sexta-feira, 12 de maio de 2017

Mas não se pense que são só os chineses!...


Isto do Espaço Schengen e das fronteiras escancaradas é realmente um fartote!

«Um homem de nacionalidade nigeriana, de 40 anos, foi detido na madrugada de hoje pela GNR na fronteira do Caia, Elvas (Portalegre), por "alegada" burla, através de um esquema conhecido como "Cartas da Nigéria".»

 Nigéria e Portugal... enriquecimento assegurado!

«Segundo o Comando Territorial de Portalegre da GNR, o homem foi detido em flagrante delito e, após ser presente a tribunal, já saiu em liberdade, sujeito a termo de identidade e residência. A detenção aconteceu na madrugada desta sexta-feira deste Vernes [o dia de Vénus] e foi efectuada pelo efectivo empenhado no controlo da fronteira do Caia, no âmbito da "Operação Fronteira Branca".

O indivíduo usava um esquema de burla, conhecido como "Cartas da Nigéria", que consistia no "aliciamento para negócios rentáveis através da transferência de quantias avultadas para um 'paraíso fiscal'". Os militares apreenderam 1615 euros, uma mala e 1520 envelopes de papel selados, contendo no interior cartas com o texto que aliciaria à burla.»

Perante este caso e os dois anteriores (na secção "ver também", mais abaixo), fica-se com a sensação de que o governo devia prolongar o restabelecimento das fronteiras pelo menos durante mais uns dias, para ver se se conseguia arranjar mais algum dinheiro! Em dois dias, a GNR apreendeu mais de 700 mil euros... imagine-se quanto se poderia amealhar ao fim de uma semana! 😜

De relembrar ainda que a Nigéria é aquele país maravilhoso onde opera o grupo islamista Boko Haram, cujos militantes se dedicam a matar  cristãos de tempos a tempos. Não é reconfortante saber que temos gente tão vibrante como esta cá dentro?... 😓

____________
Ver também:

Um terceiro chinês foi detido na fronteira do Caia!
Mais um caso de chinocas a tentar tirar milhares de euros de Portugal à socapa
Islão na Nigéria: governo troca terroristas presos por raparigas raptadas

2 comentários:

Raghnar disse...

A matar cristãos, escravizar e traficar pessoas e a cometer atrocidades a mulheres. Não deixa também de ser irónica a hipocrisia, sem qualquer eco mediático, dos "críticos" mais acérrimos dos "muros", não se indignarem com a construção de "muros" à sua volta apenas devido à sua "eminente" presença. Atitude asquerosa, mas que serve para lembrar que a imposição de fronteiras teve um motivo subjacente e que este continua bem válido.

Não sou católico, mas que saudades tenho do cardeal Ratzinger. Não suporto este Marcelinho do Vaticano...

Afonso de Portugal disse...

Eheheheheh... "Marcelinho do Vaticano", muito boa! E certeira!!! :)



«(...) a imposição de fronteiras teve um motivo subjacente e que este continua bem válido.»

Uma das características mais imbecis da humanidade é que, a cada nova geração, há sempre um grupo de pessoas, geralmente elitistas completamente desfasados da realidade, que decidem unilateralmente que os nossos antepassados eram todos uns grandes broncos... e que eles, o tal grupo de visionários esclarecidos e arautos da modernidade, é que detém a chave para o progresso e o bem-estar de toda a espécie humana!

O querer abolir as fronteiras é um dos exemplos mais recentes, à escala da história da humanidade, de uma medida tomada por um desses grupos. Note-se quem que teve a ideia de acabar com as fronteiras (globalistas) não era mesmo nada estúpido, uma vez que o seu objectivo é reinar em todos os países cujas fronteiras passam a ser suprimidas.

Mas o que é realmente desconcertante é haver sempre uma carneirada de pessoas que não ganham absolutamente nada com a supressão das fronteiras e que, seja por moda, seja por manifesta incapacidade intelectual, se bate com unhas e dentes pelos objectivos da superclasse! São esses os tais "elitistas esclarecidos" que se acham mais inteligentes e evoluídos do que os seus antepassados mas que, no fundo, não passam de um bando de idiotas úteis a trabalhar activamente para a sua escravidão...