quarta-feira, 3 de maio de 2017

Da série "os melhores são os que partem" (2)


«Quatro cidadãos estrangeiros indiciados por vários crimes, incluindo "tráfico de pessoas, lenocínio e ofensas à integridade física", foram detidos na Figueira da Foz, pelos Serviços de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), anunciou esta quarta-feira este Mércores esta força de segurança.


Os detidos "aliciavam, transportavam e mantinham sob a sua dependência um grupo de mulheres, todas estrangeiras, forçadas a prostituir-se na via pública", afirma o SEF, em comunicado.

A operação, que culminou nas detenções, foi desenvolvida no âmbito de um processo titulado pelo Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Coimbra e investigado pelo SEF num intervalo "muito curto, tendo em conta a gravidade" dos crimes que estariam a ser praticados.

"Os avultados lucros obtidos com a exploração sexual das mulheres permitia-lhes uma vida de ócio associada à prática de outros crimes", afirma o SEF. As cidadãs estrangeiras "eram obrigadas a garantir um mínimo diário de rendimentos para o grupo que rondaria os 200 euros, prostituindo-se ao longo da Estrada Nacional 109 [Porto-Aveiro-Figueira da Foz-Leiria] e noutros locais da zona centro".

Para "evitar o controlo policial, os agora detidos não transportavam as mulheres, deslocando-se estas de transportes públicos e táxis, embora depois, ao longo do dia, fossem sendo controladas pelo grupo, que frequentemente recorria a ameaças e agressões, quando as mulheres não cumpriam com as regras e objectivos delineados", acrescenta o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Outra das estratégias utilizadas pelo grupo passava pelas "constantes alterações dos locais de residência, conforme foi apurado durante as investigações".»

A parte que mais me enoja no meu disto tudo é saber que há homens portugueses que mantiveram este "negócio" verdadeiramente anti-humano, ao usar os serviços sexuais das desgraçadas que foram obrigadas a prostituir-se! Como disse há uns tempos em relação a outro caso do género, os "homens" que vão às prostitutas já não são grande coisa, mas os "homens" que vão às prostitutas sabendo de antemão que as desgraçadas estão ali contra a sua vontade são quase tão desprezíveis quanto os anormais do ISIS!

____________
Ver também:


Mais um proxeneta "tuga" detido a explorar mulheres estrangeiras...
Mais de 60 "indivíduos" identificados em acções de combate à imigração ilegal  
SEF trava entrada suspeita de menores em Portugal
SEF desmantela rede de prostituição em Viseu e Lamego
Rede de tráfico de mulheres africanas desmantelada
SEF detém cinco pessoas por lenocínio e auxílio à imigração ilegal em Santo Tirso
A degradação total: homens portugueses prostituem-se devido à crise! 

Sem comentários: