terça-feira, 9 de maio de 2017

Black Pigeon Speaks: «Porque é que o Oeste perdeu?»


      Não, este vídeo não é sobre a derrota de Marine Le Pen no sufrágio de ontem. É sobre algo muito maior e mais profundo, o estado em que se encontra actualmente (quase) todo o Ocidente. Antifa, transsexuais, guerreiros da justiça social, homossexualismo, divórcios aos montes, aborto, as taxas de fertilidade mais baixas do mundo, imigração imparável, substituição étnica e cultural, etc. 

Ora, o Black Pigeon Speaks (BPS) tem uma teoria muito interessante acerca de como tudo isto aconteceu. A maioria do nós refere acertadamente o Marxismo Cultural e o próprio BPS já o fez noutros vídeos. Mas neste vídeo ele vai um pouco mais longe, recuando até à constituição do Estado de Direito no Ocidente, que o BPS considera ter sido iniciado com a Magna Carta.

O BPS argumenta que o Estado de Direito tende naturalmente ao secularismo, o que faz com a autoridade religiosa tenda a perder a sua influência com o tempo e, pior do que isso, com que os valores progressistas tendam a ser adoptados pela sociedade, por um lado por imposição ou promoção dos mesmo por parte do Estado, por outro lado pela ausência de pressão por parte da autoridade religiosa que, enfraquecida, deixa de poder impor os seus valores morais à sociedade.

O mais interessante nesta tese -e é por isso que eu, apesar de ser ateu, tendo a concordar com ela- é que o BPS não defende necessariamente um regresso à religião, mas antes a adopção do tribalismo como modelo de vida e referencial moral supremo. Por outras palavras, os brancos devem dar primazia à sua sobrevivência e à sua civilização e rejeitar tudo aquilo que as ameace.

Sem comentários: