISIS). De acordo com fontes da BKA, citadas pelo jornal Neue Osnabrücker Zeitung, estima-se que mais de 920 pessoas tenham feito essa viagem nos últimos anos a partir da Alemanha e que cerca de 70 tenham sido combatentes do ISIS ou tenham pelo menos estado num campo de treino daquele grupo terrorista. As autoridades alemãs creem que, dessas 920 pessoas, 145 tenham morrido na Síria ou no Iraque.»

Resumindo e concluindo, os alemães "têm de se habituar a viver com o terrorismo". É isso que dizem cada vez mais dirigentes políticos europeus... e tendo em conta que o povo continua a votar neles, só podemos concluir que está de acordo!

Sem comentários: