quinta-feira, 18 de maio de 2017

Luca Donadel sobre o verdadeiro crime que é a "religião" do Islão


O breve texto que se segue foi originalmente publicado pelos Tradutores de Direita na descrição do vídeo do Luca Donadel que eles traduziram. Decidi inclui-lo, com algumas pequenas alterações para português de Portugal, devido à pertinência do segundo parágrafo (tomem nota de como os brasileiros vêem a legalidade das críticas ao Islão na Europa):

«Enquanto o terrorismo islâmico faz vítimas inocentes com uma frequência cada vez maior, muitas pessoas calam-se diante das chacinas que agora consomem a Europa. Os motivos para tal negligência podem ser vários, mas costumam gravitar em torno de dois: a paralisia causada pelo politicamente correto ou os interesses obscuros.

Nas Américas, o discurso sobre os perigos sem precedentes do Islão é permitido, ainda que de forma desleal, visto que a população (mais uma vez) se vê contra a elite política/financeira e seus capangas: celebridades, artistas, ONGs, etc. Já na Europa, onde a censura é aplicada abertamente, é louvável observar que vozes, dentro e fora da política, estão a fazer-se ouvir. Neste vídeo, Luca Donadel compartilha conosco algumas observações sobre o Islão.

Repare que Luca diz ser ateu, mas mostra-se perfeitamente capaz de apontar os perigos do Islão sem praticar o discurso desonesto e infantil de que "todas as religiões são assim", que significa nada mais que usar os corpos das vítimas assassinadas e suas famílias como ferramenta de promoção do seu ódio pelo Cristianismo.
»

Sem comentários: